Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

18/02/2017 - 08:30

Carnaval de Rua no Rio de Janeiro

A alegria do Carnaval já tomou conta da cidade e os foliões podem preparar as fantasias para acompanhar os 115 blocos que vão invadir as ruas de todas as regiões do Rio, neste fim de semana. É esperado um púbico de um milhão de pessoas para "brincar" na folia carioca.

No dia 17 de fevereiro (sexta-feira), foram seis blocos desfilando seus enredos, tornando a “hora feliz” mais animada. Na Urca, Zona Norte, É o Bicho Folia, em Irajá e Se Deixar Eu Boto, na Pavuna. No Centro, o público se divertiu com os blocos É Pequeno Mas Vai Crescer, Molha o Pé das Oito e o Badalo de Santa Teresa, que reuniu três mil foliões no Largo das Neves.

Para quem gosta de acordar cedo, a diversão, sábado (18/2), será por conta do Céu na Terra, em Santa Teresa, com seu esquenta a partir das 8h, no Largo das Neves. Seguindo para a Zona Sul, às 10h, em Copacabana, o Bloco dos Mendigos e no Leblon, Imaginô? Agora Amassa! Em Laranjeiras, o Xupa Mas Não Baba e no Leme, o Bloco Brasil, ambos às 14h. Em Ipanema, o Simpatia é Quase Amor, com um público estimado em 100 mil pessoas, começa a folia às 16h. Na Barra, o batuque é com o estreante Bloco D’Samba, às 12h e em Jacarepaguá, a Banda do Pechincha e o Parei de Beber, Não de Mentir, em Curicica. Na Ilha do Governador o clima de carnaval ficará por conta do Ilha Encosta que Ele Cresce, com cerca de 10 mil integrantes, segundo os organizadores do bloco. Na Tijuca, às 18h, a Banda Haddock, promete arrastar 8 mil foliões pelas ruas do bairro e em Paquetá, o Carnaval será na Praça São Roque com o Pérola da Guanabara.

Ainda no sábado, o Bloco da Areia fará uma homenagem especial aos garis da Comlurb com muita música e brindes especiais. O “evento” será na Rua Dias Ferreira, entre a Bartolomeu Mitre e a Rua General Urquiza, no Leblon.

O Cordão do Boitatá abre o domingo carnavalesco, às 9h, com seu cortejo da Avenida Henrique Valadares até a Praça Tiradentes, no Centro. Em seguida, às 9h30min, o Fogo e Paixão invade o Largo de São Francisco, no Centro e a Rua Primeiro de Março será a passarela do Bloco da Preta, com desfile a partir das 10h. Na orla de Copacabana, cerca de 100 mil foliões são esperados para seguir o Chora Me Liga, às 10h e no Jardim Botânico, o Suvaco de Cristo. Na Barra, a folia acontece no período da tarde, às 15h, com os integrantes da Banda da Barra. No mesmo horário, os Timoneiros da Viola vão sacudir o bairro de Madureira. Na Zona Oeste, em Padre Miguel, o Tamo Junto in Folia estima levar a alegria a 50 mil pessoas, a partir das 16h.

A Coordenação de Controle Urbano (CCU) e a Guarda Municipal atuarão em conjunto para coibir a presença de ambulantes não autorizados. A CCU tem um efetivo de mais de 60 fiscais nas ruas para coordenar as ações de ordenamento urbano, além de lavrar os autos de apreensões e destinar o material ao depósito público.

Desde a abertura do Carnaval de rua, foram apreendidos cerca de 1.600 itens, como bebidas alcoólicas, bebidas não-alcoólicas, botijões de gás, credenciais e jalecos de ambulantes com autorização vencida, caixas térmicas, carrinhos de mercado e carroças de churrasco.

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro vai atuar com 1.936 guardas, sendo 1.325 no patrulhamento em geral e 611 no controle do trânsito para o apoio aos blocos de carnaval que desfilam de 16 a 19 de fevereiro na cidade. Os guardas de trânsito estarão empenhados nos pontos de bloqueios definidos pela CET-Rio em cada região para garantir a fluidez do tráfego. O planejamento operacional foi elaborado com base na expectativa de público e no impacto que as manifestações populares causam na cidade.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) prosseguirá com as operações que visam coibir o estacionamento irregular e melhorar a mobilidade nas áreas mais procuradas por foliões. Com o apoio da Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) e 21 reboques por dia, a Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer, da Seop) inicia às 18h desta sexta-feira, a atuação no entorno do Sambódromo que vai até domingo, 19, último dia de ensaios técnicos. No fim de semana, a Cfer atuará também em áreas de blocos com maior concentração de público, no Boulevard Olímpico e na orla das Zonas Sul e Oeste, envolvendo 15 dos 21 reboques. Os outros seis são exclusivos para a área do Sambódromo, incluindo o Terreirão do Samba.

O planejamento operacional da Seop para as áreas de blocos começa no sábado às 7h, com o bloco Céu na Terra, no Largo dos Guimarães, em Santa Teresa. A equipe percorrerá os blocos Imaginô? Agora Amassa (Leblon); Bloco D’Samba (Barra); Banda do Pechincha (Pechincha); Xupa, Mas Não Baba (Laranjeiras); Bloco Brasil (Leme); Simpatia É Quase Amor (Ipanema); Banda da Haddock (Tijuca); e Encosta Que Ele Cresce (Ilha do Governador), terminando os trabalhos às 19h.

A Comlurb continuará com a logística especial para a limpeza das ruas nos dias 17,18 e 19 de fevereiro, baseada no Protocolo de Blocos, que define o quantitativo de mão de obra, contêineres, equipamentos e veículos de acordo com o tamanho do bloco, garantindo maior eficiência e agilidade aos serviços. O sistema de limpeza conta com até 1.100 garis por dia; 5.000 contêineres, 90 sopradores, 20 vaporizadores, além de 50 veículos entre caminhões compactadores, caminhões-pipas, kombis lava a jato, caminhões basculantes, mini varredeiras, varredeiras mecânicas e mini basculantes.

A operação de limpeza para atender a folia nas ruas é diferenciada, com sistema de manutenção permanente durante a evolução do bloco até sua dispersão e instalação de contêineres ao longo de todo o trajeto para estimular os foliões a jogarem o lixo no local adequado. Com a saída dos foliões é realizada a remoção dos resíduos com sopradores e modo “arrastão”, com os garis fazendo o repasse, além de lavagem das pistas com água de reuso e desodorizante. Os acessos, transversais, concentração e trajeto do desfile do circuito dos blocos também receberão atenção da Companhia.

De acordo com o protocolo, blocos de grande porte, como Bola Preta, por exemplo, podem contar com até 260 garis distribuídos em três turnos, 600 contêineres e 17 veículos e equipamentos. Os serviços especiais começaram no fim de semana passado e continuarão até o encerramento do Carnaval.

Os agentes do Programa Lixo Zero estão nas ruas conscientizando e orientando as pessoas a não sujarem as vias públicas, porque cidade limpa é um direito de todos. Os foliões que vão brincar o Carnaval de Rua devem ter mais cuidado com os pequenos resíduos irregularmente descartados e devem evitar urinar nas calçadas, vias e canteiros. O programa não vai parar durante os dias de folia e fiscalizará os maiores e os mais numerosos blocos da cidade.

São 235 equipes, formadas por um agente de fiscalização da Comlurb e um guarda municipal, atuando nos blocos, nas ruas dos desfiles e nos entornos. Caso o folião seja pego em flagrante urinando em via pública pelas equipes de fiscalização, será passível de multa no valor de R$ 548,00, conforme o novo Artigo 103-A da Lei de Limpeza Urbana. Para descarte de pequenos resíduos, o valor da multa é de R$ 200,00.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: