Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/02/2008 - 13:19

APIMEC SP: Banco Sofisa cresce 93% em total de receitas em 2007

O Banco Sofisa no dia 26 de fevereiro em reunião APIMEC SP (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais). O encontro aconteceu na sede da instituição financeira para analistas, investidores e profissionais de investimentos.

Na ocasião, a gerente de Relações com Investidores do Banco Sofisa, Adriana Sarinho, disse que o fundamento para que a instituição alcançasse bons resultados em 2007 foi a qualidade de carteira de crédito, que é uma filosofia conservadora.

"A reunião APIMEC SP é muito importante para o Banco Sofisa, já que temos nome com tradição. Esses encontros abrem canal com investidores, analistas e outros. A nossa idéia é manter esse canal aberto sempre", afirma Giberto Meiches, vice-presidente do Banco Sofisa.

O Banco Sofisa foi representado na reunião da APIMEC SP por Gilberto Meiches, vice-presidente, Carlos Seixas, diretor de captação, e Adriana Sarinho, gerente de Relações com Investidores. A APIMEC SP teve como representante Antonio Carlos Colangelo Luz, membro do Conselho Consultivo, que moderou o encontro e entregou o Selo Assiduidade APIMEC SP 2 anos aos executivos presentes.

Destaques apresentados pela diretoria do Banco Sofisa na reunião da APIMEC SP: Lucro líquido - O Sofisa encerrou 2007 com lucro líquido de R$ 99,7 milhões, excluindo os efeitos não-recorrentes do 2º trimestre de 2007. A evolução foi de 121,3% em relação aos R$ 45,1 milhões registrados no final de 2006. No 4º trimestre de 2007, o lucro atingiu R$ 34,4 milhões, 106,1% a mais do que os R$ 16,7 milhões do 4º trimestre de 2006 e 10,3% acima dos R$ 31,2 milhões reportados no 3º trimestre de 2007.

Receitas - O total de receitas atingiu R$ 565,8 milhões em 2007, 93% superior aos R$ 293,2 milhões observados no ano de 2006. No 4o. trimestre de 2007, as receitas somaram R$ 216,8 milhões, evolução de 171,4% em relação aos R$ 79,9 milhões do 4º trimestre de 2006 e 34,4% superior aos R$ 161,3 milhões do 3º trimestre de 2007. A evolução observada em 2007 é conseqüência da expansão contínua da carteira de operações de crédito.

Intermediação Financeira - O resultado bruto da intermediação financeira totalizou R$ 239,8 milhões em 2007, evolução de 106,2% em relação aos R$ 116,3 milhões em 2006. No 4º trimestre de 2007, atingiu R$ 89,1 milhões, representando evolução de 127,3% frente aos R$ 39,2 milhões do 4º trimestre de 2006 e de 21,6% em comparação com os R$ 73,3 milhões do 3º trimestre de 2007. Esse resultado decorre da expansão de 85,8% das receitas de intermediação financeira, que somaram R$ 524,7 milhões neste ano, em função do aumento das receitas de operações de crédito.

A margem financeira calculada sobre os ativos geradores de receita do Banco Sofisa atingiu 10,6% no último trimestre de 2007 (9,9% apresentado no 3º trimestre de 2007).

O índice de eficiência do Banco Sofisa encerrou o 4º trimestre de 2007 em 40,9%, frente aos 37,6% apresentados no 3º trimestre de 2007. O avanço do índice é conseqüência do aumento de comissões pagas na geração de financiamentos no varejo, reajuste salarial e contratação de gerentes nas áreas comerciais do segmento do varejo.

Patrimônio líquido - O patrimônio líquido do Banco Sofisa totalizou R$ 854,2 milhões em 2007 (R$ 852,3 milhões no 3º trimestre de 2007), 168,1% acima dos R$ 318,6 milhões de 2006.

O índice de Basiléia do Banco encerrou 2007 em 22%, ou seja, 0,9 ponto percentual abaixo do índice de 2006 e 3 pontos percentuais aquém do índice de 25,0% do 3º trimestre de 2007.

Crédito - Em 17 anos de middle-market, o Sofisa desenvolveu um sistema de monitoramento e aprovação de crédito que lhe garante baixos índices de inadimplência, em relação aos de mercado. A principal característica de sua política de concessão de crédito tem como base a qualidade de sua carteira, que está 96% coberta por garantias reais. Além disso, a exposição de risco por grupo econômico é limitada a R$ 30 milhões, tornando-a bastante pulverizada.

Do total das operações de crédito no 4º trimestre de 2007, R$ 2.595,5 milhões ou 99,2% do total, estavam classificados nos ratings de "AA a C", e R$ 20,8 milhões ou 0,8% do total, classificados de "D a H".

A carteira de operações de crédito do banco finalizou 2007 em R$ 2,6 bilhões, com aumento de 186% em relação a 2006 (R$ 914,7 milhões) e de 19,3% ante o terceiro trimestre de 2007 (R$ 2,2 bilhões).

Crédito para middle-market - O crédito para o middle-market, responsável por 70% do total da carteira de crédito no 4º trimestre de 2007, encerrou o trimestre em R$ 1,8 bilhão, com crescimento de 5,9% frente ao R$ 1,7 bilhão observado no final do 3º trimestre de 2007 e 103,1% acima dos R$ 899,9 milhões do encerramento de 2006.

Crédito no Varejo - A participação do varejo atingiu 30% do total da carteira no 4º trimestre de 2007. A carteira atingiu R$ 788,2 milhões em 2007, impulsionada pelo financiamento de veículos novos e semi-novos (crescimento de 69,0% em relação ao 3º trimestre de 2007 - R$ 466,4 milhões).

O principal produto da carteira de varejo do Banco, o financiamento de veículos, fechou 2007 com saldo de R$ 646 milhões (incluindo leasing), com evolução de 83,4% frente aos R$ 355,2 milhões observados do 3º trimestre. Deste montante, o financiamento para pessoas físicas foi responsável por 93% desse total, somando R$ 601 milhões no 4º trimestre, 82,8% acima dos R$ 328,7 milhões obtidos no final do 3º trimestre, com atuação em mais de 500 concessionárias e operações concentradas nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Pernambuco.

Já o crédito consignado atingiu R$ 162,6 milhões em 2007, sendo responsável por 20,6% da carteira de varejo e 6,2% da carteira total. O saldo da carteira evoluiu 24% no decorrer do último trimestre de 2007, em relação aos R$ 131,1 milhões do encerramento do 3º trimestre.

Rede Matriz - Em novembro de 2007, o Sofisa adquiriu a Rede Matriz, uma das redes de correspondentes bancários líderes do Estado do Pernambuco, que atua originando empréstimos e como agente arrecadador de contas de concessionárias de serviços públicos.

Empréstimo sindicalizado - Através de empréstimo sindicalizado de US$ 185 milhões coordenado pela International Finance Corporation ("IFC"), em janeiro de 2008, o Sofisa começou a diversificar e alongar o seu funding.

Do total dessa linha de crédito, US$ 30 milhões são indexados em reais com prazo de 7 anos e há um empréstimo sindicalizado de US$ 155 milhões com prazo de 5 anos, que a IFC e o bookrunner conjunto Banco Itaú Europa/ItaúBBA sindicalizaram com outros 18 bancos internacionais.

Além do ingresso de recursos, essa operação auxiliará o Sofisa a desempenhar um papel mais efetivo no desenvolvimento do setor privado brasileiro, especialmente através da concessão de créditos às pequenas e médias empresas que tenham capacidade de comprovar seu compromisso com os critérios sociais e ambientais exigidos pela IFC.

IPO - Em maio de 2007, as ações do Sofisa começaram a ser negociadas no Nível I de Governança Corporativa da Bovespa, com distribuição pública de ações primárias e secundárias, mediante oferta de 42.045.332 ações preferenciais, numa operação de R$ 504,5 milhões. Com isso, houve ingresso de recursos líquidos de R$ 497,3 milhões, destinados integralmente ao aumento do seu capital social e conseqüente incremento da capacidade de crédito do banco.

Em função de sua estrutura de Governança Corporativa já estar adequada ao Nível 2 - Bovespa, em junho de 2007, o banco protocolou no Banco Central Pedido de Autorização para Migração do Nível 1 para Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa .

Em julho do ano passado, o Sofisa aperfeiçoou seu Comitê de Auditoria, existente desde 1995, para se enquadrar nos padrões atuais de Governança Corporativa da Bovespa, e criou seu Conselho Fiscal.

Em novembro de 2007, o Programa de Recompra de Ações passou a permitir a aquisição de até 4.000.000 de ações do Sofisa, o equivalente a 9,5% de suas ações em circulação, no prazo de até 1 ano de sua aprovação.

Formador de Mercado - "Market Maker" - O Sofisa contratou o UBS Pactual como Formador de Mercado (Maio/2007), de forma a conferir mais liquidez a suas ações e dar mais conforto aos investidores.

Plano de Opção de Ações - "Stock Options" - Em julho de 2007 foi aprovado pelo Sofisa um Plano de Opção de Ações com o objetivo de retenção de profissionais estratégicos para a organização.

Captação - A carteira de depósitos totais do Sofisa encerrou o ano de 2007 totalizando R$ 2,5 bilhões, com crescimento de 104,5% em relação a R$ 1,2 bilhão no fechamento de 2006, e 19,2% superior aos R$ 2,1 bilhões do final do 3º trimestre de 2007.

Os depósitos a prazo foram o principal componente dos depósitos totais, com R$ 1,9 bilhão no fechamento do ano, representando 73,5% da carteira total, e alta de 80,3% em relação a 2006 (R$ 1 bilhão) e de 16,8% contra o 3º trimestre de 2007 (R$ 1,6 bilhão).

Os depósitos interfinanceiros totalizaram R$ 528,2 milhões, 20,9% da carteira total, com crescimento de 389,1% em relação a 2006 (R$ 108,0 milhões) e 22,3% em relação ao 3º trimestre de 2007 (R$ 431,9 milhões).

Os depósitos à vista foram responsáveis por 5,6% da carteira total, encerraram 2007 com saldo de R$ 141,2 milhões, representando crescimento de 44,9% de crescimento em relação a 2006 (R$ 94,5 milhões) e de 45,7% em relação ao 3º trimestre de 2007 (R$ 96,9 milhões).

A Instituição - O Sofisa, fundado há 46 anos, é um banco com tradição no middle-market e, em 2007, voltou a atuar no segmento de pessoas físicas, com crédito consignado, crédito pessoal e crédito ao consumidor, produzindo volumes relevantes a partir de então.

A Instituição tem fontes de captação estáveis e diversificadas, o que faz com que não sofra pressões em períodos de crises ou instabilidade econômica. Além disso, seus custos de captação são atrativos, dada sua transparência e consistência, o que se reflete em seus ratings.

Como uma das estratégias para expandir o número de novos clientes no segmento de middle-market, vislumbrando o potencial de desenvolvimento econômico de regiões fora do Estado de São Paulo, em 2007 o Sofisa inaugurou três novas agências no Ceará (Fortaleza), Pernambuco (Recife) e Bahia (Salvador), perfazendo o total de 14 agências em 10 Estados que, juntos, representam mais de 85% do PIB nacional.

O Banco ainda pediu autorização ao Banco Central para abertura de duas novas agências no Pará (Belém) e Amazonas (Manaus), que começarão a apresentar resultados a partir deste ano de 2008. (*) Exclui despesas não recorrentes geradas pela realização da Oferta Pública Inicial e pela amortização integral do ágio da incorporação de subsidiária controlada no 2º trimestre de 2007.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira