Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/04/2009 - 09:00

Cabotagem em Imbituba vira oportunidade para o Sul do país, avalia FIESC

Novas linhas anunciadas para o porto catarinense ajudarão a consolidar Santa Catarina como um dos mais importantes pólos logísticos marítimos do País.

Florianópolis - O anúncio de duas linhas de cabotagem que passarão pelo porto de Imbituba, no sul de Santa Catarina, representam uma importante oportunidade para a indústria do sul do País, na avaliação da Federação das Indústrias (FIESC). As novas linhas, das empresas Aliança Navegação e Mercosul Line, permitirão o escoamento da produção do Sul, especialmente para o Norte e Nordeste, com uma série de benefícios.

"As duas linhas são complementares e podem representar, dependendo do tipo de carga e destino, reduções importantes nos custos em relação a outros modais. Outro atrativo da cabotagem é a segurança, já que os roubos de cargas são comuns nas rodovias, além de haver menor risco de avarias nas mercadorias" avalia o presidente em exercício da FIESC, Glauco José Corte. Ele lembra também que o Brasil apresenta aproximadamente 8 mil quilômetros de costa, onde as principais cidades, pólos industriais e centros consumidores concentram-se no litoral, ou próximo a ele. "Assim, a cabotagem é uma alternativa viável para compor a cadeia de suprimentos de diversos setores", acrescenta.

A cabotagem no Brasil cresceu 111% entre 2002 e 2008, segundo a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ). No período, o volume passou de 174 mil contêineres de 20 pés para 360 mil, o que, pelas contas da agência, evitou mais de meio milhão de viagens de caminhões nas estradas.

A nova linha da Aliança Navegação, anunciada nesta semana, contará com os navios Flamengo e Copacabana, com capacidade de 1.400 contêineres. Eles farão escalas semanais e em dias fixos, com destino ao Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pernambuco, Bahia, Maceió e Sergipe. Além disso, no dia 11 de março, foi realizado o pré-lançamento das linhas de cabotagem da empresa Mercosul Line. Com investimentos de R$ 300 milhões, a empresa adquiriu embarcações do estaleiro Alemão Volkswerf Stralsund, com capacidade de 3.500 contêineres cada. As linhas atenderão o Sul do Brasil para as cargas com destino ao norte e nordeste, ligando Imbituba a Manaus, possibilitando paradas em Paranaguá, Santos, Salvador, Suape, Pecém e Manaus.

"Estas novas linhas e os recentes investimentos no porto de Imbituba criam oportunidades para que o Sul do País tenha mais competitividade. E para Santa Catarina representam um ganho logístico que se soma a outros investimentos em curso, como a BR-101", diz o vice-presidente da FIESC para a região Sul, Guido José Búrigo.

Côrte acrescenta que no estado o porto de São Francisco do Sul já oferece linhas de cabotagem. "Os novos serviços reforçam a importância do porto de Imbituba como mais uma opção logística atrativa, o que ganha ainda mais relevância, considerando também os investimentos realizados na implementação e ampliação de terminais instalados nos complexos portuários do Rio Itajaí-Açu e da Bahia da Babitonga. Santa Catarina passa a ser um dos mais importantes centros de logística marítima do país", completa. | www.fiescnet.com.br

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: