Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

28/01/2021 - 08:44

Como manter o clima organizacional elevado, mesmo com as equipes remotas

Zelar e buscar um clima organizacional equilibrado e harmonioso são os principais objetivos das empresas de sucesso. Para alcançar isso, os líderes e profissionais de RH lançam mão de diversas ações com foco no bem-estar do colaborador, afinal todo mundo sabe que nada melhor do que trabalhar em um ambiente que inspire felicidade.

Mas se o clima organizacional é responsável por refletir o momento vivenciado por seus profissionais e está relacionado diretamente aos sentimentos, percepções e preocupações de cada pessoa, então o que dizer ou fazer para manter o clima elevado quando todos estão trabalhando remotamente?

Essa questão se torna ainda mais importante agora que estamos percebendo uma grande probabilidade de as empresas seguirem com o home office ou adotarem o formato híbrido. Assim, o primeiro e mais importante passo para quem busca manter o clima harmonioso e saudável para seus funcionários, principalmente para aqueles que estejam em trabalho remoto, é demonstrar a preocupação e cuidado, garantindo que todos estejam saudáveis e protegidos, já que infelizmente ainda não estamos livres do coronavírus.

É preciso evitar ao máximo a exposição do funcionário sem necessidade, reforçando as orientações de proteção, independente deles estarem trabalhando exclusivamente de casa ou indo às vezes ao escritório. Outro ponto essencial é garantir o mínimo de infraestrutura necessária para o desempenho das funções, como computador e internet adequados. Acredito que as empresas já devem ter se atentado a isso desde o início do isolamento social, mas reforço aqui a necessidade de perguntar periodicamente aos funcionários se algo está faltando para o desenvolvimento de suas atividades, realizar a reposição de materiais necessários ao trabalho e eventualmente substituir o que for necessário.

Por último, mas não menos importante, é imprescindível estar atento para que os funcionários não ultrapassem suas jornadas de trabalho. Nos casos em que isso seja extremamente necessário, o gestor deve comunicar oficialmente essa decisão ao colaborador, já explicando que as horas adicionais serão contabilizadas para pagamento de extras ou entrarão no banco de horas, dependendo do acordo de trabalho. Lembre-se, isso é fundamental para uma relação de trabalho saudável e transparente. Além disso, manter a saúde mental dos funcionários é uma das grandes responsabilidades dos líderes/empresários.

No Grupo Soulan adotamos todas essas recomendações e garanto que, quase um ano após o início da pandemia, nosso clima organizacional está em altíssimo nível. Sabe como conseguimos fazer isso? Com muita comunicação, com as equipes mantendo contato entre si e seus líderes diretos através de diversos meios (mensagens, e-mails, reuniões virtuais, etc.), de forma diária, para alinhamento das entregas e distribuição de tarefas. E, semanalmente, reunimos toda a empresa para apresentar os resultados da semana anterior e as perspectivas para a próxima.

Todas as semanas um líder de área elege uma pessoa de sua equipe para apresentar os dados na reunião e estamos percebendo que isso tem gerado sinergia e engajamento dentro das equipes e entre elas. Mesmo que virtualmente, todos são vistos e podem ver os colegas de outras áreas que, eventualmente, numa situação normal, sem pandemia, talvez não se conhecessem.

Outro ponto relevante dessa questão é o isolamento do funcionário que está trabalhando de casa. Sentir falta do contato com os colegas de trabalho e não poder interagir com outras pessoas nos horários de almoço, cafezinhos e intervalos têm sido as principais queixas dos colaboradores. Mas enquanto não podemos retomar o dia a dia presencialmente, minha orientação como psicóloga é tentar orientar os colaboradores para que foquem naquilo que temos e naquilo que é possível fazer neste momento, que é estar em contato e perto de quem prezamos de forma virtual. Sendo assim, devemos aproveitar toda e qualquer oportunidade que houver para um encontro virtual. Hoje as opções são vastas: temos reuniões, happy hours, palestras, cursos, lives – qualquer forma de ver o outro e conversar, mesmo que a partir de uma tela, é extremamente importante!

Vamos aproveitar mais o que a realidade nos impôs e lamentar menos o que não temos. Quanto mais focamos no que não temos, maior a tendência à tristeza e ao isolamento, o que pode resultar em problemas maiores no futuro, como depressão e ansiedade.

Ressalto que o clima de trabalho é influenciado por fatores externos e internos, e deve ser acompanhado e melhorado continuamente por parte dos gestores. São eles que, em contato com o colaborador, podem alterar ou melhorar aspectos que estejam interferindo no dia a dia.

E mais uma vez reafirmo a importância da comunicação entre as equipes para alcançar bons resultados. Não dá para mudar algo se não sabemos o que está acontecendo ou o que incomoda uma pessoa ou time. Portanto, tenho uma dica para os colaboradores: não tenham medo de verbalizar suas questões! Se você acredita que não tem abertura com seu gestor, encontre uma forma de fazer sua mensagem chegar até ele.

Hoje, as empresas disponibilizam diversos canais, inclusive anônimos, para sugestões, comentários e críticas. Caso não tenha segurança para conversar com seu gestor, use e abuse desse canal. Mas não se esqueça que o mais importante é ter abertura e tranquilidade para falar com seu líder sobre qualquer situação. Se você está tendo dificuldade com isso, procure entender a raiz dessa questão e não deixe que ela interfira no seu desenvolvimento profissional nem nos bons resultados da empresa como um todo.

. Por: Taís Rocha de Souza, psicóloga e diretora de Operações do Grupo Soulan.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira