Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

18/03/2017 - 10:45

Governo arrecada R$ 1,46 bi lhões com a concessão de quatro aeroportos


Valor representa um ágio de 93,75% em relação ao valor mínimo de R$ 745 milhões. Os ágios mais a oferta mínima de 25% serão pagos à vista pelos vencedores na assinatura de contrato, previsto para 28 de julho,

O Governo Federal arrecadou R$ 1,46 bilhões com o leilão dos aeroportos de Fortaleza (CE), Salvador (BA), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS), realizado no dia 16 de março (quinta-feira), na BM&FBovespa, em São Paulo. O valor representa um ágio de 93,75% em relação aos R$ 745 milhões previstos como oferta mínima para os quatro terminais. Os consórcios vencedores foram: Fraport AG Frankfurt Airport Services (Fortaleza e Porto Alegre), Vinci Airport (Salvador) e Zurich (Florianópolis).

Somado o montante de R$ 1,46 bilhão de ágio com a outorga fixa anual, o governo arrecadará R$ 3,7 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão. Apenas Porto Alegre terá prazo de 25 anos de concessão. Os demais terão 30 anos.

“O leilão foi um tremendo sucesso, quase 100% de ágio para os quatro aeroportos. Isso demonstra duas coisas: que o governo trabalha corretamente e o interesse nos ativos brasileiros”, comemorou o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella.

O maior ágio foi do consórcio Fraport, 852%, para o Aeroporto Internacional de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O grupo formado fez uma oferta de R$ 290,5 milhões, o valor mínimo era de R$ 30,5 milhões. Os investimentos estimados para o terminal são de R$ 1,902 bilhão.

Em seguida foi o grupo VINCI, com ágio de 113,25%, para o Aeroporto Internacional de Salvador, na Bahia. O consórcio deu um lance de R$ R$ 660,9, a oferta mínima era de R$ 309,9. Para a melhoria da infraestrutura devem ser investidos R$ 2,35 bilhões.

O Aeroporto Internacional de Florianópolis, em Santa Catarina, teve o terceiro maior ágio, 58,02%. Foi arrematado pelo grupo Zurich, que fez uma oferta de R$ 83,3. O lance mínimo era de R$ 52,7. Já os investimentos previstos para esse terminal são de R$ 960,7 milhões.

Por último, foi o Aeroporto Internacional de Fortaleza, no Ceará, com ágio de 17,98%. A Fraport fez uma proposta de R$ 425 milhões, o valor mínimo era de R$ 360,2 milhões. Para o aeródromo são estimados R$ 1,4 bilhão em investimentos.

Os valores arrecadados no leilão (oferta mínima de 25% mais os ágios) serão pagos à vista pelos vencedores no ato de assinatura de contrato, previsto para 28 de julho. Esses recursos serão destinados ao Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), que é uma verba exclusiva do setor e serve para realizar investimentos na área de aviação civil.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira