Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

31/03/2009 - 11:18

ONU lançou relatório ‘Progresso das Mulheres no Mundo’ na ALERJ

As mulheres têm menos oportunidades de se tornar chefes. Enquanto um em cada oito homens tem condições de chegar à posição de chefia, a média entre as mulheres é de uma em cada 40. Essa é uma das constatações do relatório bianual do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem), “Progresso das Mulheres no Mundo 2008/2009”, que foi lançado, no dia 30 de março (segunda-feira), na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). A presidente da comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres da Alerj, deputada Inês Pandeló (PT), receberá a diretora-executiva do Unifem, Inés Alberdi, para lançar o relatório no Brasil, cujos dados avaliam o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs) para a igualdade entre homens e mulheres. “Estes dados são fundamentais para a formulação de políticas públicas. Além do uso técnico, é importante a divulgação dos números para a sociedade, para que todos saibam que ainda vivemos em uma sociedade desigual”, afirmou a parlamentar.

Apesar de avanços, como a redução de pessoas que vivem com menos de um dólar por dia, aumento de matrículas nos ensinos primário e secundário e combate ao HIV/AIDS, o relatório verifica atraso na maioria dos objetivos de desenvolvimento. O relatório ainda confirma que a desigualdade de gênero é um dos fatores críticos para cumprimento dos ODMs. Conforme o estudo, este tipo de preconceito não só reduz a capacidade de as mulheres pobres utilizarem o trabalho para sair da pobreza, como também afeta os aspectos não monetários da pobreza: ausência de oportunidades, opinião e segurança. No Brasil, são instrumentos de mensuração das políticas para as mulheres: planos nacionais de Políticas para as Mulheres e Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres.

O relatório cita o investimento de R$ 1 bilhão do Governo federal para enfrentamento da violência contra as mulheres e a promulgação da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06), entre as inovações dos países para as políticas para as mulheres. Após a apresentação dos dados do relatório, haverá entrevista coletiva com a deputada Inês Pandeló, a diretora do Unifem, Inés Alberdi; a representante da Unifem para Brasil e Cone Sul, Ana Falú; e a ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Nilcéa Freire.| Site www.alerj.rj.gov.br

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: