Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

28/07/2017 - 07:50

Servidores recebem Treinamento de combate à pirataria na Alfândega do Porto de Paranaguá - PR

Guilherme Adriano da Fonseca Ferreira, advogado do escritório Dannemann Siemsen, palestra na sessão de treinamento para 20 servidores da equipe de Repressão e Fiscalização da Receita Federal no Porto de Paranaguá, no dia 28 de julho de 2017(sexta-feira), às 09h, no Auditório da Alfândega do Porto de Paranaguá – PR, Av. Cel. José Lobo 2300, Paranaguá, PR.

O treinamento tem como objetivo auxiliar na identificação de produtos contrafeitos de marcas representadas pelo Escritório.

"Durante o treinamento, passaremos noções de Propriedade Industrial ao público, dados sobre os malefícios causados pela falsificação de produtos e possíveis soluções para o melhor combate à contrafação. Também passaremos informações de como identificar produtos contrafeitos de Marcas representadas pelo escritório, de modo prático e exemplificando com casos vivenciados durante as nossas atividades de rotina, no intuito de auxiliar a Administração Pública nas ações preventivas e de repressão à pirataria", afirmou Ferreira.

A Interpol define a pirataria como um dos delitos que geram mais lucros indevidos no mundo, movimentando cerca de 520 bilhões de dólares por ano, superando até o tráfico de drogas, que movimenta cerca de 360 bilhões de dólares por ano.

O treinamento acontecerá na região, pois o Porto de Paranaguá fechou os primeiros seis meses de 2017 com a maior movimentação de toda a sua história para o período. Ao todo, foram 25 milhões de toneladas movimentadas, uma marca 3,3% superior ao antigo recorde, alcançado no ano passado, quando foram operadas 24,2 milhões de toneladas de cargas. Os recordes atingidos pelo Porto são resultado do maior pacote de investimentos já realizado no terminal. São R$ 624 milhões investidos desde 2011.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: