Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

05/04/2016 - 08:43

Scheidt vence medal race e conquista a prata no Troféu Princesa Sofia


Após iniciar primeiro dia da competição em oitavo lugar, maior velejador olímpico deu a volta por cima e encerrou disputa em Palma de Mallorca, na Espanha, com o vice-campeonato.

São Paulo (SP)— Robert Scheidt segue em ótima forma às vésperas de disputar sua sexta Olimpíada, no Rio de Janeiro. Na manhã do dia 02 de abril (sábado), Scheidt conquistou a vitória na medal race, regata decisiva com pontos dobrados, no Troféu Princesa Sofia, em Palma de Mallorca na Espanha. Com o resultado, o brasileiro ultrapassou o croata Tonci Stipanovic, até então vice-líder, que estava dez pontos na sua frente, e encerrou a competição com 66 pontos perdidos, garantindo a prata. Assim, Scheidt conquista sua terceira medalha em três provas neste ano.

O neozelandês Andrew Maloney foi o campeão, mesmo chegando em décimo neste sábado, pela boa vantagem que tinha em relação aos concorrentes. Terminou com 57 pontos. Tonci Stipanovic, nono colocado na medal race, assegurou a medalha de bronze, com 72 pontos perdidos. "Foi uma boa medal race. Difícil porque o vento estava fraco. Velejei bem principalmente no início da regata, passando na frente já na primeira boia. Estava de olho no argentino, maior preocupação para segurar a medalha de bronze, mas o croata e o neozelandês acabaram disputando um match race que complicou a vida de ambos, pois terminaram nos últimos lugares. Com isso fui beneficiado e tive espaço para velejar de forma limpa, tanto que venci e ultrapassei o croata na classificação final", relatou.

"Foi uma semana boa, apesar de alguns erros, principalmente, no terceiro e quarto dias, em que fiz regatas ruins. A reação foi Importante para recuperar as posições. Agora, é descansar na semana que vem e voltar a treinar assim que possível", completou Scheidt, patrocinado pelo Banco do Brasil, Rolex, Deloitte e Audi, com os apoios de COB e CBVela.

Ainda na água, Scheidt foi cumprimentado pela esposa, a lituana Gintare, que disputou a Laser Radial. Ela Ficou em quinto na medal race e terminou em sexto no geral. Gintare foi medalha de prata em Pequim-2008. Em seguida festejou com o filho Eric, que estava no barco de apoio do brasileiro.

Em 2016, Robert Scheidt começou com tudo a temporada e soma dois títulos consecutivos no ano. Após vencer no começo de janeiro o Brasileiro de Laser, no Rio de Janeiro, Scheidt conquistou no fim do mesmo mês seu sexto título em Miami da Copa do Mundo de Vela. Na carreira são 175 títulos - 86 internacionais e 89 nacionais - além de cinco medalhas olímpicas (duas de ouro, duas de prata e uma de bronze).

Classificação parcial, após dez regatas e a medal race: 1. Andrew Maloney (NZL) - 57 pontos perdidos (2+2+1+9+8+5+6+2+[17]+2+20) | 2. Robert Scheidt (BRA) - 66pp (4+4+5+2+[20]+14+17+1+11+6+2) | 3. Tonci Stipanovic (CRO) - 72pp (1+7+[26]+5+3+9+13+4+5+7+18) | 4. Julio Alsogaray (ARG) - 74pp (1+2+10+[26]+2+20+2+6+4+21+6) | 5. Wannes Van Laer (BEL) - 83pp (3+3+19+4+11+11+[35]+13+2+5+12) | 6. Luke Elliott (AUS) - 91pp (3+3+[33]+6+22+28+1+9+1+4+14) | 7. Kristian Ruth (NOR) - 93pp (2+2+3+12+[34]+6+12+3+8+29+16) | 8. Jeremy O Connell (AUS) - 104pp (11+3+14+2+27+1+3+16+[42]+23+4) | 9. Charlie Buckingham (EUA) - 106pp (12+4+3+1+9+19+[38]+8+22+20+8) | 10. Jack Wetherell (GBR) - 106pp (4+6+9+6+[38]+17+16+17+9+12+10).

Maior atleta olímpico brasileiro.: Cinco medalhas: | Ouro : Atlanta/96 e Atenas/2004 (ambas na classe Laser)| Prata : Sidney/2000 (Laser) e Pequim/2008 (Star) | Bronze : Londres/2012 (Star).

175 títulos—86 internacionais e 89 nacionais, incluindo o Campeonato Brasileiro de Laser/2016 e a etapa de Miami da Copa do Mundo/2016.

Laser: onze títulos mundiais —1991 (juvenil), 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002*, 2004 e 2005 e 2013

*Em 2002, foram realizados, separadamente, o Mundial de Vela da Isaf e o Mundial de Laser, ambos vencidos por Robert Scheidt. Três medalhas olímpicas - ouro em Atlanta/1996 e Atenas/2004, prata em Sydney/2000.

Star: três títulos mundiais - 2007, 2011 e 2012* | *Além de Scheidt e Bruno Prada, só os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode venceram três mundiais velejando juntos, na história da classe. Duas medalhas olímpicas - prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012. | www.robertscheidt.com.br.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira