Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/03/2019 - 07:56

Sedentarismo: o grande vilão do mundo moderno

De acordo com dados sobre inatividade física apresentados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2018, um em cada quatro adultos no mundo (23% da população) é sedentário. Para a mesma organização, é considerado um adulto sedentário, ou seja, aquele que pratica menos de 150 minutos de atividade física moderada por semana. Ou seja, nem meia hora diária de prática. O recomendável pela OMS é que esse total de tempo de atividades seja cumprido para você ser considerado fisicamente ativo, e isso não é tão difícil se você entender o real significado do termo atividade física e compará-lo a exercícios físicos ou mesmo esportes.

Atividade física é todo e qualquer movimento corporal voluntário, produzido pelos músculos esqueléticos, que resulta em um gasto de energia e calorias maior do que em repouso. Caminhar, pedalar, dançar e limpar a casa são alguns exemplos de atividades físicas. Já o exercício físico é toda atividade física realizada com organização, repetição e objetivo de melhoria ou aprimoramento em algum aspecto físico, como força, flexibilidade, coordenação motora ou equilíbrio. E, por último, a categoria mais complexa dessa cadeia é o esporte. Esta categoria engloba as duas anteriores, considerando que é a prática de exercícios físicos, porém acrescendo-se o fato de que, para ser considerado esporte, a prática deve ser sistematizada e metódica em termos de duração e intensidade, possuir regras e ser realizada com a finalidade de competição.

Sabe qual desses você precisa manter em dia para não ser sedentário? O primeiro! Somente atividades físicas. Não à toa, é celebrado todo dia 10 de março o Dia Nacional do Combate do Sedentarismo, focando em criar esse senso de urgência e a demanda na população para que saiam dessa condição o quanto antes, em favor de sua própria saúde. Pratique ao menos 150 minutos de atividade física por semana, ou seja, escolha algo que você goste e faça isso três vezes por semana, e você será uma pessoa fisicamente ativa!

Porque combater o sedentarismo — São diversos os prejuízos que podem ser originados do sedentarismo. Os principais riscos são relacionados à saúde dos próprios indivíduos, considerando que o sedentarismo está normalmente atrelado ao ganho de peso e percentual de gordura. Com isso, o corpo pode apresentar falta de força muscular, dor nas articulações, acúmulo de gordura abdominal e no interior das artérias. O aumento excessivo do peso por conta do sedentarismo pode até mesmo atingir a obesidade, além de causar um desequilíbrio no organismo, aumentando índices como colesterol e triglicerídios. Todos esses fatores, principalmente o sobrepeso e o excesso de gordura, estão intimamente relacionados com o desenvolvimento de doenças crônicas, como as cardiovasculares (infarto, AVC, hipertensão) e a diabetes.

Além disso, o custo para as empresas que têm colaboradores sedentários, por conta de todos os problemas de saúde que eles podem vir a desenvolver, é um dos mais altos do mundo no Brasil. No país, dois terços do que se gasta com saúde ainda é responsabilidade das empresas com suas políticas de planos de saúde e pagamento de licenças ou afastamentos por doenças. O custo com assistência médica subiu 19% entre 2016 e 2017 – passou de R$ 270,30 para R$ 321,58 por indivíduo por mês – o equivalente a 12,71% da folha de pagamento das empresas, de acordo com pesquisa da ABRH-Brasil (Associação Brasileira de Recursos Humanos) e ASAP (Aliança para Saúde Populacional). Por isso a importância da prevenção, que não entra nesses cálculos, mas traz resultados muito efetivos. Estímulo à prática de atividade física por parte da empresa é uma excelente opção para atingir um público maior. Colaboradores saudáveis e felizes representam menor taxa de adoecimento e consequente absenteísmo, melhorando os resultados, reduzindo os custos e aumentando o lucro das empresas

Existem diversas tecnologias hoje, principalmente aplicativos, que auxiliam neste processo de conscientização para uma vida mais saudável, com a prática de atividades físicas e alimentação adequada. Não deixe um hábito ruim prejudicar a sua saúde, vá em busca do seu melhor a cada dia.

. A GoGood é uma empresa de saúde digital corporativa focada em evitar o crescimento dos custos de saúde para organizações provenientes de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. Ao disponibilizar aplicativos e plataformas que ajudam colaboradores a reduzir fatores de risco à saúde - como sedentarismo e obesidade - e a mudarem seu estilo de vida, a GoGood atua na prevenção dessas doenças, aumentando também a produtividade dos colaboradores e melhorando o clima organizacional.

. Por: Bruno Rodrigues, CEO da GoGood.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira