Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/07/2016 - 08:10

Revisão dos amortecedores garante viagem segura nas férias de julho

Componente desgastado ou danificado compromete frenagem e estabilidade dos veículos.

Item essencial para a segurança veicular, o amortecedor deve ser checado periodicamente. Em períodos de férias escolares, como o mês de julho, em que o número de veículos trafegando nas estradas aumenta, esse cuidado se torna ainda mais importante. O alerta é da Monroe, marca líder mundial no desenvolvimento e fabricação de amortecedores.

Quando desgastado ou danificado, o componente pode comprometer a capacidade de frenagem do automóvel, exigindo até 2,5 metros a mais de distância no processo, a uma velocidade de 80 km/h. Amortecedores comprometidos também aumentam o risco de aquaplanagem e diminuição de estabilidade, causando perda de controle em curvas e em pistas mal pavimentadas.

Balanços e trepidações em excesso tornam as manobras ainda mais difíceis. Além disso, testes realizados indicam que um amortecedor com 50% de desgaste pode aumentar em 26% o cansaço do motorista, aumentando consideravelmente o risco de acidentes.

Outra vantagem das revisões periódicas é que elas costumam custar até 30% menos do que a manutenção dos componentes. “A inspeção do automóvel é extremamente importante para a segurança no trânsito, evitando uma série de acidentes, além de ser a melhor forma de manter o carro em bom estado. É financeiramente mais vantajosa e também contribui com o meio ambiente”, analisa Juliano Caretta, coordenador de Treinamento Técnico da Monroe.

A Monroe recomenda a troca preventiva dos amortecedores por volta dos 40 mil quilômetros rodados. Porém, o período de substituição varia de acordo com as condições de uso de automóvel, já que os veículos que trafegam em estradas bem pavimentadas tendem a apresentar menor desgaste, comparado com os que circulam por pistas irregulares. Já a checagem do componente deve ocorrer a cada 10 mil quilômetros ou conforme orientação da montadora.

A inspeção dos amortecedores também é recomendada quando o motorista nota problemas de dirigibilidade, independente da quilometragem. Ruídos na suspensão, solavancos, balanços excessivos e a falta de contato dos pneus com o solo são alguns sinais de desgaste. Quando houver a necessidade de troca do amortecedor, recomenda-se também a substituição do kit, composto pelo coxim, batente e coifa.

Outros itens de segurança, como suspensão, freios, pneus, rodas e direção, também devem ser inspecionados. É importante checar os lubrificantes, como óleo do motor, nível da água do radiador e do fluido de freio. Lâmpadas externas e internas, nível do recipiente de água e palheta do limpador de para-brisa também devem ser verificados, assim como os equipamentos obrigatórios, macaco, triângulo e chave de roda.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira