Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/01/2022 - 08:04

Urca Comercializadora adquire 2,3 milhões/t de carbono da Usina Hidrelétrica Teles Pires


Controlada pela Neoenergia. Vista aérea de uma cidade com montanha ao fundo Descrição gerada automaticamente.

A Urca Comercializadora de Energia, em conjunto com Imetame Termelétrica, está viabilizando uma das maiores operações de crédito de carbono do mercado brasileiro de energia. Foram adquiridos da usina hidrelétrica Teles Pires (MT/PA), controlada pela Neoenergia, 2,3 milhões de toneladas(t) de carbono equivalente em créditos cancelados em favor da UTE Prosperidade III, controlada pelo grupo capixaba Imetame. Com isso, a usina passa a ser a primeira termelétrica carbono neutro do Brasil.

Foi um período de bastante interação com os órgãos reguladores, especialmente a EPE, o Ministério de Minas e Energia e a Aneel, em que os esforços concentrados culminaram nesse belo resultado para todos. Os créditos de carbono foram adquiridos em processo de cancelamento voluntário de emissões, num claro avanço das ações de sustentabilidade dos grupos empresariais envolvidos na iniciativa.

Com 50 megawatts (MW) de potência, a UTE Prosperidade III está sendo construída em Camaçari (BA) e tem previsão para entrar em operação no segundo semestre de 2022. Inicialmente concebida para operar com biomassa, a UTE foi adaptada para gás natural, o que exigiu um plano de compensação total de emissões de gases do efeito estufa para a obtenção do aval de órgãos reguladores para o empreendimento.

—Teles Pires é uma das usinas mais eficientes do Brasil, gerando energia limpa, que não emite gases do efeito estufa e gerando créditos que podem auxiliar outras empresas a compensar as suas emissões. Esse projeto está aprovado desde 2012, demonstrando o compromisso sólido da Teles Pires e Neoenergia em contribuir com o combate às mudanças climáticas, ao auxiliar no processo de descarbonização — afirma a diretora da UHE Teles Pires, Ana Granato.

—O grande diferencial é que conseguimos montar um plano para que as emissões, que seriam compensadas ao longo de 23 anos do empreendimento, pudessem ser abatidas de uma só vez, um feito inédito no mercado de créditos de carbono e que demonstra celeridade do empreendedor perante os órgãos reguladores —diz Pedro Assumpção, sócio da Urca Comercializadora.

— Para nós, do Grupo Imetame, e também para os Órgãos Reguladores, foi algo inédito a neutralização do carbono pela Prosperidade III, que se encontra em construção. Nosso grupo possui em sua essência a vocação para o desenvolvimento de projetos próprios, sociais e ambientais, como o Programa Reflorescer que atua na recuperação de matas ciliares. Assim, entendemos que estamos fazendo a nossa parte para a construção de um mundo melhor — afirma o diretor de operações Giuliano Favalessa.

Créditos de carbono — A contratação foi realizada utilizando o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), formato de compensação de emissões criado pelo Protocolo de Kyoto. Por meio dessa iniciativa, a energia produzida pelo empreendimento gera créditos de carbono, as Reduções Certificadas de Emissão (CERs, na sigla em inglês). Ao todo, a UHE Teles Pires emitiu, em 2021, 4,9 milhões de toneladas de carbono equivalente em créditos, referentes à geração de energia renovável na usina entre 2017 e 2018. Além do contrato com a Urca, a Neoenergia negociou créditos com empresas da Holanda e da Índia.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira