Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/06/2017 - 06:23

Marcelo Hodge Crivella toma posse de dois cargos na ONU


Coordenador Regional do Rio de Janeiro e consultor internacional.

Aos 32 anos de idade, o empreendedor da área de tecnologia criativa e games é o primeiro brasileiro a tomar posse em dois cargos da ONU. Ele irá representar o Brasil nas Nações Unidas no programa de prevenção do crime e tratamento do delinquente.

Além do cargo de consultor internacional da ONU, Marcelo Hodge Crivella também asumiu a função de coordenador regional do Rio de Janeiro para o acompanhamento do projeto da criação da primeira Universidade Mundial de Segurança e Desenvolvimento Social das Nações Unidas, que deverá ter sede em Brasília e um campos na capital carioca.

Perfil — Em junho 2017 Marcelo Hodge Crivella tomou posse como consultor internacional das Organização das Nações Unidas(ONU). Aos 32 anos, foi o primeiro brasileiro a ocupar esse cargo na América Latina e vai representar o país no Coplad, programa do Instituto Latino-Americano da Organização para Prevenção do Crime e Tratamento do Delinquente (ILANUD) com sede em São José, Costa Rica, composto por representantes dos 19 países da América Latina.

Durante o ato de nomeação, Marcelo Hodge Crivella afirmou estar empenhado no novo desafio. “Estou extremamente honrado e feliz com essa nomeação. Uma organização que tem uma missão tão nobre, que encara temas tão complexos e difíceis. Espero contribuir muito”, disse.

De acordo com o secretário-executivo do Coplad, Eduardo César Leite, um dos motivos que levou Marcelo Hodge Crivella a ser selecionado para o cargo foi a percepção humanitária que ele traz na condição de sua larga experiência profissinal na iniciativa privada.

Atuou como diretor de empresas globais da área de games e tecnologia criativa, mas foi nos últimos anos que intensificou sua dedicação às causas sociais. Empenhou em ampliar a venda e a produção da multinacional Storyville, garantindo o aumento do repasse de verbas da empresa para um fundo que contribui para o combate do tráfico humano.

O secretário-executivo reforçou ainda a importância da nomeação do Marcelo Hodge Crivella para dois cargos. “Para minha surpresa, além de consultor internacional da ONU, o Marcelo ganhou mais uma função: a de coordenar o evento em 2019 no Rio de Janeiro para aprovar o relatório da América Latina que envolve 19 países na questão de prevenção de crimes, tratando a questão dos refugiados, pobreza e misérias”.

Entre as várias atribuições, o coordenador regional do Rio de Janeiro será responsável pelo acompanhamento do projeto da criação da primeira Universidade Mundial de Segurança e Desenvolvimento Social das Nações Unidas.

O novo espaço de conhecimento deverá ter sede em Brasília, com um campus no Rio de Janeiro, que tratará sobre cidadania e direitos humanos, e outro em Belém, que terá como base a proteção ambiental e progresso sustentável.

Marcelo H. Crivella — O Jovem empreendedor é formado em psicologia na Biola University, na Califórnia. Especializou-se em gestão e planejamento com o Mestrado em Inovação, tecnologia e empreendedorismo da Oxford Brookes University.

Aos 32 anos de idade, acumula larga experiência profissional na iniciativa privada, com cargos de gerência e diretoria em empresas como a Frost & Sullivan, Rede Record, Escola de artes digitais e games RedeZero e Storyville Coffee Company.

Nos últimos anos se dedicou às causas sociais. Empenhou em ampliar a venda e a produção da Storyville, garantindo o aumento do repasse de verbas da empresa para um fundo que contribui para o combate do tráfico humano.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira