Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/12/2020 - 07:17

Azul volta a operar no RIOgaleão e cria voos inéditos no estado do Rio durante o verão

Búzios, Angra e Paraty terão ligações com BH, Congonhas e Santos Dumont; Cabo Frio também contará com voos para os três destinos. Anúncios foram feitos em encontro entre representantes da companhia aérea e o governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro.

Três destinos inéditos e retorno das operações da companhia no RIOgaleão - Aeroporto Internacional Tom Jobim, na capital fluminense. As boas notícias sobre o incremento de operações da Azul no Rio foram anunciadas no final do mês de novembro em encontro entre representantes da empresa e o governador do estado, Cláudio Castro, em reunião no Palácio Guanabara, sede do Executivo estadual.

Com a Azul Conecta, empresa sub-regional da Azul, a companhia coloca em prática o “Verão Azul Conecta”, que tem por objetivo incentivar os viajantes a trocarem a terra pelo ar. Búzios, Paraty e Angra dos Reis contarão com voos inéditos para Belo Horizonte, Santos Dumont e Congonhas, em São Paulo. Somadas, as operações nos três aeroportos fluminenses resultarão em uma oferta semanal de 32 voos, que serão cumpridos a bordo das aeronaves modelo Cessna Gran Caravan, com capacidade para nove Clientes.

Cabo Frio, que volta a receber aeronaves da Azul a partir de 14 de dezembro, terá um reinício relevante, com diversas frequências e destinos durante o verão. A cidade da Região dos Lagos contará com 21 voos semanais para Belo Horizonte, Santos Dumont e Congonhas, operados com aeronaves ATR 72-600, de 70 assentos, e jatos da Embraer, com 118 lugares. Depois do fim da alta temporada, no início de fevereiro, a base permanecerá recebendo aviões da Azul e tendo BH como destino.

Além das operações de verão, os cariocas da capital também terão mais oportunidades de voar com a companhia no início de 2021. A partir de 01º de janeiro, a empresa volta a operar no Galeão, com Campinas, principal centro de conexões da empresa no Brasil, como destino. As passagens para voos de e para o aeroporto serão abertas em todos os canais oficiais da companhia nesta quinta (26).

Para a reabertura da base, a Azul escalou a aeronave Embraer E195 E1, com capacidade para até 118 Clientes. Serão dois voos diários ao longo de janeiro, subindo para quatro operações por dia em fevereiro. Ao chegar em Campinas, os Clientes terão vastas opções de conectividade para todos os destinos nacionais e internacionais operados pela Azul.

— Estamos com muitas novidades em nossa malha de alta temporada e o Rio será um dos estados mais beneficiados pela nossa operação especial. Com a dobradinha Azul e Azul Conecta, chegaremos a destinos inéditos, teremos uma grande oferta em Cabo Frio e reabriremos o Galeão, oferecendo mais opções de destinos para os fluminenses e contribuindo para a retomada do turismo no estado — destaca Marcelo Bento Ribeiro, diretor de relações institucionais da Azul.

— Estamos felizes de poder contar novamente com as operações da Azul no RIOgaleão e garantimos aos Clientes da companhia que o Aeroporto Internacional Tom Jobim está preparado para recebê-los com segurança e responsabilidade. Reforçamos os protocolos de biossegurança e a jornada do passageiro passou a incluir novos hábitos, como o uso obrigatório de máscaras, distanciamento social, prioridade para o check-in on-line e uso de tecnologia para redução de contato. Além disso, também adotamos a aferição de temperatura e higienização reforçada com produtos de uso hospitalar em áreas públicas como parte da rotina, com a intenção de oferecer uma experiência segura e tranquila ao passageiro — afirma Patrick Fehring, diretor de Negócios Aéreos do RIOgaleão.

O novo padrão de limpeza e segurança da Azul — A Azul reforçou a limpeza de suas aeronaves a cada voo e à noite, seguindo os protocolos sugeridos pela IATA e Anvisa. A companhia também foi a primeira do país a tornar obrigatório o uso de máscaras por Tripulantes e Clientes, tanto a bordo quanto em solo. Em outra iniciativa pioneira, a Azul passou a medir a temperatura dos Tripulantes a cada início de turno, aumentando a confiança em solo e a bordo e preservando a vida e a segurança de todos.

A companhia tem orientado o check-in pelo aplicativo e, para aqueles que precisa despachar a bagagem, sugere o uso das bancadas digitais de autoatendimento, em que o próprio Cliente etiqueta sua bagagem sem contato com a tela dos tablets. Para o embarque, a Azul lançou o Tapete Azul, tecnologia pioneira no mundo, que é composto por um conjunto de projetores e monitores. Por meio de realidade aumentada, projetores no chão formam um tapete virtual colorido e móvel que convida a pessoa a se posicionar na fila de acordo com seu número de assento. A inovação vem proporcionando uma diminuição de cerca de 25% no tempo em que uma pessoa leva entre embarcar e sentar dentro do avião e, de quebra, contribui para o distanciamento social, já que os Clientes convocados para o embarque ficam a quatro metros de distância entre si.

A bordo da aeronave, lenços umedecidos estão à disposição para uso dos Clientes e dos Tripulantes da Azul e sachês de álcool em gel são distribuídos a todos os viajantes. A companhia também tem utilizado descontaminantes bactericidas que contam com um princípio ativo que elimina vírus e bactérias em 99,99% dos casos.

Além disso, a empresa também adotou o sistema de raio ultravioleta da Honeywell para a limpeza do interior de suas aeronaves. O UV Treatment System é capaz de auxiliar a limpeza do interior de uma aeronave em menos de 10 minutos. A tecnologia representa uma camada a mais de segurança que será gradualmente introduzida na frota da Azul, a primeira empresa aérea da América Latina a trazer essa inovação.

Somando-se a isso e à limpeza dupla nos assentos, mesinhas, bolsão, banheiros, encosto de cabeça, cinto de segurança, janela, paredes e compartimentos superiores, a Azul vem atendendo todas as normas de procedimento de limpeza e desinfecção sugeridas pelas autoridades sanitárias. O serviço de bordo passou a ser realizado ao final do voo, garantindo o uso da máscara durante toda a viagem, e o desembarque agora é realizado por fileiras, evitando as costumeiras aglomerações no corredor no momento de saída da aeronave.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira