Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/09/2009 - 11:00

Estratégia em Energia Solar: Transsen é a empresa solar que mais cresce no Brasil

Nascida em município da região Oeste de SP, empresa cresceu mais de 200% nos últimos cinco anos e está entre as 30 maiores do mundo em seu setor de atuação. Com investimentos de R$ 15 milhões, foco em obras de grande porte e moradias populares, tornou-se referenciada pela qualidade de seus produtos e alto padrão técnico em engenharia. Crescimento em 2009 deverá chegar a 20% e meta é a de dobrar o resultado em 2012, com forte presença na América do Sul e África.

Empresa que mais cresce no mercado brasileiro de equipamentos solares para banho e piscina, a Transsen, de Birigui (SP), anuncia nos próximos dias a abertura de uma unidade em Lima, no Peru. Com crescimento superior a 200% nos últimos cinco anos, a Transsen impulsiona neste momento um projeto de expansão de negócios tendo como alvo a América do Sul e a África. No ano passado, a empresa abriu uma unidade no Chile e já mira o mercado argentino para 2010.

No Brasil, a Transsen deverá fechar o ano com crescimento de 20%, índice considerado ‘excepcional’ pela direção, em virtude dos efeitos da crise financeira global sobre o mercado nacional de construção civil – no ano passado, a elevação de negócios da Transsen foi de quase 30%, idêntico ao índice obtido em 2007.

Fundada há quase 25 anos, no município paulista de Birigüi, na região de Araçatuba − a 500 km da capital, no Oeste do estado −, a Transsen anunciou recentemente que seus investimentos até 2012 serão da ordem de R$ 15 milhões. Ao mesmo tempo em que busca estender sua atuação na América do Sul, a Transsen colhe os frutos de uma vitoriosa estratégia no mercado interno. E quer dobrar a receita obtida em 2008, cuja cifra seu presidente Edson Pereira não divulga, “por um cuidado estratégico”, assinala.

Segundo Pereira, advogado por formação com passagens pelo mercado calçadista e pela área de marketing da Coca-Cola, a empresa que em pouco tempo conquistou mais de 250 pontos de venda no Brasil − e é avaliada como a melhor parceira do canal de distribuição, num respeitado levantamento da revista Revenda, que a aponta como melhor marca solar pelo terceiro ano consecutivo −, mira agora o reconhecimento do consumidor final.

Para tanto, a Transsen refaz por completo suas estratégias de marketing e propaganda para os próximos anos − “sem que com isso, claro, abandonemos as conquistas já obtidas”, observa Pereira. A linha de produtos da marca – confira a linha Transsen no [www.transsen.com] – passa desde 2005 por um processo de inovação quanto à tecnologia e o design − duas áreas, por sinal, que consumirão boa parte dos investimentos previstos daqui para frente.

“Nossos produtos conquistaram o ‘trade’ pelo alto padrão de qualidade que conseguimos imprimir, e ao mesmo tempo pela diversidade de modelos para aplicação em todos os segmentos de mercado”, comenta Edson Pereira. “Agora é hora de fidelizarmos o consumidor final”, complementa o executivo. Antes centrada, sobretudo, nas chamadas OGPs – Obras de Grande Porte – e em nichos específicos do setor de construção, a Transsen já registra aumento de participação da marca em novas áreas de negócios, como nas moradias populares, além de ‘colecionar’ recomendações de seus produtos por arquitetos e profissionais do setor de construção. “Importante dizer que trabalhamos para fortalecer nossa marca junto a consumidores de todas as faixas”, enfatiza Pereira.

Recentemente, a Transsen iniciou atividade no segmento de obras públicas, ao vencer concorrência para dotar vários empreendimentos da CDHU com coletores solares – mais de 2.500 casas em construção na região da Araçatuba terão água de banho aquecida pelos produtos da marca. “Habitações populares com energia solar surgem a cada dia em todos os pontos do País. Elas sinalizam uma forte tendência associada ao uso de energias renováveis e à racionalização do consumo de água e energia”, afirma Pereira.

De acordo com Pereira, ao apostar na inovação e nos investimentos em engenharia, nos últimos três anos a Transsen ainda conseguiu posicionar sua marca como ‘player’ em sofisticação e versatilidade. Os engenheiros da empresa ‘assinaram’, por exemplo, os coletores Magnum – apontado por especialistas entre os de melhor rendimento técnico do mercado nacional – e Porto Seguro, este pioneiro por sua flexibilidade: atende tanto às aplicações em banho como em piscinas.

Para as OGPs, os engenheiros criaram a linha Bahamas, dotada do conceito Ultracontact, com 100% de contato entre aleta de liga de alumínio e tubo, sistema que proporciona maior transmissão de energia com alta condutividade térmica. Outra inovação veio com o até então inédito sistema de monitoramento remoto LaBTranssen, acessório capaz de mensurar a performance de equipamentos solares e otimizar seu desempenho. [www.transsen.com]

Atualmente posicionada entre as 30 maiores empresas do mundo em seu setor de atuação, a Transsen prepara-se agora para entrar na África do Sul e na Argentina. Ao final de 2012, além de dobrar o resultado obtido no ano passado, a empresa também quer estar entre as 20 maiores do mundo no segmento solar para banho e piscina, ou seja, terá de ganhar 10 posições, em quatro anos, no mercado global de energia solar. É muita água para rolar em apenas quatro anos? “Não, nós temos energia de sobra para chegar lá”, finaliza Edson Pereira, o presidente. Energia solar, diga-se! [www.transsen.com]

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: