Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

18/11/2020 - 07:16

Filho, agora é sua vez


De acordo com o jargão policial, aviãozinho é o garoto que recebe a droga do chefe, leva-a ao cliente, recebe o pagamento pela venda do produto, e depois, retorna ao ponto de origem para prestar conta do trabalho feito.

Com que idade esses garotos começam a trabalhar? Com 10 anos mais ou menos. A partir dessa idade eles aprendem disciplina, ordem, eficiência, determinação e resiliência. São treinados a seguir regras e vencer obstáculos, barreiras, desafios. Os que demonstram maior capacidade de liderança são treinados em técnicas de guerrilha, como expandir seu território e conquistar mercado.

Esse processo de formação de jovens da periferia, infelizmente vítimas do tráfico de drogas, me trouxe à memória uma experiência muito semelhante que vivi. Com 12 anos de idade, eu acompanhava meu pai em viagens de caminhão pelo interior do estado do Paraná. Em determinados pontos, ele parava o caminhão em frente a uma mercearia e dizia: “Filho, agora é sua vez. Entre na loja, fale com o dono, verifique qual mercadoria ele precisa, venha pegar o produto no caminhão, entregue-o ao cliente, cobre a fatura e traga o dinheiro para mim.”

Hoje agradeço a meu pai por sua iniciativa, disposição e boa vontade. Sem saber, ele estava treinando seu “aviãozinho” a não ter medo das pessoas, a enfrentar o desconhecido, a desenvolver confiança e autoestima. Aquelas experiências que na época apenas pareciam uma grande aventura, me ajudaram a me relacionar com as pessoas, vender, desejar vender, vender cada vez mais. E no final comemorar os resultados alcançados.

Acho que todos nós conhecemos garotos da classe média que não querem fazer nada, ficam em casa jogando vídeo game o dia todo etc. Vivem a lei do menor esforço. Bem intencionados, alguns pais tentam proteger excessivamente os filhos. Porém, sem perceber, estão tirando deles uma oportunidade de crescimento que poderia torná-los mais fortes e resilientes diante da realidade da vida. O grande desafio dos pais é auxiliar seus filhos a desenvolver as habilidades que o farão um profissional bem-sucedido no futuro. Para isso, quanto mais cedo dermos responsabilidades ao jovem, melhor preparado ele estará.

Ao darmos, conscientemente, oportunidade de escolha, decisão e autonomia aos filhos, eles terão a chance de cumprir pequenas tarefas, por vezes errarão, terão a chance de consertar o próprio erro, e, finalmente, acertar. Assim, com disciplina e determinação, treinaremos eles não para que se tornem um “aviãozinho”, mas sim para que sejam um verdadeiro “avião” em seus futuros profissionais.

. Por: Carlos Wizard, empreendedor social, professor, escritor e fundador do projeto social Brasil do Bem.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira