Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/01/2022 - 08:04

Peugeot 9X8 Hybrid Hypercar: Ultimate Design


Muito mais do que um carro de corrida, o Peugeot 9x8 já é icônico, uma revolução estética e técnica, uma aventura de design definitiva. Matthias Hossann, Diretor de Design da Peugeot, colocou-o em uma arquitetura brutalista antes de enfrentar as pistas de corrida de Endurance em 2022. Esta foi uma oportunidade para o fotógrafo de moda e supercarros Agnieszka Doroszewicz brincar com a luz e os contrastes do concreto. As suas fotografias são uma metáfora das 24 Horas de Le Mans, uma corrida mítica em que a luz muda com o passar das horas.

Para criar o novo 9X8 Hybrid Hypercar, a equipe Peugeot Design trabalhou incansavelmente. Eles o imbuíram de todos os códigos estéticos contemporâneos específicos para a marca: uma postura felina, linhas fluidas realçadas por sinais de esportividade, flancos elegantes e estruturados e, claro, a assinatura luminosa de três garras característica do Leão. Fino e elegante, o Peugeot 9X8 desperta emoções e incorpora velocidade.

1. Ultimate —Projetar um carro de corrida é o sonho de todo designer de automóveis. A probabilidade desse sonho se tornar realidade até agora era quase zero: em vez do estilo e identidade da marca, o desempenho era a consideração principal, tanto que os carros de corrida se tornaram morfologicamente quase indistinguíveis uns dos outros. O trabalho dos designers se limitou a pequenos detalhes e pintura.

Para o Peugeot 9X8 Hybrid Hypercar, engenheiros e designers trabalharam em conjunto para alcançar uma convergência entre estilo e tecnologia para criar um veículo de competição. —O nível de discussão foi absolutamente sem precedentes —diz Matthias Hossann, diretor de Estilo da Peugeot. —Estivemos em contato com a equipe da Peugeot Sport e realmente trabalhamos lado a lado—.

—Para identificar o tema do nosso futuro carro de corrida, primeiro lançamos uma competição entre os designers. Recebemos muitas inscrições, pois este projeto despertou grande interesse e entusiasmo, com a perspectiva de um dia ver nossa criação competir contra as marcas mais prestigiadas do mundo nas mais emblemáticas pistas—.

—Uma vez que o tema foi selecionado com a ajuda dos engenheiros da Peugeot Sport, começamos a trabalhar juntos. Guiados pelo desempenho, e sob regulamentações inovadoras, os engenheiros deixaram tanto espaço quanto possível para permitir aos designers liberdade de criatividade para trabalhar no design do Hypercar. O Peugeot 9X8 nasceu junto com o DNA dos novos regulamentos do Hipercar (LMH) pretendidos pelo Automobile Club de l’Ouest, organizador das 24 Horas de Le Mans e da Fédération Internationale de l'Automobile, apresentando os traços fundamentais do DNA da Peugeot. Este carro será um marco na história das corridas de resistência—.

2. Lion — O envolvimento da Peugeot no esporte a motor é, antes de mais nada um formidável laboratório de ideias e um fantástico acelerador de inovação. Para todas as profissões envolvidas, o esporte a motor explora novos territórios que nos levam a ser cada vez mais originais e criativos na nossa abordagem.

O embaixador definitivo do Peugeot Design e uma inspiração para desenvolvimentos futuros, o Hybrid Hypercar 9X8 segue a tendência definida para os carros da linha, incluindo o novo Peugeot 308. Foi o Peugeot 9X8 que primeiro ostentou o novo emblema de cabeça de Leão introduzido no início de 2021, antes de também aparecer no Peugeot 308.

—Não queríamos apenas fazer um belo carro de corrida —explica Matthias Hossann. —A tecnologia do Peugeot 9X8 é inteiramente uma criação Peugeot Sport e tivemos que demonstrar no nosso design. Sem comprometer o desempenho, queríamos dar-lhe uma atitude única, mas mantendo a ideia de uma carroceria aerodinâmica, que contrasta com os carros de resistência geométrica da geração anterior—.

Outro sinal distintivo da experiência e estilo da Peugeot é evidente na cabine do 9X8, que se baseia no conceito i-Cockpit característico da marca. Tal como para um projeto de maquete em série, o cuidado com o design interior foi igualado apenas pelo exigente nível de excelência do exterior: o motorista e os ventiladores diante de suas telas devem se sentir como se estivessem em um Peugeot sem nenhuma sombra de dúvida. Além disso, todo o cockpit do Peugeot 9X8 foi projetado para fornecer o mais alto grau de ergonomia e intuitividade para os motoristas.

3. Ruptur —Observadores e especialistas são unânimes: o Peugeot 9X8 é uma ruptura radical com as gerações anteriores de carros de corrida. Ele abre uma nova era. —Este 9X8 é um verdadeiro marco no automobilismo”, disseram os futuros pilotos quando o viram pela primeira vez: —Haverá um antes e um depois do Peugeot 9X8 e temos a sorte de fazer parte disso—.

—Nas paredes do estúdio de design onde o Peugeot 9X8 nasceu, colocamos três palavras-chave: icônico, eficiente, emocional— diz Matthias Hossann. —Dessa forma, toda a equipe abraçou esses conceitos, independentemente do envolvimento de cada indivíduo nas várias etapas de desenvolvimento. Eu coloquei a palavra Icônico na mente de todos, porque eu queria um carro que fosse imediatamente reconhecível e que marcasse um avanço, uma mudança geracional fundamental—.

—Apesar da qualidade das muitas propostas que saíram do nosso concurso interno de design, o tema foi rapidamente estabelecido. Ele quebrou os códigos da geração anterior de carros de resistência. A ideia posta era que este seria menos um carro de corrida e mais um Peugeot, um objeto que reuniria os adeptos não só do esporte a motor, visto que se trataria de um desportivo que em teoria poderia ser conduzido na estrada como bem como a pista de corrida—.

4. Sem asa traseira — A característica mais marcante deste conceito, e que para muitos o resume, é a ausência de asa traseira, o que lhe confere uma morfologia única.

A asa traseira apareceu pela primeira vez em corridas de resistência em Le Mans em 1967, e desde então se tornou o padrão duradouro. Desde 1971, há pouco mais de 50 anos, nenhum carro venceu sem asa traseira. Isso mostra a audácia e inventividade dos projetistas e engenheiros da Peugeot.

Quando o Peugeot 9X8 foi criado, um grande esforço foi colocado na traseira. Seguindo o esboço original de um carro um tanto robusto e forte, uma cabine ligeiramente pontuda apareceu, junto com o envoltório muito particular que vemos hoje sobre a roda traseira.

5. Electrico! — A Peugeot já venceu em Le Mans com dois carros de duas gerações diferentes: o 905 com motor V10 a gasolina em 1992 e 1993, e o 908 com motor V12 HDi-FAP em 2009. Mais uma vez, é com a tecnologia utilizada que o Peugeot 9X8 marca o início de uma nova era. —A corrida de resistência é baseada em regras que nos permitem demonstrar a experiência da Peugeot em todo o power train de energia elétrica —explica Olivier Jansonnie, diretor técnico do projeto.

Para sua propulsão híbrida de tração nas quatro rodas, o Peugeot 9X8 tem certas semelhanças com vários modelos da linha Peugeot, como o Peugeot 3008 ou o Peugeot 508. Ele combina um V6 2.6 litros bimotor de 500 kW (680 HP) interno motor de combustão na parte traseira com um motor elétrico / gerador de 200 kW (270 HP) na parte dianteira.

Olivier Jansonnie afirma: —Com o 9X8, a Peugeot está iniciando um novo capítulo nos carros esportivos híbridos. O desempenho está se tornando mais elétrico e virtuoso, sem sacrificar nada em termos de competitividade—.

— Queríamos significar essa mudança tecnológica e cultural com uma nova assinatura de cor, que chamamos de criptonita— acrescenta Matthias Hossann. “Já o tínhamos lançado pouco antes do nosso Hybrid Hypercar 9X8 no nosso novo modelo de série, também híbrido: o 508 PSE (Peugeot Sport Engineering) que compartilha com o Peugeot 9X8 muitas características tecnológicas, além da cor. Com poucas semanas de diferença, ambos trouxeram a marca Peugeot para a era do alto desempenho elétrico—.

6. Virtual —A equipe de Design da Peugeot também recorreu a tecnologia de ponta. “Mas não só”, explica Matthias Hossann. —O trabalho dos designers envolve vaivém entre projetos e ferramentas 3D, a fim de incluir fases de visualização de realidade virtual—.

Para criar os volumes, os designers utilizam ferramentas 3D e CAD (Computer Aided Design). Com essa tecnologia, também é fácil compartilhar arquivos com as equipes de engenharia. Assim que os volumes estiverem prontos, chega-se ao estágio de realidade virtual. Algo como uma revelação.

— Um ponto alto foi alcançado quando mostramos o Peugeot 9X8 completo para a equipe de engenharia usando um equipamento de realidade virtual. Olivier Jansonnie, o diretor técnico, circulou o carro por um bom tempo e seu entusiasmo foi fundamental—.

7. Night — A nossa equipe de Design Peugeot inclui fãs das 24 Horas de Le Mans. Por terem estado lá como espectadores, eles sabem que à noite, na pista, os carros têm poucos sinais distintivos. Alguns carros podem ser reconhecidos pelo som de seus motores, mas em muitos lugares, a presença visual dos carros é principalmente limitada a linhas brilhantes que desaparecem na noite—.

— Para garantir que o Peugeot 9X8 é diferente de qualquer outro e pode ser facilmente identificado dia e noite por todos, adicionamos componentes luminosos ao nosso trabalho na silhueta. Para a assinatura de luz, as três garras — presentes em todos os nossos carros de produção atuais — foi a escolha óbvia. Não tivemos muitos problemas para colocá-los na frente de nosso Hypercar 9X8, mas colocá-los na parte traseira exigiu muito trabalho. Integramos as três garras leves em componentes compostos separados, criando lacunas através qual ar é extraído. Mal podemos esperar para ver seu efeito na pista—.

Como fotógrafa desta série de imagens do Peugeot 9X8, Agnieszka Doroszewicz reconheceu imediatamente o potencial das assinaturas de luz do Peugeot 9X8: —Queríamos mesmo espalhar nosso ensaio fotográfico ao longo de um dia inteiro e prolongar até de madrugada — ela disse. —Consegui recriar perfeitamente as 24 Horas de Le Mans nas minhas fotos. A luz do dia, a iluminação artificial e a forte iluminação dos faróis combinam com o poderoso padrão das garras de luz do carro. Claro, não estamos em Le Mans, mas é toda a atmosfera de Le Mans que temos aqui—.

8.Agnieszka — Curto. Preto. Forte. Como um bom café expresso—, é como Agnieszka Doroszewicz se descreve. Apaixonada por design, arquitetura e moda. —A fotografia me permitiu combinar essas três paixões. Como fotógrafo, porém, nunca quis me limitar a um campo. Já trabalhei tanto para revistas como também para moda, designers, agências e empresas, na indústria de telefonia e eletrônica, por exemplo. Supercarros e carros de corrida surgiram, quase por acaso. A fotografia de automóveis é onde está a emoção hoje: há um grande foco na originalidade e uma incrível demanda por exclusividade—.

Localizada em Hamburgo, Alemanha, Agnieszka formou-se na Universidade de Ciências Aplicadas em Design Fotográfico e trabalha como freelancer desde 2007, envolvido em sessões de fotos e pós-produção.

—Tenho sido frequentemente convidada para trabalhar em Le Mans e em outras corridas de 24 horas, como Nürburgring (Alemanha) e Spa (Bélgica). Mas Le Mans é historicamente o mais atraente e meu favorito absoluto. A atmosfera, a emoção e o a tensão é palpável e claro que se sente a história desta corrida por todos os poros. Não há como fugir dela. Le Mans é uma das formas mais puras e definitivas do automobilismo—.

— Cada sessão de fotos tem suas próprias anedotas. Aqui, com o Peugeot 9X8, estava terrivelmente frio. Mas nada poderia diminuir a paixão de Matthias e sua equipe em fazer parte de toda a filmagem. A presença deles foi altamente motivadora, pois aproveitamos a oportunidade para iniciar uma discussão real. Somado a isso, a filmagem foi absolutamente fantástica: o contraste entre a estética muito pura do Peugeot 9X8 e a arquitetura brutalista foi impressionante, e a pátina áspera da textura do concreto evocava perfeitamente o mundo das pistas de corrida—.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira