Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

26/07/2017 - 08:28

XI Semana Nacional da Segurança/ Campanha de Uso Consciente de Energia Elétrica

Cai o índice de acidentes da população com a rede elétrica na área de concessão da Light

Campanha foca nos desafios de reduzir as ocorrências entre as principais causas de mortes por contato com a rede: construção e manutenção predial e ligação elétrica clandestina.

A Light participa da XI Semana Nacional da Segurança / Campanha de Uso Consciente de Energia Elétrica, promovida pela Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) até domingo (30 de julho), a fim de conscientizar os consumidores sobre como utilizar a energia de forma segura.

As distribuidoras montaram uma força-tarefa em suas áreas de concessão, com divulgação de informações nas contas de luz, palestras educativas em escolas e canteiros de obras. Também serão veiculados spots de rádio, anúncios na mídia, divulgação nas redes sociais e sites, distribuição de cartilhas e folhetos explicativos com dicas de prevenção de acidentes.

O número total de acidentes entre a população brasileira envolvendo a rede de energia elétrica vem caindo nos últimos anos. Desde que começou a fazer o monitoramento, em 2001, a Abradee revela queda gradual, ano a ano, atingindo 26%. O percentual de ocorrências de maior gravidade, com episódios fatais, caiu mais ainda: 37% nos últimos 16 anos, sendo que, só do ano passado pra cá, a redução foi de 9%. A menor taxa de incidências revela o resultado das campanhas de conscientização que as distribuidoras têm feito junto à população, com o reforço em ações focais direcionadas às principais causas. Este ano, a Semana Nacional da Segurança pretende alcançar cerca de 206 milhões de pessoas em todo o País, com a adesão das 47 empresas associadas à Abradee, o que corresponde a praticamente todo o país.

Dados do levantamento — No total, foram registrados pelas distribuidoras 773 acidentes em todo o País no último ano (7 a menos do que em 2015). Destes, 240 foram de maior gravidade, em situações que ocasionaram a morte das vítimas (no ano anterior, haviam sido registrados 23 casos a mais). As distribuidoras apontaram na pesquisa 14 tipos diferentes de ocorrências provocadas pelo contato das pessoas com a fiação elétrica, além dos cinco principais já mencionados acima.

Assim como nos anos anteriores, o principal responsável pelas mortes ocasionadas pelo contato com a rede de energia é a construção/manutenção predial, com 33% dos casos no último ano. Neste caso, as situações mais comuns ocorrem em obras residenciais informais, os ditos “puxadinhos”. Nos últimos oito anos (2009 a 2016) 699 pessoas morreram em situações como esta.

Já as ligações elétricas clandestinas, o famoso “gato”, são a segunda maior causa de mortes em acidentes com a rede. O segundo lugar nesta lista também revela a recorrência deste tipo de acidente, tendo em vista que nos anos anteriores, embora com um número menor, também figurava na mesma posição. De 2009 a 2016, período de 8 anos, 271 pessoas morreram por contato com os fios ao tentar fazer as ligações clandestinas.

No mesmo período, foram registradas 134 mortes por conta do contato das vítimas com a fiação enquanto instalavam antena de TV; 113 pessoas morreram enquanto faziam poda de árvores, e 57 enquanto empinavam pipa.

Em relação aos acidentes fatais, entre 2015 e 2016, dentro das situações abrangidas pela campanha, foram registrados 80 casos motivados por construção/manutenção predial; 20 por ligação elétrica clandestina; 13 pode poda de árvore; 8 em instalações de antena de TV; e 5 em brincadeiras de empinar pipa.

Light — Especificamente na área de concessão da Light, que abrange 31 municípios no Estado do Rio de Janeiro, foram 38 acidentes em 2016, sendo 19 relacionados à construção/manutenção predial e dois às ligações elétricas clandestinas, o famoso “gato”.

Em relação aos acidentes fatais, em 2016, os principais fatores foram: sete casos motivados por construção/manutenção predial, dois por ligação elétrica clandestina e um em brincadeiras de empinar pipa.

Principais dicas da campanha — Antena de TV: ao instalar ou consertar antenas, cuidado com a rede elétrica. Escolha um lugar afastado dos fios, observando quando o tempo estiver bom, sem chuva. Caso a antena caia na fiação, nunca tente segurá?la ou recuperá?la.

Área Rural: mantenha distância da rede elétrica ao usar máquinas agrícolas. Esteja sempre atento para evitar acidentes com máquinas agrícolas movimentadas próximas da rede elétrica. E nunca faça queimadas, nem deixe a vegetação chegar perto dos fios e postes.

Poda de árvores: nunca faça poda de árvores que estiverem próximas ou em contato com as redes elétricas. Entre em contanto com a prefeitura de sua cidade e solicite o serviço. A poda de árvores é um serviço que deve ser realizado somente por profissionais preparados e qualificados.

Pipas: sempre empine pipas em locais abertos e afastados da rede elétrica. Jamais use fios metálicos ou cerol, e caso a pipa fique presa, não tente resgatá?la. Estas orientações devem ser reforçadas junto às crianças.

Construção ou Manutenção Predial: ao construir ou reformar, mantenha uma distância segura da rede elétrica, principalmente ao movimentar materiais metálicos, como barras de ferro e arames. Consulte sempre um profissional capacitado para este tipo de serviço ou a sua distribuidora.

Ligação Clandestina (Gato): ligações da rede elétrica, somente pelo eletricista de sua distribuidora de energia. Furtar energia é muito perigoso. Além de ser um crime, provoca acidentes e coloca vidas em risco.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: