Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/06/2019 - 09:16

Quedas em pessoas acima de 40 anos e os perigos ocultos

As quedas podem trazer problemas nem sempre aparentes. Muitas vezes acidentes como cair de um banco, escada ou mesmo um simples tropec?o, pode levar a leso?es com mais freque?ncia do que se imagina. Quando se tem muita dor no brac?o ou ombro e? comum ir ao me?dico porque ja? e? mais evidente que algo esta? errado. Mas o perigo pode estar quando a dor na?o e? tanta, onde o mais comum é pensar: “acho que na?o foi nada”.

Com o avanc?ar da idade, algumas leso?es sa?o de fundamental importa?ncia na ortopedia. Apo?s uma queda, em pessoas que tem mais de 40 anos, sempre devemos estar atentos para leso?es nem sempre ta?o evidentes. O primeiro exame a ser realizado e? o raio-x. Uma fratura do osso do brac?o quando ele se junta a articulac?a?o do ombro ja? pode ser diagnosticada com esse simples exame.

Mulheres que apresentam algum grau de osteoporose esta?o mais susceti?veis a fraturas apo?s as quedas. Se na?o ha? fraturas no exame radiolo?gico, sempre devemos pensar em outro tipo de lesa?o quando o paciente tem persiste?ncia da dor ou tambe?m na?o consegue levantar o brac?o. Uma ruptura de um ou mais tendo?es do ombro e? frequente apo?s uma queda, mesmo que seja com baixo impacto como estar andando, tropec?ar e cair e as principais queixas dos pacientes no consulto?rio sa?o dor e perda da forc?a, na?o conseguindo mexer o brac?o de forma adequada. Exames como ecografia e principalmente a ressona?ncia magne?tica sa?o os indicados para diagno?sticar alterac?o?es e leso?es dos tendo?es.

Para as fraturas, o tratamento sem cirurgia e? muitas vezes suficiente, bastando usar tipoia por um peri?odo aproximado de 40 dias e fazer fisioterapia. Para as leso?es de tenda?o frequentemente e? indicada a cirurgia. Hoje em dia, faz-se com a te?cnica da artroscopia (cirurgia com cortes mi?nimos auxiliada por ca?mera de vi?deo), em que se reinsere o tenda?o ao osso, restaurando a anatomia original, permitindo que o paciente possa voltar a levantar o brac?o e, principalmente, tenha o ali?vio da dor.

A melhor forma de se prevenir leso?es como essas e? evitar acidentes, principalmente aqueles que ocorrem dentro de casa. Retirar tapetes soltos, na?o subir em cadeiras ou banquetas e ter iluminac?a?o adequada dos ambientes sa?o medidas simples e eficazes, fazendo com que diminua a freque?ncia de quedas e consequentemente de fraturas e leso?es tendinosas.

. Por: Dr. Vagner Messias, médico ortopedista especialista em ombro do Hospital VITA (Curitiba – PR)| Perfil — Hospital VITA - A primeira unidade da Rede VITA no Paraná foi inaugurada em março de 1996, no Bairro Alto, e a segunda em dezembro de 2004, no Batel. O VITA foi o primeiro hospital brasileiro a conquistar, no início de 2008, a Acreditação Internacional Canadense CCHSA (Canadian Council on Health Services Accreditation). A certificação de serviços de saúde avalia a excelência em gestão e, principalmente, a assistência segura ao paciente. Além disso, o VITA é um dos hospitais multiplicadores do Programa Brasileiro de Segurança do Paciente (PBSP). Ele visa disseminar e criar melhorias inovadoras de qualidade e segurança do paciente. Integra também o grupo de hospitais da Associação Nacional de Hospitais Privados – ANAHP. O VITA oferece atendimento 24 horas e é referência nas áreas de cardiologia, cirurgia geral, neurologia, cirurgia bariátrica, medicina de urgência, urologia, terapia intensiva, traumato-ortopedia e pediatria. Além disso, dispõe de um completo serviço de medicina esportiva, prestando atendimento a atletas de diversas modalidades; serviço de oncologia; Centro Médico e Centro de Diagnósticos. Para garantir um alto nível de qualidade nos serviços prestados aos pacientes, o VITA tem investido em ampliação da infraestrutura, tratamentos com equipes multidisciplinares, modernização dos equipamentos, humanização no atendimento, qualificação dos profissionais e segurança assistencial. | www.hospitalvita.com.br

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira