Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

20/02/2009 - 09:10

CAP Rio Grande discute medidas para atrair cargas

A primeira reunião do Conselho de Autoridade Portuária do Rio Grande (CAP/Rio Grande) com a presença do novo superintendente do Porto do Rio Grande, Janir Branco, teve como assunto principal a discussão de medidas para atrair novas cargas para o porto gaúcho, tendo em vista os reflexos da crise financeira mundial. A reunião também contou com a presença do secretário em exercício de Infraestrutura e Logística do RS, Adalberto Silveira Netto.

O presidente do CAP Rio Grande, Hélio José da Silva, iniciou a reunião salientando a importância da presença do superintendente do Porto. "O Conselho não é um entrave para a administração do Porto, ele atua no sentido de somar com a Superintendência do Porto do Rio Grande (Suprg) para que a atividade portuária seja a maior beneficiada. Ficamos satisfeitos em ver o interesse da nova administração em participar da reunião, fortalecendo nossas relações em prol do desenvolvimento portuário", salientou o presidente.

Entre os temas da pauta o que teve maior atenção foi o referente aos reflexos da crise financeira mundial e as medidas que o porto tomará para aumentar sua movimentação e não registrar perdas. Dessa forma, a Suprg e o Conselho decidiram que, devido ao momento exigir bastante atenção por conta dos reflexos da crise no comércio internacional, serão realizados esforços para reduzir os custos portuários. Entre as determinações ficou decidido que as tarifas portuárias permanecerão as mesmas praticadas desde 1997.

Além disso, uma das comissões permanentes do CAP Rio Grande ficará responsável pelo contato com todos os integrantes da cadeia logística que movimentam cargas em Rio Grande para que sejam verificadas ações ou medidas visando à redução de custos para os usuários do porto, tornando-o mais competitivo neste novo cenário mundial.

O superintendente do Porto do Rio Grande, Janir Branco, salientou que a administração portuária tomará todas as medidas necessárias, em conjunto com o CAP, para reduzir custos e tornar o porto mais competitivo. "Estamos vivenciando uma nova realidade e precisamos nos adequar rapidamente a ela para não sermos atingidos", salientou Branco.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: