Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/07/2009 - 07:54

Cabral inaugura hidrelétricas em Bom Jesus de Itabapoana


O governador Sérgio Cabral inaugurou no dia 10 de julho (sexta-feira), em Bom Jesus de Itabapoana, na Região Noroeste Fluminense do estado do Rio de Janeiro, duas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) do Grupo Neoernegia, que tem sede no Rio. A PCH Pirapetinga e a PCH Pedra do Garrafão, em dois pontos do Rio Itapaboana, são as duas primeiras construídas pelo grupo no estado do Rio. O Rio Itabapoana divide os estados do Rio e do Espírito Santo.

As duas usinas têm potência instalada total de 39 megawatts (MW) e energia assegurada de 25,14 MW, suficiente para abastecer uma cidade de 100 mil habitantes, que será fornecida aos consumidores por meio do Sistema Elétrico Interligado Nacional. A construção foi iniciada em outubro de 2007, com investimento total de aproximadamente R$ 200 milhões, dos quais R$ 121 milhões financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os recursos foram alocados na construção das usinas, respectivas subestações e linhas de transmissão.

Depois de dar os parabéns aos investidores pela iniciativa na região, que gerou empregos e renda para a população, o governador pediu aos empresários que continuem acreditando em seu governo e criem novas usinas de produção de energia no estado.

- Fico feliz de vir aqui inaugurar uma planta como esta. Continuem investindo no estado. Espero vir às outras inaugurações do grupo. E parabéns pela sensibilidade do grupo em recuperar o sítio arqueológico Vila da Rainha. É muito importante esta preocupação com a recuperação da memória – afirmou o governador.

A prospecção arqueológica realizada para o licenciamento ambiental de uma das usinas, a de Pedra do Garrafão, identificou remanescentes de um dos primeiros povoados brasileiros, a Vila da Rainha, fundado em 1536, que será transformado no Parque Histórico-Arqueológico Vila da Rainha. O lugar, com grande potencial turístico, deverá se tornar um grande ponto de atração de visitantes para a região.

A descoberta é um marco fundamental da colonização portuguesa no Brasil, de grande relevância para a história do Rio de Janeiro. A Vila da Rainha constitui-se de um conjunto arquitetônico integrado por vestígios de construção em pedras de cantaria, composto por cais, canaletas, edifícios e moinho, como foi mostrado, em animação, por um vídeo exibido aos presentes.

Estiveram no evento o vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, e os secretários de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Christino Áureo, de Ciência e Tecnbologia, Alexandre Cardoso, e de Transportes, Julio Lopes, além do presidente da Assembléia legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, da prefeita de Bom Jesus de Itabapoana, Branca Motta, e do presidente do Grupo Neoenergia, Marcelo Correia, entre outros convidados. | Por :Guedes de Freitas

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: