Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/05/2016 - 07:28

Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 terá dia de aventura em cidades de Goiás

No segundo dia, a tocha Olímpica passará pelas cidades de Corumbá de Goiás, Pirenópolis e Anápolis .

A chama Olímpica parte para sua viagem histórica no Brasil pela região Centro-Oeste. Nesta quarta-feira, dia 4, as cidades de Corumbá de Goiás, Pirenópolis e Anápolis receberão a Tocha Olímpica Rio 2016. A rota de mais de 280 quilômetros inclui os principais pontos turísticos da região. Os cantores Zezé di Camargo e Luciano estão entre os 81 condutores deste segundo dia de revezamento, e levarão o símbolo juntos em sua cidade natal, Pirenópolis. Aventureira, a tocha será conduzida por rapel, fará arvorismo e passará por cachoeiras.

Em Corumbá de Goiás, o revezamento visitará a cachoeira Salto do Corumbá, que tem 70 metros de altura e uma formação de paredões de pedras, com muita água. Uma rua inteira será enfeitada com caraíba — flores amarelas que são o símbolo do cerrado.

A segunda cidade é Pirenópolis, uma das mais antigas do Centro-Oeste e que tem seu conjunto urbanístico, paisagístico e histórico tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Lá, a tocha será conduzida por rapel na cachoeira do Abade, uma das principais da região, com queda de 22 metros.

Na Praça de Pirenópolis, em frente à Igreja da Matriz, acontecerá uma apresentação das cavalhadas, representação de luta entre mouros e cristãos com cavaleiros vestido de vermelho e azul armados de lanças e espadas, e cavalos enfeitados com flores.

A tocha fará arvorismo no Santuário de Vida Silvestre Vagafogo, criado em 1990 para promover a educação ambiental, o ecoturismo e a produção sustentável de alimentos.

Anápolis será a última cidade a receber o comboio da tocha Olímpica neste segundo dias de revezamento. O trajeto iniciará às 17h, em frente à UniEvangélica, e o primeiro condutor será recebido por estudantes nas cores dos Aros Olímpicos, na Avenida Universitária.

A cidade anunciará com salva de tiros de canhão, em quatro pontos, a chegada da tocha. No final do dia, a pira de celebração será acesa no Parque Ipiranga, durante o evento de encerramento do revezamento na cidade.

Alguns dos condutores do dia 4 de maio (quarta-feira): Paulo Alves da Silva é mais conhecido no meio esportivo como Paulo Choco. Começou a jogar futebol em 1957, quando tinha 17 anos. Jogou pelo Flamengo, Sport, Náutico, Ipiranga, Grêmio Anapolino, Portuguesa Carioca, River Piaui. Foi campeão Carioca em 1963 pelo Flamengo e campeão Norte/Nordeste pelo Náutico em 1965, e levará a tocha em Anápolis.

Persio Ribeiro começou a pintar com carvão aos oito anos. Portador de uma deficiência física desde que nasceu, ele se dedicou às artes. Possui um estilo inconfundível e sua pintura retrata a Pirenópolis de antigamente.

Matheus Diniz é de Anápolis, e pratica triathlon desde os sete anos por influência dos pais. Foi campeão brasileiro em 2008 e 2009 da Copa do Brasil na categoria júnior; campeão da Copa Sul-Americana em 2009 em Vila Velha, na categoria júnior. Foi quinto colocado na Copa Pan-Americana 2009 em Oklahoma na categoria júnior, e 10º colocado no Mundial da Austrália, em 2009, na categoria júnior. O atleta foi convidado pela patrocinadora Coca-Cola.

Raiza Henrique Goulão é atleta de MTB há quase seis anos e destaque no cenário do Mountain Bike brasileiro, alcançado através de conquistas nacionais e internacionais. Ao longo da recente carreira, iniciada no ano de 2010 em sua cidade natal, Pirenópolis, alguns de seus resultados são notáveis, como o primeiro lugar no Pan-Americano de MTB em 2012 e 2013, primeiro lugar no Latino-americano de MTB em 2013 e as vitórias na Copa Internacional do Chile e na Taça Portugal. Raiza foi indicada pela patrocinadora Nissan.

Soon San Santos Ribeiro começou a treinar karatê aos cinco anos e conquistou vários títulos estaduais, nacionais e sul-americanos. Dedica parte de seu tempo ao trabalho voluntário, dando aulas da modalidade esportiva em orfanatos de Anápolis. O atleta, que participou recentemente de dois campeonatos mundiais na Tailândia e África do Sul, onde se sagrou campeão, foi indicado pelo patrocinador Bradesco para conduzir a tocha.• Dirceu Alves da Silva corre há 31 anos e já conquistou diversas medalhas e troféus. Ele é mineiro, mas de coração anapolino. Foi para a cidade na década de 1970, onde iniciou sua carreira de atleta. Em 1985, conquistou sua primeira medalha na Corrida de Bairros. Hoje, coleciona cerca de 600 medalhas e 400 troféus.

Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 —O Revezamento da Tocha Olímpica anuncia a chegada dos Jogos e dá início à maior celebração esportiva do mundo. Até 05 de agosto, a chama Olímpica, irá passar por 327 cidades de todos os estados brasileiros, e no Distrito Federal. Ao percorrer o país inteiro com o Revezamento, o Comitê Rio 2016 cumpre a promessa de realizar Jogos brasileiros e dar a milhões de pessoas a chance de participar de uma comemoração que ficará na memória. Mostrar a diversidade cultural, a natureza e o que o brasileiro tem de melhor são os objetivos da passagem da Tocha Olímpica pelo Brasil.

Os patrocinadores do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 são: Coca-Cola e os Jogos Olímpicos —A Coca-Cola é parceira do Revezamento da Tocha Olímpica desde Barcelona 1992. Os Jogos Olímpicos Rio 2016 representam a 11ª participação da marca em um Revezamento, incluindo as edições de Verão e de Inverno. Na ocasião, a Coca-Cola foi parceira na implementação do primeiro Programa Internacional de Condutores, quando proporcionou que pessoas de outros países, inclusive o Brasil, pudessem conduzir a chama Olímpica ao lado de condutores do país anfitrião dos Jogos.

Nissan no Brasil —A Nissan, uma das maiores fabricantes de veículos do mundo, está presente no Brasil desde 2000 e opera hoje com mais de 160 concessionárias em todos os estados do País. A empresa produz automóveis na fábrica da Aliança Renault Nissan, em São José dos Pinhais, no Paraná, desde 2002, e investiu R$ 2,6 bilhões na construção de seu Complexo Industrial próprio em Resende, no estado do Rio de Janeiro. Esta unidade industrial foi inaugurada em abril de 2014 e tem a capacidade de produzir 200 mil carros e 200 mil motores por ano. Atualmente, a unidade industrial fabrica o Nissan March e o Nissan Versa e os motores flexfuel 1.0 12V e 1.6 16V.

A Nissan do Brasil é patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A parceria contempla o fornecimento de cerca de 4.000 veículos de diversos tipos que irão atender às necessidades dos Jogos e do Time Brasil. Além da parceria com o evento, a Nissan também patrocina o Revezamento das Tochas Olímpica e Paralímpica Rio 2016. A participação da Nissan nos Jogos Rio 2016 se dá, ainda, por meio do Time Nissan, programa de mentoria a 31 atletas e paratletas brasileiros que buscam classificação e destaque nos primeiros Jogos Olímpicos e Paralímpicos sediados no Brasil. São mentores do grupo Hortência Marcari, maior ídolo do basquetebol feminino brasileiro, e Clodoaldo Silva, dono de 13 medalhas em Jogos Paralímpicos.

O Bradesco Esportes —O Bradesco é tradicional apoiador do esporte brasileiro e, consequentemente, se tornou patrocinador oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, nas categorias serviços financeiros e seguros; do Time Brasil e do Revezamento da Tocha Olímpica. O Banco apoia a realização dos Jogos Rio 2016 desde que a cidade maravilhosa se candidatou para sediar a competição, ainda em 2008. O Bradesco patrocina também seis confederações nacionais: judô, basquete, esportes aquáticos, rugby, vela e remo.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira