Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

10/07/2019 - 07:41

Governo do Estado e Itamaraty vão trabalhar em conjunto para promoção do Rio no exterior


Com o objetivo de atrair mais investimentos e turistas internacionais para o Rio de Janeiro, o Governo do Estado, o Itamaraty e entidades ligadas ao Ministério das Relações Exteriores vão trabalhar na promoção do estado no exterior. No dia 09d e julho (terça-feira), o governador Wilson Witzel participou da primeira reunião com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, em Brasília.

Na ocasião, o governador apresentou dados do Banco Central, entre os anos de 2013 e 2019, que mostram que os brasileiros vêm gastando mais no exterior do que os estrangeiros no Brasil. Só no ano passado, esse déficit foi de R$ 12 bilhões.

— O Brasil recebe 6,5 milhões de turistas por ano. Desses, 2,3 milhões vão ao Rio de Janeiro. Perto do potencial brasileiro, esses números são pequenos. Para reverter esse quadro, precisamos trazer mais turistas para o estado, porta de entrada do Brasil. Estabelecemos hoje o diálogo com o Itamaraty para que estejamos conectados e trabalhando em sinergia com foco em promover o Rio de Janeiro no exterior — afirmou o governador.

A reunião deu ênfase ao mercado norte-americano. De acordo com secretário de Estado de Turismo, Otavio Leite, 54 milhões de americanos viajam todos os anos para fora dos Estados Unidos, mas apenas 1% desses turistas vem ao Brasil.

— A boa notícia é que o fim da obrigatoriedade de visto para cá gera a oportunidade de ampliar o número de americanos no Brasil — destacou Otavio Leite, que reafirmou o compromisso do Governo do Estado de dobrar o número de turistas no Rio de Janeiro e chegar até cerca de 4 milhões até 2022.

Também participou da reunião o secretário de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais, Lucas Tristão.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: