Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

06/09/2017 - 05:35

Professor da FGV analisa tensão EUA X Coreia do Norte

Para o professor de Negociação e Resolução de Conflitos da Fundação Getulio Vargas (FGV), Yann Duzert, os Estados Unidos devem tentar conseguir a todo custo o apoio da China e da Rússia para evitar um conflito com a Coreia do Norte. De acordo com ele, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump deve aumentar as sanções e procurar aliados para desmantelar o programa de armas nucleares e mísseis balísticos como foi feito com o Irã.

"Os Estados Unidos já descartaram negociar diretamente com o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un. O que Trump deve cobrar é um apoio efetivo da China e da Rússia nas negociações das tensões. Um conflito na região não seria bom para nenhum dos dois países", analisa Yann Duzert.

O professor da FGV diz que Pequim é a razão de sobrevivência do regime norte-coreano, na política e na economia, por ser o destino preferencial de suas magras exportações é o principal fornecedor de petróleo a Kim. "A China sabe que uma guerra pode causar uma possível imigração de norte-coreanos para o seu território", destaca o especialista em Negociação e Resolução de Conflitos.

Yann Duzert afirma também que a Rússia, antiga protetora do país de Kim Jong-un, não deseja ver uma Coreia unificada e aliada aos Estados Unidos junto a sua fronteira. "Já a Coreia do Sul não deseja sofrer os efeitos de uma guerra. O mesmo acontece com o Japão", esclarece o especialista.

Questionado sobre um possível conflito, Yann Duzert ressalta que é impossível afirmar o que vai acontecer. Segundo ele, o perfil do líder norte-coreano e o de Donald Trump são bem difíceis de ser avaliados. "Qualquer acidente pode desencadear um conflito bélico", sugere o professor da FGV.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira