Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/05/2019 - 09:31

Nissan e.dams conquista melhor resultado na Fórmula E em Mônaco


A escuderia Nissan e.dams conquistou o melhor resultado da equipe no E-Prix de Mônaco, com seus dois carros terminando a prova entre os cinco primeiros colocados e Oliver Rowland subindo ao pódio.

Rowland ficou em segundo após terminar a prova apenas 0.201 de segundo atrás do vencedor da prova. Já Sébastien Buemi teve uma impressionante performance, cruzando a linha de chegada em quinto e contribuindo para aumentar a pontuação da equipe no ranking do campeonato.

A Nissan e.dams terminou o dia com 31 pontos - mais do que qualquer outra equipe no grid - na terceira corrida desta temporada realizada na Europa.

A Nissan está usando a Fórmula E para demonstrar a potência e performance de sua tecnologia de veículos elétricos, um dos principais componentes da visão Nissan Intelligent Mobility da empresa.

A Nissan ditou o ritmo da segunda sessão de testes neste sábado, com Buemi e Rowland passando para a sessão de Super Pole.

Rowland -— que ingressou na categoria nesta temporada — teve o melhor resultado entre os seis classificados para os tiros da Super Pole. Entretanto, devido a uma penalidade aplicada após a etapa de Paris, bem como uma punição aplicada a Mitch Evans nesta etapa de Mônaco, Rowland largou em terceiro. Seu companheiro de equipe Buemi largou em quinto, e ambos fizeram excelentes largadas.

Rowland ficou em segundo oito minutos antes do final da prova e passou o restante da disputa colado na traseira do então vencedor da prova, Jean-Eric Vergne. Apesar de estar a alguns centímetros de distância do líder da prova nos últimos instantes da corrida, o piloto britânico concluiu a prova de forma espetacular, terminando em segundo.

Buemi teve uma luta acirrada com Felipe Massa no início da prova, após partir para o ataque nas primeiras voltas. Pouco depois, adotou uma atitude defensiva para segurar sua posição até passar pela bandeira quadriculada - resistindo à grande pressão exercida por seus rivais, que vinham logo atrás.

“Não esperávamos que nosso conjunto de chassi e motor teria um resultado tão forte neste circuito, mas sair de Mônaco com uma pole position, um pódio e dois carros entre os cinco primeiros e ainda terminar com um resultado em pontos melhor do que qualquer outra equipe é fantástico”, comentou Michael Carcamo, diretor mundial de esportes a motor na Nissan.

“Tivemos uma etapa difícil em Paris. Por isso, dar a volta por cima em Mônaco é uma excelente recompensa para todos na equipe que trabalharam duro para melhorar nosso conjunto de chassi e motor para a etapa de Mônaco”.

Mais duas provas serão realizadas na Europa – em Berlim, na Alemanha, e em Berna, na Suíça – antes do final do campeonato, que termina com uma etapa dupla em julho, em Nova Iorque.

“A equipe fez excelentes entregas neste sábado e todos na equipe devem estar extremamente orgulhosos do resultado que conquistamos aqui em Mônaco”, disse Jean-Paul Driot, diretor da equipe Nissan e.dams.

“A cada fim de semana de prova, o nível da competição fica ainda mais forte e, por isso, o resultado de hoje é mais um passo importante em nosso objetivo de levar a Nissan e.dams ao degrau mais alto do pódio”.

O que os pilotos disseram: Oliver Rowland: “Paris foi decepcionante, por isso dar a volta por cima aqui - principalmente considerando a penalidade que tivemos no grid - foi uma grande recompensa. Hoje nossa performance foi resultado de uma boa gestão da energia e eu dei o máximo durante toda a corrida até cruzar a linha de chegada.

Para mim, foi uma questão de pesar a relação entre risco e recompensa nas últimas voltas. Provavelmente eu tive a chance de ultrapassar o Vergne por dentro ou por fora, mas, para nós, foi importante levar os pontos e o troféu para casa para ir mais além em Berlim.

Estou ansioso para chegar às próximas corridas porque estamos a cada dia mais fortes e isso nos deixa confiantes para o restante da temporada”.

Sébastien Buemi: “Tive uma difícil batalha aqui em Mônaco, mas a equipe teve um dia excelente no quesito pontuação. Fiz uma boa largada e estava logo atrás do Oliver, mas foi importante não fazer contato com meu companheiro de equipe. Usei muita energia no início da prova na batalha com o Felipe Massa e, depois disso, tive que me conter. Foi ainda mais difícil porque tive que me defender de investidas por dentro e essa não é a melhor posição para conseguir o melhor tempo de volta.

Próximo ao final da corrida consegui uma maior abertura e pude completar voltas melhores, então acho que hoje demos o nosso melhor. Minha volta na Super Pole foi um pouco decepcionante, por isso tive que batalhar ainda mais depois disso.”

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira