Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

03/05/2016 - 07:18

Tecon Salvador é importante operador de carga eólica entre os portos do Nordeste


Até dezembro, o terminal baiano vai embarcar equipamentos para parque eólico via Cabotagem.

O Terminal de Contêineres de Salvador, operado pelo Grupo Wilson Sons, tem se destacado entre os portos do Nordeste no transporte de cargas de projeto (de grande dimensão), registrando grande volume e regularidade na movimentação de equipamentos para a construção de parques eólicos no Brasil. Um dos destinos atendidos este ano para o segmento é o estado do Rio Grande do Sul, para onde serão embarcados, até dezembro, 69 sets de aerogeradores. Na última semana de abril, 16 equipamentos (nacelles e hubs) da fabricante Acciona, em parceria com a CTI Cargo, em Camaçari, serão embarcados pelo Tecon Salvador.

O uso da cabotagem neste tipo de operação torna-se uma operação mais segura para o setor. O modal, além de seguro, diminui o tempo de exposição da carga (de alto valor agregado) nas rodovias contribuindo para desafogar as vias. Se fossem transportados pela rodovia, cada caminhão carregaria uma peça por vez, devido ao volume e peso.

Com a perspectiva de investimentos contínuos no setor, o terminal baiano tem traçado estratégias para garantir o atendimento a esta crescente demanda. “Em 2015, as cargas eólicas se colocaram com grande destaque, uma vez que nos tornamos um player muito importante para o mercado regional. O segmento foi fundamental para os resultados de importação do ano passado e o desafio para 2016 é manter o alto nível de movimentação deste tipo de carga”, explica Demir Lourenço, diretor do Terminal de Contêineres de Salvador.

Segundo a Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), a instalação de parques eólicos tem alcançado um crescimento médio de 40% ao ano e que este ritmo deve ser mantido por mais de 10 ou 15 anos. O diretor do Tecon Salvador avalia que o “Brasil se tornou um grande player na área de geração de energia eólica e, por isso, se torna cada vez mais competitivo, com a atração de novas empresas. O mercado também aponta para uma segunda onda de investimentos significativos no setor de energia, inclusive na solar, que vem compor com a eólica na construção de grandes campos onde coexistam as duas fontes geradoras de energia”.

Novos equipamentos - Para garantir com cada vez mais excelência de suas operações e atendimento das demandas crescentes, o Tecon Salvador tem investido em novos equipamentos. Em janeiro, foram adquiridos três RTGs elétricos em fabricação na ZPMC na China. Os equipamentos, que tem previsão de chegada para maio de 2017, representaram um investimento de U$ 1.6 milhões de dólares cada. “A inciativa traz um aumento de produtividade ao mesmo tempo em que representa um compromisso com sustentabilidade, uma vez que os equipamentos são os mais modernos do mercado, tanto em termos de produtividade quanto em ecoeficiência”, ressalta Lourenço.

Ainda como vantagem, os equipamentos apresentam segurança e eficiência energética. “Assim, nos preparamos para o futuro e um aumento de demanda, ação que independe da situação econômica do país. Com as operações de dragagem e a chegada de navios cada vez maiores e mais modernos à costa brasileira, o Terminal precisa acompanhar as alterações”, comenta Demir Lourenço. Atualmente, o Tecon Salvador possui três portêineres panamax, três super post panamax e aptos a operar todos os navios que escalam/operam a costa leste brasileira.

Tecon Salvador —Com 15 anos de atuação, o terminal é hoje uma das principais ferramentas de atração e retenção de investimentos para o estado da Bahia. Possui uma área de 118 mil m², com capacidade para movimentar 530 mil TEUs por ano. Graças aos investimentos iniciados em 2000, que já totalizam R$ 300 milhões, o terminal tornou-se apto a receber os maiores navios de contêineres do mundo, com um cais preferencial para cabotagem; aproximadamente 700 tomadas para contêineres refrigerados, além de capacidade e know-how para operar cargas de projeto. Em março, recebeu a certificação internacional ISO 14001, que dá diretrizes para a implementação de um sistema de gestão ambiental.

Perfil —O Grupo Wilson Sons é um dos maiores operadores integrados de logística portuária e marítima e soluções de cadeia de suprimento no mercado brasileiro, com mais de 175 anos de experiência. A companhia conta com uma rede de atuação nacional e presta uma gama completa de serviços para as empresas que atuam na indústria de óleo e gás, no comércio internacional e na economia doméstica. As principais atividades do Grupo são divididas em dois sistemas – Portuário e logístico e Marítimo.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: