Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

30/09/2009 - 10:34

Brito Assina Contrato para Aprofundamento do Canal de Navegação


Investimento permitirá ampliar a profundidade para 15 metros.

O ministro-chefe da Secretaria Especial de Portos (SEP), Pedro Brito, estará em Santos no dia 30 de setembro (quarta-feira), para assinar contrato com o Consórcio Draga Brasil, responsável pela execução de dragagem por resultado nos acessos aquaviários do Porto de Santos. A obra irá aprofundar e alargar o canal de navegação do maior porto da América Latina. O Consórcio, formado pelas empresas EIT Empresa Industrial Técnica, DTA Engenharia, Equipav Pavimentação e Comércio e Chec Dredging, deverá concluir a obra em até 12 meses. O evento será no auditório da CODESP, às 12h30, seguido de Coletiva á Imprensa.

O investimento permitirá ampliar a profundidade que varia de 12,5 a 13,2 metros para 15 metros, em toda a extensão, e alargar o canal de navegação de 150 para 220 metros (nos seus pontos mais estreitos), o que possibilitará a navegação simultânea nos dois sentidos de direção, dando ao porto condições de receber navios de até 9 mil TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés). O empreendimento receberá do Governo federal por meio da SEP, R$ 199,5 milhões. O Porto foi contemplado com o Programa Nacional de Dragagem (PND), mantido com a verba do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Está prevista a retirada de 13,62 milhões de metros cúbicos de resíduos e para manutenção, outros 7,65 milhões.

Será realizado ainda o derrocamento parcial de duas rochas existentes no canal de navegação, num volume de 33,36 mil metros cúbicos de pedras.

Segundo o Ministro, a obra aumentará a capacidade de porto santista em até 30%. “Este é um projeto prioritário”, afirma Brito. “27% de todo o movimento de importação e exportação do país passam pelo Porto de Santos, e investir nessa infraestrutura é de fato atender a uma demanda de mercado”, finaliza Pedro Brito.

O empreendimento da SEP vai tornar o complexo portuário santista mais competitivo, com capacidade para receber navios “post panamax”, que possuem 280 metros de comprimento, 42,8 metros de largura, calado de até 13,5 metros e capacidade de transporte para até 70 mil TPB (Toneladas de Porte Bruto). A obra vai possibilitar ainda a navegação com cruzamento de embarcações, além de consolidar o porto como um “hub port” – concentrador de cargas, tendência operacional verificada mundialmente.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: