Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/08/2019 - 08:56

Guidoni passa a comandar parte do Terminal Rodoferroviário de Cargas em Colatina


O empreendimento que tem capacidade de movimentação de dois milhões de toneladas por ano, agilizará processo logístico do grupo e criará novos empregos na região.

Colatina (ES) — O Grupo Guidoni –— maior exportador de rochas ornamentais do Brasil e referência global no setor — comandará parte do Terminal Rodoferroviário de Cargas, em Colatina, no Espírito Santo. O empreendimento, que permite a ligação das rodovias BR-259 e ES-080 (Rodovia do Café) com a malha ferroviária, além de facilitar a circulação das mercadorias entre os portos de Vitória, Praia Mole — Serra e Vila Velha, agilizará o escoamento de cargas com materiais produzidos pela companhia. As atividades da Guidoni no local serão iniciadas em agosto.

A ação da empresa, além de gerar novos empregos na região, que tem como principais atividades econômicas a mineração, agropecuária e indústria, também reduzirá o trânsito nas estradas, uma vez que vai aumentar a capacidade de escoamento de cargas em direção ao porto, sem causar impactos na malha rodoviária.

Atualmente, o Brasil carrega o título de 6º maior exportador mundial de rochas ornamentais, sendo quase 80% de todo faturamento atribuído ao Espírito Santo. Nesse cenário, com o novo investimento da companhia, as vendas de blocos extraídos na região pela empresa -— que já representam 39,5% de todo o valor exportado pelo estado tendem a aumentar. A expectativa é que ainda em 2019 a Guidoni trabalhe com um volume adicional de 200%.

Inicialmente, o novo centro logístico atenderá aos portos de Vitória, mas futuramente será utilizado para contemplar as demais regiões do Brasil, assim como para transportar matérias de jazidas mais distantes até a indústria de beneficiamento do grupo em São Domingos. | www.guidoni.com.br

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: