Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

28/10/2017 - 09:55

Saab teve crescimento nos 9M17: e espera terminar o ano com alta na receita em 5%

A empresa de defesa e segurança Saab apresentou seus resultados referentes ao período de janeiro a setembro de 2017.

Foco na eficiência — “No mundo todo, observamos um aumento dos gastos com defesa, além de maiores investimentos em segurança civil. Em tempos de cenários marcados por ameaças complexas, fica claro que a fronteira entre o que era tradicionalmente considerado uma ameaça militar ou civil aos poucos deixa de existir. A demanda pelas capacidades da Saab de integração de sistemas, sensores e segurança cibernética tem, consequentemente, aumentado”, diz o presidente e CEO, Håkan Buskhe, em mensagem.

Empreendimentos internacionais — “No terceiro trimestre, anunciamos — ao lado do grupo indiano Adani — um plano de colaboração em tecnologia aeroespacial e defesa. A colaboração está alinhada à iniciativa “Fabrique na Índia” do governo do país e poderá incluir o projeto, desenvolvimento e produção de caças Gripen, e outros produtos de alta tecnologia. Anunciamos ainda o plano de estabelecer capacidades de fabricação da aeronave de treinamento T-X nos EUA, caso a Boeing e a Saab venham a vencer a concorrência para esta aeronave naquele país.

Novos pedidos — Nos primeiros nove meses do ano, o volume de novos pedidos cresceu MSEK 24.255 (14.960). Recebemos pedidos importantes em diversas áreas, incluindo dois pedidos de vigilância aérea e um da próxima geração do Sistema de Arma Leve Anticarro (ALAC) pelo Exército Suíço. Já a Suécia encomendou o desenvolvimento e a produção da próxima geração de mísseis antinavio, a modificação e atualização das corvetas classe Gävle, um novo navio de coleta de informações de inteligência (SIGINT), além da continuidade do suporte e manutenção do Gripen C/D.

No período, recebemos diversos pedidos pequenos e médios, entre eles a extensão por três anos do contrato com o Ministério da Defesa do Reino Unido para o fornecimento de Simuladores de Engajamento Tático (TES). Em parceria com a Lockheed Martin, recebemos ainda o pedido de um sistema de treinamento para o exército norte-americano.

Ao final do período, a carteira de pedidos atingiu MSEK 109.406.

Aumento das vendas — As receitas com vendas tiveram aumento de 10% em relação ao mesmo período de 2016. Diversas áreas de negócios registraram forte crescimento no período.

A receita operacional atingiu MSEK 1.273 (837), acompanhada de margem operacional de 5,9% (4,3%). A melhora da margem operacional deve-se principalmente à maior receita contribuída pela área de negócios Dynamics e ao maior nível de atividade relacionado aos sistemas de vigilância aérea e operações de apoio. Seguimos focados em aumentar a eficiência das operações.

O fluxo de caixa operacional atingiu MSEK -758 (1.922), em linha com a nossa expectativa, após registrarmos fortes fluxos de caixa positivos em 2016, devido aos avanços importantes nos projetos e pagamentos de parcelas que não se repetiram neste período, embora o nível de atividade tenha permanecido elevado.

O lucro diluído por ação foi de SEK 8,29 (4,76).

Austrália — No início de outubro, a Saab foi contatada pelo governo australiano para fornecer a interface tática da frota de nove fragatas Future da Marinha Real Australiana. A Saab foi ainda escolhida como fornecedora do Sistema de Gestão de Combate 9LV do futuro programa, que inclui embarcações de patrulha marítima.

Projeção para 2017 — Em 2017, esperamos crescimento da receita acima do objetivo financeiro de longo prazo da Saab, que é de crescimento orgânico anual da receita de 5%.

Esperamos também aumento da margem operacional, excluindo itens não recorrentes relevantes, quando comparado a 2016, dando assim mais um passo em direção ao objetivo financeiro da companhia, que é de alcançar margem operacional de 10%”, conclui.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira