Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/12/2016 - 07:12

Empresas ainda podem se beneficiar com bônus de distribuidoras de energia para troca de equipamentos

O bônus, em dinheiro, para aquisição de motores pode chegar a 40% do valor do bem. Site lançado pelo Procobre em parceria com a WEG compila todas as informações sobre o benefício. Mas neste momento, apenas para os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

O Procobre (Instituto Brasileiro do Cobre) e a WEG Equipamentos Elétricos acabam de reunir em um site: www.troqueseumotor.com.br — as informações de todas as concessionárias distribuidoras de energia que continuam com edital aberto para as empresas se beneficiarem com bônus, em dinheiro, para a troca de motores. Nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, a concessão do benefício se dá através da aquisição de um motor novo de alta eficiência para substituir um motor usado, de baixo rendimento e pode chegar a 40 % do valor do equipamento. Nos estados do Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina, o edital aguarda liberação e no Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia as inscrições para as empresas já foram encerradas.

O programa de benefícios é bastante simplificado, exigindo apenas que a empresa interessada entre em contato com a distribuidora de energia e realize a inscrição dos motores que serão substituídos. Após aprovação da concessionária, a empresa adquire o motor novo, de alta eficiência, e envia o motor usado para algum ponto de descarte indicado pela distribuidora. Realizada a troca, a distribuidora repassa até 40 % do valor de aquisição dos motores para a empresa adquirente. “O percentual de bonificação depende de cada distribuidora e das características dos motores a serem adquiridos”, esclarece Glycon Garcia, diretor executivo do Procobre.

Segundo Garcia, essa é uma forma de a empresa atualizar os equipamentos, reduzindo drasticamente o investimento necessário. “No cenário atual, é uma maneira de a empresa renovar os motores, a um custo baixo, e ainda reduzir a conta de consumo de energia.” Os motores de alto rendimento requerem menor demanda de eletricidade para funcionamento.

Uma regra comum a todas às concessionárias é a admissão do bônus para a troca de motores fabricados até 2009. Isso porque naquele ano foi introduzida lei proibindo a fabricação de motores com baixo nível de eficiência. O bônus só é válido para motores em operação. Outras restrições ficam a cargo de cada uma das distribuidoras participantes.

Nem todas as distribuidoras do País aderiram ao projeto, que foi uma iniciativa da Aneel. Empresas que perderam o prazo de inscrição junto à distribuidora ou que não tiveram como aderir ao programa porque a concessionária da localidade não apresentou projeto junto à Aneel podem se manifestar pelo site do Troque seu Motor, para que a demanda seja registrada e repassada às distribuidoras.

O Procobre —O Instituto Brasileiro do Cobre (Procobre) é uma instituição sem fins lucrativos que faz parte da Internacional Copper Association (ICA), sediada em Nova York. Líder mundial na promoção do cobre, metal que sempre se fez presente na evolução das civilizações, o Procobre tem como missão difundir informações sobre os atributos técnicos e científicos do cobre, gerar pesquisas, desenvolver processos e produtos tecnológicos e criar novos usos para o metal. Seus dois maiores desafios são posicionar a indústria do cobre como um setor fundamental para responder às necessidades da sociedade e posicionar o cobre como um material que atende às preocupações do desenvolvimento sustentável. Sites: www.procobre.org / www.troqueseumotor.com.br

A WEG —Fundada em 1961, a WEG atua principalmente no setor de bens de capital e é um dos maiores fabricantes mundiais de equipamentos eletroeletrônicos, atuando em cinco linhas principais: Motores, Energia, Transmissão & Distribuição, Automação e Tintas. Com operações industriais em 11 países e presença comercial em mais de 100 países a companhia atende todos os segmentos da indústria, incluindo petróleo e gás, mineração, infraestrutura, siderurgia, papel e celulose, energia renovável, entre muitos outros. Com mais de 30 mil colaboradores a empresa atingiu faturamento líquido de R$ 9.8 bilhões em 2015. Site: www.weg.net/institutional/BR/pt.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: