Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/04/2020 - 09:11

"Como tornar seu negócio mais humano em meio à crise?"


Vivemos hoje a maior crise sanitária e econômica que o mundo já presenciou, uma crise sem precedentes, que gerou inúmeras consequências, tanto para a saúde quanto para a economia brasileira, afetando principalmente as empresas e as organizações que atualmente estão lutando para superar esse momento tão vulnerável e instável do mercado. Hoje, a busca por soluções nas empresas só cresce, mas ninguém parece surgir com um recurso realmente efetivo. Afinal, como superar uma crise mundial?

Como venho repetindo diversas vezes, a maior diferença que nós podemos fazer no mundo é cuidar das pessoas. Se você acredita nisso e leva essa filosofia para a sua empresa, você terá um negócio muito mais humano e compassivo, voltado para os seus clientes. Não existe negócio que não dependa das pessoas, porque seu comprador, no fim das contas, sempre será uma pessoa. Portanto, é exatamente isso que o mercado e o mundo precisam nesse momento delicado: humanidade. Estamos passando por um período de mudança, de busca de soluções e de reinvenção, no qual é essencial um bom relacionamento com seus clientes e fornecedores, um momento para demonstrar cuidado e contribuição.

Em segmentos como o meu, por exemplo, diante de cenários como esse, depois de tomar certas ações, não há mais o que fazer. Não é possível prospectar clientes para hoje, não há para quem vender no momento. Entretanto, para os próximos cinco meses, é viável. Haverá consumidores. Portanto é importante cuidar das pessoas, dos seus fornecedores, do seu time e dos seus clientes, pois são eles que irão te fortalecer para o seu futuro pós-crise. Hoje, eu cuido da minha equipe, me relaciono com meus fornecedores e clientes, dou palestras sobre a situação atual, sempre buscando soluções e trocando ideias. Porque eu tenho certeza de que quando esse período passar, a forma que minha equipe verá meu negócio será diferente.

Quando dou uma resposta negativa aos meus clientes em um momento como esse, explico que é uma ação em prol da saúde e segurança dele. Logo, ele percebe que eu estou abrindo mão de faturar para colocar o bem-estar dele em primeiro lugar. Isso o torna fiel a mim, então, quando você trata o seu cliente com carinho, demonstrando humanidade, você também está cultivando-o para o período pós-crise. Funciona da mesma forma com os seus fornecedores: se você cuida deles, demonstra que está fazendo seu melhor para quitar suas dívidas e tenta negociar o seu pagamento de forma humana, fazendo-o entender que você está se esforçando com o intuito de ajudá-lo, para que ele sofra da menor forma possível, no futuro, esses fornecedores irão lembrar de todas essas ações feitas por você.

Acredito que a grande maioria sairá fragilizada comercialmente, no entanto, alguns sairão fortalecidos em suas relações humanas e isso fará muita diferença para nós. Após essa crise, haverá uma grande mudança na forma com a qual enxergamos o mercado e até mesmo uns aos outros e essas relações com seus clientes, equipe e fornecedores será o fator essencial, que determinará aqueles que irão se reerguer mais rapidamente e aqueles que levarão mais tempo. Portanto, creio que o grande segredo, independentemente da situação em que o seu negócio se encontra, é cuidar das pessoas. Pois essas pessoas serão a força e a base necessárias para que, no futuro, você reconstrua seu negócio de forma mais humana e sólida.

. Por: Rodrigo Alvite, CEO do H Niterói Hotel.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira