Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

25/07/2019 - 09:05

Professor da FGV adverte para risco político com eleição de Boris Johnson

Para o professor de Negociação e Resolução de Conflitos da Fundação Getulio Vargas, Yann Duzert, a eleição do novo primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Boris Johnson, traz um risco de fragmentação do Reino Unido. Segundo o professor, tanto a Irlanda, quanto a Escócia não estão a favor de "Brexit duro", ou seja, o contrário do que Johnson deseja, que é a saída do bloco europeu em 31 de outubro, com ou sem acordo e regras de transição.

"Boris Johnson não tem o perfil dos novos negociadores. Ainda usa o método "toma lá, dá cá". Devido a sua personalidade, ele já enfureceu os mulçumanos e membros dos movimentos LGBTs. Ele é um pessoa sem moderação. Não devemos esperar muito no quesito relacionamento com outros países europeus. A capacidade de negociar é responsável pela maior parte do sucesso de um chefe de estado", afirma Yann Duzert.

Vinculado à Diretoria Internacional da FGV, o especialista acredita que o perfil radical de negociação de Jonhson pode gerar divergências mesmo dentro do Partido Conservador. "Nem todos os correligionários de Johnson apoiam um desligamento sem acordo", lembra Duzert.

Economia - Yann Duzert ressalta, ainda, que Inglaterra deve passar por um período de alta da inflação, já que os produtos importados chegarão com taxas aduaneiras de 10 a 20% mais elevadas. "Também deve acontecer uma queda de competividade sobre os produtos ingleses enviados para a Europa", ressalta o professor da FGV.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: