Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/08/2017 - 07:25

GBC Brasil lança certificação para edificações autossuficientes em energia

A iniciativa estimula construções que consigam reunir a eficiência energética com geração de energia renovável.

O Green Building Council Brasil (GBC Brasil), entidade que completa dez anos de atuação em prol às edificações sustentáveis no país, lançará a Certificação Zero Energy Building para as edificações que comprovarem que o consumo de energia local de sua operação anual é zerado por uma combinação de alta eficiência energética e da geração de energia por fontes renováveis.

A ferramenta de certificação foi desenvolvida no Brasil por um Comitê altamente técnico e ainda sofrerá colaborações de todo o mercado, uma vez que o GBC Brasil a disponibilizará para consulta pública. Como premissa de desenvolvimento foi assegurada a participação de todos os tipos e padrões de edificações existentes no Brasil, sem a necessidade de grandes investimentos financeiros para isso. “Há total viabilidade econômica e estaremos premiando os melhores do mercado que atuam com excelência no planejamento, conceituação integrada de projeto, comunicação entre equipes, automação, tecnologia, estímulo a energias renováveis, conscientização dos ocupantes e excelência na operação predial. Já temos projetos diversos registrados no Brasil, casas, prédio residencial, creche pública, prédio comercial, centro de pesquisas e outros.”, afirma Felipe Faria, diretor executivo do GBC Brasil e presidente Regional da Rede das Américas.

Os quesitos para a certificação estão nas ações para maximizar a eficiência energética, a geração de energia renovável no local ou remoto (on-site ou off-site) e a compra de Certificados de Energia Renovável (REC), que comprovam a natureza da energia que a edificação utiliza.

A Certificação Zero Energy Building é uma ferramenta que se aplica em todo o território brasileiro já considerando todas às variáveis regionais. Apresenta critérios específicos e definidos, garante a viabilidade técnica e financeira, além da transparência na avaliação, a partir de indicadores claros e de auditoria externa.

Antes mesmo do lançamento oficial da certificação, o GBC Brasil já registrou 12 projetos pioneiros que buscam a certificação GBC Net Zero nos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais e Mato Grosso. São eles: . CICS – Centro de Inovação em Construção Sustentável – USP | . Sede RAC Engenharia – Curitiba – PR | . Creche Municipal Hassis – Florianópolis – SC | . Sede Sinduscon PR – Curitiba – PR | . Casa do Futuro – Atibaia – SP | . Catuçaba – São Luiz do Paraitinga – SP | . Montage Botafogo – Campinas – SP | . Escritório Advocacia De Paola & Panasolo - Curitiba – PR | . Casa Mão Verde – Piracicaba – SP | . Lar Verde Lar – Governador Valadares – MG | . Sede Sebrae MT – Cuiabá – MT | . Geonergia - Tamboara – PR.

Iniciativa mundial — Depois do Canadá, o Brasil é o segundo país a implementar essa certificação para o setor de construção, tornando-se um exemplo para os demais países. A iniciativa é do World Green Building Council, que tem por objetivo acelerar a geração de energia por fontes renováveis, o conceito de geração distribuída e fomentar grandes avanços no que tange a eficiência energética. Estudos apresentados e discutidos durante o COP Paris mostram que estas ações, atingindo a meta de garantir a autossuficiência energética das novas edificações até 2030, e em um segundo momento, todas até 2050, garantem a reduções das 84 GTon de emissões, o suficiente para manter o aquecimento em até 1,5ºC. Assim, referida iniciativa faz parte dos compromissos firmados pelos Green Building Councils visando garantir o cumprimento das metas climáticas.

Para atingir esses números, o projeto foi proposto para 10 unidades do Green Building Council no mundo. Em maio de 2017, o Canadá foi o primeiro deles a lançar sua certificação e agora é a vez do Brasil.

Terri Wills, CEO do World Green Building Council, afirma que, como um dos maiores mercados de construção do mundo, o Brasil tem um papel vital a desempenhar na redução das emissões de carbono dos edifícios. "Ao lançar o seu Zero Energy Standard, o país confirma que as metas são alcançáveis hoje e oferece ferramentas necessárias para que os empreendedores da construção civil atuem dentro do conceito de Net Zero Energy Building”, afirma a executiva. E completa: “É somente por meio de um exemplo representativo como esse que garantiremos que o setor de construção possa cumprir o Acordo de Paris e ajudar a evitar os piores impactos das mudanças climáticas".

A nova certificação será lançada na 8ª Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo, o principal evento de construção sustentável da América Latina, que será realizado entre os dias 8 e 10 de agosto, em São Paulo. Na ocasião, estarão presentes os representantes do World GBC, participantes do Comitê Técnico de criação da ferramenta, bem como os empreendedores responsáveis pelos 12 projetos pioneiros registrados no Brasil.

O evento se destina aos profissionais de áreas como arquitetura, engenharia, design, associações e instituições socioambientais, desenvolvimentos sustentável, habitação de interesse popular, planejamento urbano, entidades governamentais e outros. Este ano, contará com mais de 70 Sessões Educacionais (palestras de todos os níveis técnicos), além da exposição de soluções sustentáveis e novas tecnologias, ações e atividades de engajamento e visitas técnicas em edifícios de destaque no mercado e de eventos de networking.

Em sua última edição, em 2016, a feira recebeu mais de 14 mil visitantes brasileiros e estrangeiros, 1400 congressistas, 135 palestrantes nacionais e internacionais, e 50 expositores e patrocinadores. Para 2017, a organização está preparando um evento ainda maior e espera receber mais de 20 mil visitantes.

. Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo 2017, de 8 a 10 de agosto de 201, na São Paulo Expo, Rod. dos Imigrantes, 1, Parque do Estado, São Paulo. Informações e credenciamento pelo site: http://expogbcbrasil.org.br.

O Green Building Council é uma organização sem fins lucrativos, presente em 80 países e com certificações em 165 países, com a missão de transformar a indústria da construção civil e a cultura da sociedade em direção à sustentabilidade. O GBC Brasil atua para desenvolver a indústria da construção sustentável no país, utilizando as forças de mercado para conduzir a adoção de práticas de green building em um processo integrado de concepção, implantação, construção e operação de edificações e espaços construídos, contribuindo para garantir o equilíbrio entre desenvolvimento econômico, impactos socioambientais e uso de recursos naturais, visando a melhoria da qualidade de vida e bem-estar da atual e das futuras gerações. Suas atividades são focadas em capacitação profissional, disseminação de informações, relações governamentais e promoção das certificações LEED e Referencial GBC Brasil Casa.

Sobre o mercado de construções verdes no Brasil — O mercado de construções verdes no Brasil tem se consolidado nos últimos 10 anos, com o engajamento de toda a cadeia produtiva da construção civil, que envolve construtoras, arquitetos, fornecedores de produtos e serviços, entre outros players desse mercado. Em um ranking de 165 países onde a certificação para construções verdes LEED (Leadership in Energy and Environmental Design ou Liderança em Energia e Projeto Ambiental) se faz presente, o Brasil ocupa a 4ª posição com 1.230 projetos registrados e destes, 423 certificados (LEED) e 43 projetos registrados e destes, 3 certificados (CASA). Em 2016, mesmo diante de aspectos pessimistas do ponto de vista econômico e político do país, a construção sustentável apresentou outra realidade, com um dos melhores desempenhos em termos de novos projetos registrados buscando uma certificação. Foram 205 projetos novos (LEED e Casa), sendo que o recorde é de 2012 (209), segundo o Green Building Council Brasil (GBC Brasil).

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: