Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/05/2020 - 08:26

Be bold! Em meio à crise, empresas ofertam novas ações na bolsa

A pandemia de covid-19 tem como principal característica a interrupção brusca do consumo com reflexo em toda cadeia produtiva e de serviços. Queda das receitas, aumento do endividamento, redução ou paralisação da produção, inadimplência, estão entre as principais consequências da crise que afeta, em algum nível, a todos setores do mercado. Por consequência, as ações das companhias listadas na bolsa de valores despencaram no começo deste ano, colocando muitos investidores em estado de cautela.

Mas, apesar do cenário complexo e desafiador, as varejistas Via Varejo (VVAR3) e Centauro (CNTO3) se preparam para captar novos recursos através da oferta subsequente de ações, o follow-on, na bolsa de valores. A decisão, que parece um tanto contrassenso com o cenário atual, ganha como justificativa da Via Varejo, dona das redes Casas Bahia, Ponto Frio e Supermercados Extra, o fortalecimento do caixa e crescimento do mercado eletrônico, ambiente que está bem posicionada. Com a nova oferta primária, a companhia busca levantar cerca de R$ 5 bilhões.

Já por razões mais urgentes, a rede de lojas de artigos esportivos Centauro busca com a operação levantar cerca de R$ 500 milhões, que serão destinados a redução do endividamento que já estava em andamento antes do coronavírus. No começo do ano, a empresa havia fechado uma transação com a Nike por aproximadamente R$ 900 milhões.

O que chama a atenção não são as empresas ou o setor de atuação, mas sim a proposta de Oferta Pública Primária quando o mercado ainda apresenta uma alta aversão ao risco frente às incertezas sobre os efeitos e duração da pandemia de covid-19.

A etapa de precificação das ações no mercado, chamada de bookbuilding, será determinante no avanço das ofertas. O sucesso ou fracasso destas operações servirão de termômetro do sentimento do investidor em relação à bolsa de valores e a perspectiva econômica.

Se confirmadas as operações, é um gesto um tanto ousado. Mas, em meio a tanta insegurança, pode ser muito bem-vindo.

. Por: Ernani Reis, analista da Capital Research | Perfil da Capital Research — A casa de análises Capital Research pertence ao grupo Red Ventures, que conta com um portfólio de empresas digitais nas indústrias de educação, saúde, home service e serviços financeiros. A startup tem como missão entregar conteúdo relevante de forma gratuita aos seus usuários, como é o caso da Carteira Capital, que faz recomendações para investidores de perfil conservador, moderado e agressivo. Por meio de uma plataforma intuitiva e simples, o usuário pode contar com conteúdo de qualidade como newsletters, relatórios, cursos online e as próprias carteiras específicas de produtos de investimentos como a “Carteira de Ações”, a “Carteira de Renda Fixa” e a “Carteira de Fundos Imobiliários”.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira