Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/03/2019 - 08:22

Março Amarelo

Cobasi realiza durante todo mês de março campanha para conscientizar tutores de pet sobre doença renal. Março amarelo terá destaque nas lojas físicas e site da Cobasi com materiais informativos.

São Paulo — No dia 10 de março comemora-se o Dia Mundial do Rim e por isso, durante todo o mês de março, realiza-se campanhas para prevenção de doenças renais, o março amarelo. A doença renal crônica é a principal causa de mortes para gatos acima de 5 anos e a terceira para cães da mesma idade. É uma doença silenciosa em que os tutores costumam perceber sintomas quando a função renal já está muito comprometida e por isso é importante uma campanha para conscientizar os donos dos pets.

Diante dessa necessidade de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento, a Cobasi irá dedicar todo mês de março para a conscientização dos problemas renais em gatos e cães. Todo os pontos de contato com o consumidor nas lojas físicas da Cobasi terão materiais falando sobre a campanha, serão wobblers, stoppers e faixas de gondola espalhadas por toda a loja. Além disso, os produtos para tratamento de patologias renais ficarão em destaque.

No e-commerce, www.cobasi.com.br, irá ao ar uma landing page da campanha com conteúdo em vídeo sobre as doenças renais com a participação da veterinária Cristiane Godoy, especialista em felinos, e destaques para produtos que podem auxiliar na prevenção da doença e no seu tratamento.

Este é o primeiro ano que a Cobasi realiza uma campanha focando no março amarelo que de acordo com a gerente de marketing, Daniela Bochi, “é importante para conscientizarmos os donos sobre as patologias renais, pois é uma das principais causas de óbito entre cães e gatos idosos. Por isso a Cobasi dará destaque em todos os pontos de contato com os clientes”. | www.cobasi.com.br/marco-amarelo

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: