Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

26/04/2007 - 08:34

W/Brasil lança sensacional campanha de Bom Bril, com Carlos Moreno, Pelé, Nelson Ned e Chaplin


A campanha atinge a marca dos 344 filmes com o mesmo garoto-propaganda, o mesmo criativo e o mesmo diretor de cena.

A agência W/Brasil, de Washington Olivetto, prepara-se para lançar a campanha que marca a nova fase de Bom Bril no mercado publicitário. Composta por seis filmes – com direção de Andrés Bukowinski – e cinco diferentes anúncios, que serão publicados nas principais revistas do Brasil, a campanha começa a ser veiculada no dia 29 de abril, simultaneamente, em todas as emissoras de TV do país, além de cinema e veículos impressos.

Carlos Moreno, o garoto-propaganda de Bom Bril, um dos personagens mais marcantes da história da publicidade brasileira, interpreta Charlie Chaplin e junta-se ao cantor Nelson Ned e ao atleta do século, Pelé, para divulgar o conceito da campanha “Tudo passa. Bom Bril fica. Ninguém passa sem Bom Bril”, partindo sempre da premissa de que somente quem é líder absoluto acaba, às vezes, sendo imitado.

De acordo com o publicitário Washington Olivetto, apesar da diversidade de formatos, os personagens representam o conceito do eterno. "Pelé é o Bom Bril do futebol. Assim como o Carlinhos é o Pelé da propaganda.''

Sobre a participação inusitada do cantor Nelson Ned, intérprete da canção “Tudo Passará”, sucesso que marcou o início da década de 70, Washington é categórico: “Basicamente, utilizamos o conceito de que tudo passa, menos o Bom Bril, que é um clássico que faz parte da vida das donas-de-casa.” No filme, Carlos Moreno pede a opinião do cantor e compositor sobre as imitações de Bom Bril que surgiram no mercado. Nelson responde com sua canção, em uma explícita alusão ao fato de as imitações passarem e só o que é original permanecer.

Na série “Chaplin”, a variedade de formatos é utilizada na mesma linha de raciocínio. No primeiro filme, Carlos Moreno despede-se de uma imitação de Chaplin durante o comercial para alertar o consumidor de que as imitações duram pouco e somente os gênios permanecem. No segundo filme, o mesmo tema é abordado com a linguagem do cinema mudo: imagens em preto-e-branco e texto em formato de letreiros. No terceiro, com a consolidação da mensagem, uma ousadia: Carlos Moreno reproduz a antológica cena do filme “Em Busca do Ouro”, de 1925, usando duas esponjas de aço espetadas em garfos e, durante 30 segundos, imita um sapateado e não diz uma única palavra.

Para finalizar, Carlos Moreno contracena com o jogador e ícone mundial Pelé. O ator não poupa elogios ao produto que representa, o que deixa o jogador em segundo plano na cena. Porém, logo na seqüência, ao se dar conta da presença do rei dos gramados, Carlinhos o reconhece como o Bom Bril do futebol.

“A variedade de formatos, a princípio, pode causar estranheza, mas no conjunto revela-se harmônica e perfeita ao demonstrar que quem é líder acaba ofuscando todos os tipos de imitação, que aparecem e desaparecem muito rapidamente”, explica o criador Washington Olivetto. “Prova maior é a campanha histórica de Bom Bril, que, desde 1978, mantém seu discurso, adequando-se aos novos tempos. Uma consagração definitiva para o conceito, utilizado em todas as peças criadas para esta nova fase”, finaliza.

A campanha consolida também o atual – e próspero – momento da Bombril, que fortalece sua posição no mercado com seu principal produto: a lã de aço.

Perfil da Bombril: De fabricante de lã de aço, fundada em 1948, a Bombril S/A transformou-se na maior empresa brasileira de soluções de limpeza. A empresa atua em 15 categorias de produtos, como lã de aço, palha de aço, esponjas sintéticas, detergentes, sabão em barra, saponáceos, desinfetantes, limpadores, amaciantes, lava-roupas líquidos, facilitadores de passar roupa, sachês perfumados e desodorizadores de ambiente. Suas 13 marcas são responsáveis por um portfólio de 166 itens.

A Bombril é líder absoluta em vários segmentos e tem forte atuação em mercados altamente competitivos. A empresa é líder absoluta do mercado de esponjas de aço e ocupa o 1º lugar no segmento de saponáceos com o Sapólio Radium, marca responsável pela venda de 8 em cada 10 produtos desse tipo no Brasil. A Bombril é líder também em desinfetantes, graças ao desempenho de Pinho Bril e Kalipto.

Com Limpol, é vice-líder no setor de detergentes, segmento de forte concentração, no qual três concorrentes são responsáveis por mais de 70% do volume comercializado. Com o Mon Bijou, a companhia ocupa posição de destaque na categoria de amaciantes de roupas, segmento de forte potencial de crescimento no país.

Além disso, a Bombril conta também com uma linha completa de produtos de limpeza dirigida aos consumidores das Regiões Norte e Nordeste. É a Linha Pronto, composta por 6 versões de desinfetantes, 3 de amaciantes, 4 de detergentes líquidos para louça, 3 de sabão em barra e 1 de detergente em pó lava-roupas.

Com três complexos industriais – Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), Abreu e Lima (PE) e Sete Lagoas (MG) –, onde são fabricadas anualmente cerca de 250 mil toneladas de produtos, a Bombril conta hoje com 2.428 funcionários. Uma vez completada a atividade industrial, as marcas da Bombril seguem para inúmeros pontos-de-venda em todo o país, o que faz com que a empresa esteja presente em mais de 90% dos lares brasileiros.

Direção de criação: Washington Olivetto e Rui Branquinho | Criação: Washington Olivetto, Rui Branquinho, Sérgio Franco e Fabio Meneghini | Produtora: ABA Filmes | Direção do filmes: Andrés Bukowinski | Finalização: ABA Filmes | Produtora de trilha: YB | Atendimento: Raf Fayad e Betty Milanez | Aprovação no cliente: Ronaldo Sampaio, Fernando Pires e Silvia Toma | Veiculação: Net | 1ª veiculação: 29 de abril de 2007.

Enviar Imprimir

© Copyright 2006 - 2018 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira