Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/12/2018 - 07:45

O alumínio brasileiro é verde


O Brasil tem uma grande reserva de alumínio, a terceira maior do planeta, com 2,6 milhões de toneladas. É o décimo primeiro produtor de alumínio primário e o terceiro produtor de bauxita – mineral usado para fabricação do Alumínio, atrás apenas da Austrália e China; segundo a Associação Brasileira do Alumínio (Abal). Com tamanho destaque no setor, somos referência mundial não só na produção, mas na sustentabilidade.

O nosso alumínio é produzido a partir de hidroeletricidade, uma fonte de energia limpa e renovável, o que diminui consideravelmente as emissões atmosféricas. Somando ainda o fato de o Brasil ter um dos maiores índices de reciclagem do metal no mundo, isso faz com que o alumínio produzido aqui tenha uma pegada de carbono menor que os de outros países, que, quase sempre, tem alumínio produzido a partir de fontes fosseis.

Como divulgado na última semana, de um total de 303,9 mil toneladas de latas de alumínio para bebidas, 295,8 mil toneladas foram recolhidas e recicladas em 2017, um índice de reaproveitamento de 97,3%. A nova marca foi mais uma vez acima dos 90% e garantiu a manutenção do país entre os líderes mundiais de reciclagem.

A reciclagem das latinhas de alumínio gera a redução de uso de energia e o consumo de recursos naturais não renováveis, como a bauxita. Além disso, as latas recicladas usam apenas 5% da energia que seria utilizada na produção da mesma quantidade de alumínio primário, e reduz em 95% a emissão de gases de efeito estufa.

Milhares de empregos são gerados por todo país para catadores de materiais recicláveis. Somente na etapa da coleta da latinha, R$ 1,2 bilhão foram injetados diretamente na economia brasileira em 2017, segundo a Abralatas. A indústria do alumínio é fundamental para a economia brasileira. Em 2017, entre empregos diretos e indiretos, o setor gerou 414.877 oportunidades. O faturamento no ano passado foi de 65,4 bilhões, segundo a Abal.

Saber que fechamos o ano de 2018 mantendo nosso lugar no pódio – que temos há mais de 10 anos – me mostra que estamos no caminho certo. Alinhados com o meio ambiente, pensando não apenas na economia, mas principalmente no planeta melhor que podemos deixar para as próximas gerações.

. Por: Benjamin Sanossian, integrante da comunidade da indústria do alumínio, Benjamin Sanossian é diretor há 32 anos de uma das mais tradicionais fábricas nacionais do setor, a Alumínio Globo. Sanossian é graduado em Administração de empresas pela FMU e possui larga expertise em gestão executiva de empresas de grande porte.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira