Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

12/03/2020 - 08:27

É possível parar o relógio biológico?


Por volta dos 25 anos de idade, os primeiros sinais de envelhecimento começam a ficar aparentes na superfície da pele. Primeiro surgem as linhas finas e, com o tempo, as rugas, a perda de volume e de densidade começam a ficar visíveis. O envelhecimento do organismo como um todo se relaciona com o fato das células do corpo começarem a morrer e não serem substituídas por novas, como acontece na juventude. Isso está ligado, entre outros fenômenos, ao envelhecimento celular.

Dependendo da genética e do estilo de vida, as funções fisiológicas normais da pele podem diminuir em 50% até a meia-idade. Para melhor compreensão do processo podemos dividí-lo em 2:? envelhecimento intrínseco e envelhecimento extrínseco.Envelhecimento cutâneo intrínseco ou cronológico: é aquele decorrente da passagem do tempo, determinado principalmente por fatores genéticos, estado hormonal e reações metabólicas, como estresse oxidativo. Envelhecimento extrínseco da pele: é aquele provocado pela exposição ao sol e a outros fatores ambientais como: o estilo de vida (exercício físico, alimentação) e o estresse fisiológico e físico. Um dos agentes mais importantes é a radiação solar ultravioleta. As toxinas com as quais entramos em contato, como tabaco, álcool e poluição do ar, entre outros, também ajudam no processo de envelhecimento da pele e, dependendo do grau de exposição, podem acelerá-lo

Não temos como parar nosso relógio biológico. Nem todas as causas de envelhecimento são possíveis de se evitar e não podem ser alteradas. Mas há outras que podem ser controladas até certo ponto, com uma abordagem abrangente que funciona como uma prevenção

Talvez possamos considerar o uso do filtro solar como o maior amigo da pele, isto é como a medida top 01 na prevenção do envelhecimento cutâneo.A radiação solar atua na pele causando desde queimaduras até fotoenvelhecimento e aparecimento do câncer da pele. A pele fotoenvelhecida é mais espessa, por vezes amarelada, áspera, e há um maior número de rugas e apresenta alterações de pigmentação, como manchas, pintas e sardas

O tabaco definitivamente não faz bem à saúde. Além dos malefícios ao pulmão, o hábito de fumar causa marcas acentuadas de envelhecimento na pele. O calor da chama e o contato da fumaça com a pele provocam o envelhecimento e a perda de elasticidade cutânea. Além disso, o fumo reduz o fluxo sanguíneo da pele, dificultando a oxigenação dos tecidos.

Uma dieta mal balanceada, pobre em vitaminas- poderosos antioxidantes, contribui muito para o envelhecimento da pele. Existem elementos que são essenciais e devem ser ingeridos para repor perdas ou para suprir necessidades, quando o organismo não produz a quantidade diária suficiente. O excesso de açúcar também “auxilia” a pele a envelhecer mais depressa.

. Por: Simone Veloso, Dermatologista. Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology e Professora de Dermatologia da Uni Rio. Mestre em dermatologia pela USP.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira