Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/03/2022 - 08:31

Emirados se tornam maior importador de frango do Brasil, diz ANBA


País árabe ultrapassou a China como principal destino das carnes de aves exportadas pelo Brasil em fevereiro. É a primeira vez que os Emirados estão no topo do ranking.

Os Emirados Árabes Unidos assumiram em fevereiro, pela primeira vez, a liderança na importação de carne de frango do Brasil, de acordo com informações divulgadas pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O país do Golfo passou a China, que era o maior comprador do produto até então. Os Emirados adquiriram 42,8 mil toneladas em frango brasileiro, com aumento de 89,9% sobre o mesmo mês de 2021.

—Os Emirados Árabes Unidos ganharam forte protagonismo nas exportações brasileiras dos últimos meses e foram decisivos, assim como o reforço das vendas ao México e à União Europeia — disse em material divulgado o diretor de mercados da ABPA, Luís Rua, sobre o desempenho da comercialização internacional em fevereiro.

Segundo Rua, é esperado que os níveis de compra destas regiões se mantenham nos próximos meses, especialmente porque a Ucrânia, que é forte concorrente do Brasil em fornecimento de frango a destinos como a União Europeia, Arábia Saudita e países do Golfo, deve deixar de exportar os volumes habituais por causa da guerra com a Rússia.

No total, as exportações de carne de frango do Brasil cresceram 7,4% em fevereiro e ficaram em 348,8 mil toneladas. O volume leva em conta todos os produtos, entre in natura e processados. Em receita, as exportações resultaram em US$ 663 milhões no mês passado, com alta de 27,1%.

A China, agora segundo maior importador de frango do Brasil, comprou 42,3 mil toneladas no mês passado, com queda de 8,4% sobre fevereiro de 2021. Em terceiro lugar, a África do Sul importou 30,7 mil toneladas. A ABPA também destacou o crescimento das vendas para destinos como México, com alta de 358% para 19,6 mil toneladas, e União Europeia, com 16,5 mil toneladas compradas e aumento de 35,1%.

No primeiro bimestre, as exportações de carne de frango somaram 723,7 mil toneladas, volume 13% maior que o total exportado em 2021, com 640,4 mil toneladas. Em receita, houve aumento de 33,9%, com US$ 1,280 bilhão neste ano, contra US$ 956,1 milhões em 2021. | ANBA

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira