Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

03/10/2009 - 08:53

Angra 3: Obras começam em dezembro


Previsão para maio de 2015.

Foi assinada no dia 2 de outubro (sexta-feira), a primeira ordem de execução de serviços do contrato de construção civil de Angra 3, durante o Seminário Eletronuclear – Energia Nuclear: Desmistificação e Desenvolvimento, na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ). O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, acompanhado dos presidentes da ACRJ, José Luiz Alquéres, presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva e do presidente da Eletrobrás, José Antônio Muniz, fechou a “cápsula do tempo”, o que marca o início das obras que acontecerá em dezembro deste ano.

Ministro das Minas e Energia, Edison Lobão com o presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva

A finalização da usina, prevista para maio de 2015, custará R$8,6 bilhões. Durante os cinco anos de obra, 9 mil empregos diretos e 15 mil indiretos serão criados, e, após a entrega, mais 500 empregos fixos. Segundo Lobão, Angra 3 será a primeira de uma série de usinas a serem construídas nos próximos anos. “A partir de 2030, o Brasil poderá colocar em funcionamento uma usina por ano até 2060. Em 2060 teremos uma população de 250 milhões de habitantes, ou nos preparamos hoje, ou pagaremos um preço alto”, afirmou o ministro de Minas e Energia.

Ainda de acordo com Lobão, a cápsula, lacrada hoje, transmitirá às gerações futuras documentos que caracterizam este evento e o contexto social em que ele se escreve. “Temos certeza de que eles serão lidos por brasileiros que viverão em uma sociedade muito mais desenvolvida, mais justa e mais igualitária, em que todos terão acesso aos frutos do progresso e poderão encontrar a felicidade que todos almejamos”, concluiu o ministro.

O seminário, que teve a participação de mais de 300 profissionais, entre eles os principais representantes do setor de energia do país, contou com a abertura do presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, José Luiz Alquéres, que, com um discurso otimista, afirmou: “Hoje a energia nuclear tem perspectivas incríveis, o que garantirá ao país energia elétrica limpa, com menos impacto ao meio ambiente. Este será um fator decisivo para um planeta com clima adequado”.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: