Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/12/2021 - 07:44

Projeto de P&D em mobilidade elétrica viabiliza 1º eletroposto do Maranhão


Com participação do Lactec, pesquisa avalia soluções inteligentes de recarga de bicicletas e veículos elétricos.

A Equatorial Energia inaugurou, nesse fim de semana, a primeira estação de carregamento de veículos elétricos do estado do Maranhão, resultado do projeto de pesquisa e desenvolvimento (P&D), no qual o Lactec participa, que se propõe a desenvolver um sistema nacional de recarga wireless para bicicletas elétricas para aplicações V2G (Vehicle to Grid). A estação fica localizada no Parque do Rangedor, na capital São Luís, é abastecida com energia solar e poderá ser usada gratuitamente pela população para abastecer veículos e para a reserva de bicicletas elétricas disponibilizadas para lazer.

Essa é uma das pesquisas da chamada estratégica nº 22 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para soluções em mobilidade elétrica eficiente nas quais o Lactec participa como parceiro tecnológico. O projeto é financiado por um consórcio de empresas de energia, representadas pelo Grupo Equatorial e pela Global Participações, e executado em parceria pelo Lactec, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Nexsolar e Nastek.

De acordo com a pesquisadora do projeto de P&D pelo Lactec, Ana Paula Oening, além do desenvolvimento da tecnologia de recarga, estão sendo realizados estudos de caracterização do impacto na rede de distribuição das concessionárias com a inserção da tecnologia V2G e a comparação com a tecnologia atual de estação de recarga.

A solução inovadora envolve, ainda, o desenvolvimento de uma plataforma computacional capaz de fazer a gestão a distância da estação de carregamento e um algoritmo para otimização do fluxo de energia para proporcionar o menor custo de recarga, além de benefícios de controle de tensão e redução de pico de demanda.

A expectativa é que todos os estudos previstos nesse projeto, que vem contribuir para o domínio das tecnologias ligadas à eletrificação da mobilidade no Brasil, sejam finalizados em 2023.

Fazem parte do consórcio de empresas a Companhia Energética Candeias, Companhia Energética Potiguar, Companhia Energética Manauara, Baesa - Energética Barra Grande, Serra do Facão Energia, CGEP - Companhia Geração de Energia Pilão, Itiquira Energética, Equatorial Piauí Distribuidora de Energia, Equatorial Energia Maranhão, Centrais Elétricas do Pará, Equatorial Energia Alagoas e Estreito Energia, que tiveram o incentivo inicial da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine).

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira