Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

24/09/2009 - 11:20

Philips se compromete a aumentar a eficiência energética nas cidades

Nova York, EUA – A Royal Philips Electronics (NYSE: PHG, AEX: PHI) lança hoje um chamado para ação, visando garantir que a renovação da infra-estrutura e das construções urbanas seja acelerada na batalha para conter as mudanças climáticas. Durante a Convenção Mundial sobre Mudanças Climáticas da ONU, a Philips pedirá que governos do mundo todo ajudem a garantir a recuperação ambiental com o estabelecimento de metas ambiciosas de redução de CO2, bem como padrões legislativos rígidos para sua implementação. A companhia reforça seu apelo ao estabelecer parceria com o World Green Building Council (WorldGBC, ou Conselho Mundial para Construções Verdes, em tradução livre), comprometendo-se a tornar as cidades 40% mais eficientes em termos do consumo de energia nos próximos 10 anos.

“Vivemos hoje tempos desafiadores para os negócios, de maneira geral”, afirma Gerard Kleisterlee, CEO da Royal Philips Electronics. “Se um programa mundial ambicioso e efetivo para conter as mudanças climáticas puder ser estabelecido, ele criará condições para a transformação de nossa economia mundial e mostrará os sinais de que as companhias precisam para acelerar os investimentos de bilhões de dólares em produtos, serviços, tecnologias e infra-estrutura com eficiência energética, tais como a tecnologia para iluminação em LED.”

Mais da metade da população mundial vive hoje em cidades e é responsável por 70% do consumo mundial de energia. Cerca de 50% do gasto dos municípios com energia é direcionado à iluminação. Aumentar a eficiência energética apenas dos edifícios já garantiria uma redução nas emissões de dióxido de carbono maior que as emissões totais do setor de transportes. Ao mesmo tempo, o custo da avaliação do nível de eficiência energética é normalmente bastante superestimado.

A Philips acredita que a atual velocidade de renovação da infra-estrutura existente, baseada em tecnologias ineficientes da década de 60, ou até mesmo mais velhas, é lenta demais. Para a iluminação de escritórios, por exemplo, é de apenas 6-7% ao ano. Na iluminação urbana, é de apenas 3%. Nesse ritmo, seriam necessários 30 anos para que a qualidade de vida e os benefícios ambientais e econômicos resultantes das tecnologias mais modernas pudessem ser aproveitados.

A parceria entre a Philips e o World Green Building Council tem como objetivo estabelecer cerca de 100 forças de trabalho locais nos próximos anos, unindo esforços com outros parceiros, tais como governos e sociedade civil, para reduzir agressivamente as emissões mundiais de carbono, resultado direto da construção e da infra-estrutura, nos próximos dez anos. “Os negócios podem garantir tecnologias e soluções financeiras, bem como melhorar o nível de conscientização. Hoje, há tecnologias eficientes para todos os segmentos, mas não podemos demorar na sua implementação. É por isso que os governos devem oferecer estímulos econômicos, bem como políticas e regulamentação apropriadas. Portanto, nós pedimos que eles ajam com urgência, estabelecendo padrões legislativos ambiciosos, estimulando a economia a buscar uma recuperação ambiental e, principalmente, dando o exemplo com a busca de uma maior eficiência energética para seus próprios prédios, escolas e ruas. Afinal, o ganho é triplo, com a economia de dinheiro, redução das emissões e criação de novos empregos para uma economia verde”, acrescenta Rudy Provoost, membro do Conselho Diretivo da Philips, CEO da divisão de Iluminação e presidente de seu Conselho de Sustentabilidade.

Perfil: A Philips do Brasil é uma subsidiária da Royal Philips Electronics da Holanda e atua no País há 84 anos. Líder dos mercados locais de eletroeletrônicos, eletrodomésticos portáteis, produtos para cuidados pessoais, lâmpadas, aparelhos de raio-x e sistemas de monitoramento de pacientes, a Philips do Brasil atua ainda nos setores de telecomunicações e informática. [www.philips.com.br]

Perfil: A Royal Philips Electronics da Holanda (NYSE: PHG, AEX: PHI) é uma empresa diversificada de saúde e bem-estar, com foco em melhorar a vida das pessoas por meio de inovações oportunas. Líder global em cuidados com a saúde, estilo de vida e iluminação, a Philips integra tecnologia e design ao prover soluções para as pessoas, baseadas fundamentalmente em pesquisas com consumidores e na promessa de marca “sense and simplicity”. Com sede na Holanda, a Philips emprega aproximadamente 121 mil funcionários em mais de 60 países. Com um volume de vendas de 26 bilhões de euros em 2008, a empresa é líder de mercado em soluções para cuidados cardíacos, cuidados com a saúde em casa, soluções eficientes em iluminação e novas aplicações de iluminação, bem como em produtos de consumo e estilo de vida para o bem-estar pessoal, com forte posicionamento em flat TV, barbeadores elétricos, entretenimento portátil e saúde bucal. [Site www.philips.com/newscenter.]

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: