Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/10/2016 - 08:37

CAP Rio Grande empossa novo presidente


(ao centro) Presidente Endrigo Amâncio da Silva

Durante a 21ª reunião ordinária do Conselho de Autoridade Portuária do Porto do Rio Grande foi empossado o novo presidente no dia 30 de setembro (sexta-feira). Na pauta do encontro constavam assuntos sobre as obras em andamento e também comissões internas do complexo. Além disso, foi empossado o novo presidente que representa o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Cívil, Endrigo Amâncio da Silva.

Endrigo da Silva, novo presidente, foi designado pela portaria 26 de 28 de agosto de 2016 da Presidência da República. Além dele, também assumiram como titulares: Adail Umpierre (Anvisa), Rui Mendes e Clênio Nunes (Trabalhadores Portuários). Como membros suplentes foram empossados: Ivan Bertuol (Governo do Estado), Celso Pedreira (Ministério dos Transportes), Luiz Bica e Claudio Gonçalves (Trabalhadores Portuários). Os empossados permanecem com o mandato no Conselho pelo período de dois anos.

Na pauta do encontro foram debatidas questões como o planejamento do complexo portuário para os próximos anos além do relato da Comissão Interna que trata sobre a problemática do trânsito da BR-392 em trechos específicos causando transtornos para operação portuária e para a sociedade que utiliza a via. O principal trecho trabalhado é o cruzamento do trem próximo aos terminais Termasa/Tergrasa. Durante o encontro ainda foi tratado a respeito da modernização do cais do Porto Novo que está em ritmo acelerado de obras.

O Conselho é um órgão consultivo da administração, instituído em todos os portos organizados. Nos complexos, o CAP é constituído por membros titulares e respectivos suplentes do poder público, da classe empresarial e da classe dos trabalhadores portuários. As reuniões ocorrem mensalmente.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: