Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

18/10/2016 - 07:49

Machado Meyer promove debate sobre financiamento de litígios por terceiros

O Machado Meyer Advogados promove no dia 18 de outubro (terça-feira), no escritório do Rio de Janeiro, uma discussão sobre o financiamento de litígios por terceiros (Third Party Funding) e arbitragem. Durante o evento, realizado em parceria com o Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA) e com a boutique de investimentos Leste, serão debatidos temas como confidencialidade, imparcialidade, disclosure, conflito de interesses e alocação de custos.

A prática de Third Party Funding é nova no Brasil e tem levantado questionamentos tanto do ponto de vista de potenciais investidores sobre os limites de atuação na condução do litígio financiado, quanto de empresas que tem interesse em ceder a fundos especializados seus direitos em disputas judiciais e arbitragens. Para esclarecer dúvidas sobre essa possibilidade de investimento fortemente disseminada nos Estados Unidos e na Europa, o evento contará com palestras de especialistas das áreas financeira e de arbitragem.

Participarão da discussão, o sócio-fundador, a sócia e a advogada do Machado Meyer, respectivamente, Antonio Corrêa Meyer, Eliane Carvalho e Gisela Mation, o presidente do CBMA, Gustavo Schmidt, e o sócio e a advogada da Leste, Leonardo Viveiros de Castro e Marcela Kohlbach.

O Machado Meyer Advogados—Fundado em 1972, o Machado Meyer Advogados é um dos mais respeitados escritórios de advocacia do Brasil. Com atuação full service, oferece assistência legal a clientes nacionais e internacionais, incluindo grandes corporações dos mais variados setores de atividade, instituições financeiras e entidades governamentais. O escritório está presente em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre e Nova York. | www.machadomeyer.com.br.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: