Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

24/08/2019 - 05:41

Superintendente do Porto de Itajaí e Diretor da APMT cumprem agenda na Anfavea


Encontro motivou a oferta de operações Roll On Roll Off para novas montadoras de veículos.

Itajaí (PR) — No dia 21 de agosto (quarta-feira), o superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga, esteve acompanhado do diretor- superintendente da APM Terminals, Aristides Russi Junior e do diretor comercial da APMT, Diego Gelain, na sede oficial da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores(Anafavea), em Moema, Estado de São Paulo.

A comitiva foi recepcionada pelo gerente de Planejamento Estatístico da entidade, Sergio Yukio Sawada, que esteve acompanhado de representantes de algumas empresas fabricantes de autoveículos (automóveis, caminhões, ônibus, máquinas agrícolas), com instalações industriais e produção no Brasil.

Em pauta, o principal motivo da visita teve por objetivo a oferta de operações do Porto de Itajaí para outras montadoras a exemplo das operações do sistema Roll On Roll Off realizadas a mais de um ano com a montadora americana, General Motors (GM), onde já foram desembarcados em 24 atracações mais de 30 mil veículos.

De acordo com o Superintendente do Porto de Itajaí, a diretoria da Anfavea teve a oportunidade de conhecer durante o encontro, todo o processo logístico realizado pelo Porto de Itajai, que hoje é exemplo no país, quanto a este sistema de operações com veículos de importação e mostrou interesse em utilizar os serviços de Itajaí para futuras movimentações: Para motivar a entidade e seus representantes, com base no plano de expansão portuária que Itajaí somará para o futuro, importantes itens também foram apresentados para uma eventual aproximação com as montadoras:

“Inicialmente podemos informar a eles que as condições de nossas instalações, no aspecto de armazenagem são ideais, pois possibilitam as vistorias dos veículos, e com isso, também a limpeza do porto e da cidade em si, pois essa limpeza do nosso ambiente evita que os carros sofram algum tipo de manchas como acontece em alguns portos onde montadoras já operaram e para eles o resultado não foi bom. O terceiro ponto seria a capacidade operacional que nós tivemos com a rapidez sem registros de avarias nos veículos. Estes tópicos apresentados e aliados a localização de Itajaí, beneficiou e agradou os representantes com a perspectiva dessas grandes montadoras que lá estavam, de gerar novos negócios com grandes volumes de cargas deste tipo de operação para o Porto de Itajaí”, destacou Fábio.

Desde que o Porto de Itajaí passou a operar com a montadora General Motors, a partir de 09 de junho de 2018, o serviço de desembarque de veículos vem demonstrando reconhecimento e eficiência por este sistema de cargas. Em outubro deste ano vence o contrato entre a montadora e APMT, e indícios positivos já indicam a renovação do contrato para mais dois anos.

Otimista com o encontro na Anfavea, para o Diretor Superintendente da APM Terminals de Itajaí, Aristides Russi Junior, para que se torne realidade a vinda de novas montadoras para o porto de Itajaí, primordial antes de mais nada é dar condições estruturantes junto as operações e assim obter excelentes resultados:

“Creio firmemente que a nossa visita foi extremamente produtiva e válida na Anfavea. Pudemos apresentar a eles que o Porto de Itajaí é uma excelente oportunidade com base numa competitividade destas operações e que nós estamos dispostos a agregar valor na cadeia logística deles trazendo Itajaí como uma nova opção para demais montadoras usarem o porto de Itajaí, os serviços da APM Terminals com níveis de serviços adequados e total segurança que precisa ter. Voltamos para Itajaí felizes e satisfeitos com o que ouvimos por parte da diretoria da Anfavea e dos representantes das montadoras”, destacou Aristides.

Seguindo o mesmo padrão das movimentações Roll on Roll Off realizados no Porto de Itajaí pela montadora General Motors, as operações de desembarque de veículos seriam realizadas pela APM Terminals (empresa arrendatária do Porto de Itajaí), onde os serviços de deslocamento dos automóveis seriam operados por equipes de trabalhadores portuários avulsos (TPAs) de categorias diferenciadas, utilizando-se do recinto alfandegado do porto público. Após o desembarque dos veículos, o deslocamento poderia ser feito por despacho de águas ou permanecerem no Armazém:

“A General Motors tem uma condição junto à Receita Federal em que a mesma é pré-qualificada como OEA (Organização Econômica Autorizada), que institui o despacho sobre águas, entretanto, estas outras montadoras de veículos e de máquinas agrícolas como tratores de rodas, de esteiras, colheitadeiras e retroescavadeiras que lá se encontravam na reunião, podem operar nas duas condições, sendo através de OEA de despacho por águas onde desembarcam os veículos e já saem do porto ou estes veículos poderão ficar armazenados no porto”, complementou o Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga.

Ao final do encontro, ficou estabelecido entre os representantes das empresas fabricantes de autoveículos com a Superintendência do Porto de Itajaí, juntamente com a APM Terminals que as negociações sejam realizadas de modo individual com cada montadora associada a Anfavea.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: