Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/08/2008 - 11:50

Petrobras inaugura a segunda usina de biodiesel no Ceará


Quando inaugurar a terceira usina, a soma de investimentos vai chegar aos R$ 295 milhões que vão gerar trabalho e renda para 55 mil agricultores familiares contratados para fornecer a matéria-prima, afirma o presidente da Petrobras Biocombustíveis, Alan Kardexc.

Na cerimônia de inauguração da segunda usina de produção comercial de biodiesel da Petrobras em Quixadá (CE), realizada no dia 20 de agosto (quarta-feira), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reafirmou que o “Brasil é o país com as melhores condições para se tornar o campeão mundial da produção de bicombustíveis, porque tem terras disponíveis, variedade de oleaginosas e tecnologia”.

A usina integra a Petrobras Biocombustível, subsidiária criada para concentrar os projetos de biocombustíveis da Petrobras. A unidade, a exemplo da primeira instalada em Candeias (BA), tem capacidade para produzir 57 milhões de litros de biodiesel por ano.

O presidente Lula lembrou que é perfeitamente viável o Brasil aumentar a produção de alimentos paralelamente à de biocombustíveis. Para isso o governo está apostando em financiamento de tecnologia, equipamentos agrícolas e em assistência técnica. Somente para a agricultura familiar estão destinados R$ 25 milhões, acrescentou Lula.

Presente também à inauguração da usina de Quixadá, que amplia a participação da Petrobras na cadeia produtiva do biodiesel, o governador do Ceará, Cid Gomes, disse que o “maior desafio para o Nordeste é aumentar a produção agrícola, tanto para alimentos como para biocombustíveis. Saímos de 6 mil hectares plantados par 25 mil e pretendemos chegar a 80 mil. Quando o governo lançou o programa de biodiesel, saltamos de duas mil cearenses envolvidos na agricultura familiar para dez mil hoje”.

O presidente da Petrobras Biocombutíveis, Alan Kardec lembrou que já está em fase final de montagem a terceira usina comercial de biodiesel da Petrobras Biocombustível localizada em Montes Claros (MG). "Juntas, as três usinas somam investimentos de R$ 295 milhões e vão gerar trabalho e renda para 55 mil agricultores familiares contratados para fornecer a matéria-prima", disse. Kardec afirmou que os agricultores familiares terão da Petrobras todo o apoio para formar a cadeia produtiva de abastecimento das usinas da Petrobras.

Um das particularidades da unidade são os sistemas que permitem a realização de manutenção sem comprometer a continuidade operacional, garantindo alto desempenho em relação a sua capacidade e à qualidade do biodiesel. A usina possui um sistema de processamento de óleos vegetais brutos para pré-tratamento na unidade, transformando-o em óleo refinado.

Outro diferencial desta usina é a grande autonomia para funcionamento devido à capacidade de armazenamento de matéria-prima, bem como de produtos intermediário e final.

Na construção dessa usina foram gerados, no pico da obra, 1.048 empregos diretos dos quais 814 ocupados por trabalhadores do Ceará, sendo que, destes, 483 da região de Quixadá.

Incentivo à agricultura familiar - A usina de biodiesel pode operar com matéria-prima de origem vegetal (mamona, girassol, soja, algodão, etc.), animal (sebo bovino, suíno ou de frango), além de óleos e gorduras residuais usados em fritura de alimento.

Para obter o Selo Combustível Social a compra de oleaginosas será da agricultura familiar. Parte do suprimento de Quixadá será atendida por 8.522 agricultores que estão plantando mamona e girassol em 161 municípios do Ceará. No Rio Grande do Norte, são 759 agricultores de 32 municípios e o plantio é exclusivamente de girassol. A representante dos agricultores familiares, Antonia Ivoneide Silva disse que os platadores assumiram o desafio de produzir 50% da matéria – prima através do Selo Social, mas pretendem chegar a 85%.

Além disso, a Petrobras Biocombustível está comprando, de cooperativas de catadores e organizações não-governamentais no meio urbano, óleos e gorduras residuais provenientes dos processos de fritura de alimentos.

Assistência técnica e fornecimento de sementes - Para garantir maior produtividade, a empresa forneceu, aos agricultores, 76,44 toneladas de sementes de mamona e girassol certificadas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Para orientar os agricultores durante o processo de plantio e colheita, foram contratados os serviços das Empresas de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) dos estados do Ceará e Rio Grande do Norte. Também é incentivado o plantio de oleaginosas em consórcio com outras culturas alimentícias, como feijão.

A cidade de Quixadá fica no centro de uma região com vocação para produção de oleaginosas, além de possuir uma adequada logística constituída de modais ferroviário e rodoviário. O prefeito da cidade, Ilário Marques, também presente à inauguração, disse que “hoje é um dia histórico para Quixadá e para a agricultura familiar que vai plantar de 120 a 130 mil hectares no semi – árido cearense, cujos produtores poderão vender sem a presença do atravessador”.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira