Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/08/2019 - 08:32

Quem mais impulsiona as vendas nas lojas de conveniência?

São Paulo — Em um painel com convidados da Coca-Cola, Sousa Cruz e Ambev, Giselle Valdevez, sócia-diretora da consultoria Valsa, mostrou quais são as categorias que mais vendem em lojas de conveniência do país. O debate fez parte da programação da Arena do Conhecimento da ExpoPostos & Conveniência 2019.

Quem apostou no tabaco acertou em cheio. Os maços de cigarro representam 31% do faturamento das lojas, seguidos por food service (18,2%) cervejas (16,2%) e bebidas não alcoólicas (13,7%).

O faturamento desse tipo de comércio foi de R$ 7,54 bilhões em 2018, divididos entre 8.030 lojas, com ticket médio de R$ 12,82, segundo a Plural - Associação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Lubrificantes, Logística e Conveniência. Apesar disso, em todo o Brasil, somente 20% dos postos têm lojas junto à venda de combustível.

O painel recebeu os key account managers Mauro Cardoso (Sousa Cruz); Paulo Roberto Filho (Coca-Cola) e Pedro Albuquerque Marques (Ambev). Um dos destaques, apresentado por Cardoso, foi o fato de que o comprador de tabacaria é habitual, o que faz com que ele frequente a mesma conveniência três, quatro vezes por semana. E essa compra pode puxar outras, uma vez que o consumidor está dentro da loja. "Registramos muito crescimento entre 2018 e 2017 principalmente pela diversificação do nosso portfólio – comentou Paulo Roberto Filho – a ideia é que a Coca-Cola se torne a empresa total de bebidas, e não somente de refrigerantes".

Para o mercado de cervejas, o cenário de diversificação nas prateleiras é positivo, como mostrou Marques, gerente de contas da Ambev. "Nossa percepção é que devemos crescer 7% em vendas em relação a 2018, mas em cervejas premium o crescimento deve ser de 30%. E o canal de conveniência representa 9% das vendas totais".

Entre os participantes do painel um consenso: cada vez mais o consumidor aceita pagar um pouco mais caro, se o produto estiver no caminho de casa, ou a poucos metros de distância.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: