Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

30/03/2016 - 07:53

Microsoft anuncia projeto inédito de financiamento coletivo para apoiar o esporte olímpico brasileiro

Iniciativa conta com apoio do Comitê Olímpico do Brasil e do Comitê Paralímpico Brasileiro, que farão a curadoria dos projetos de atletas, ex-atletas e treinadores para receberem incentivo.

A Microsoft realiza o pré-lançamento da iniciativa de crowdfunding Coletivo do Esporte que facilitará a captação de recursos financeiros para projetos esportivos em todo país. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento dos jovens por meio do esporte e oferecer uma melhor preparação de esportistas brasileiros para Jogos Olímpicos. A plataforma é inédita por contemplar também o financiamento integrado (cross-funding), ou seja, tanto pessoas quanto empresas podem apoiar o esporte nacional com doações e recebem benefícios de leis de incentivo. O portal estará disponível a partir do dia 7 de abril, quando faltarão 120 dias para o início da Rio 2016.

O #coletivoDOEsporte conta com seis projetos cadastrados e a expectativa é a de que novas propostas de apoio a atletas das mais variadas modalidades olímpicas sejam incorporadas ao longo dos próximos dias. As iniciativas lideradas por ex-atletas e treinadores com foco na formação de novos talentos já publicadas são: . Mar de Oportunidades — Torben Grael: para manter o trabalho com jovens carentes de Niterói (RJ), o Instituto Rumo Náutico/Projeto Grael precisa de ajuda para comprar dois novos barcos;

. Basquete e Cidadania —Janeth Arcain: para instalação de um novo polo do Instituto Janeth Arcain em Bayeux (PB) que levará esporte e cidadania a 80 jovens. A iniciativa já revelou talentos como a Damiris Dantas, atleta do Minisota Lynx (WNBA) que disputará os Jogos Olímpicos Rio 2016 pela Seleção Brasileira de Basquete Feminino, time pelo qual é bicampeã sul-americana.

. Correndo pelo Mundo —Vanderlei Cordeiro: visa expandir o trabalho de transformação social feito pelo Instituto Vanderlei Cordeiro em Campinas (SP) por meio do atletismo. Jonathan Silva, Campeão Troféu Brasil 2014 que disputará a Rio 2016, é uma das revelações do Instituto.

. União de Esporte, Valores e Muita Alegria —Bernardinho: deseja viabilizar o festival de final de ano do Instituto Compartilhar, de Bernardinho, que integrará 500 alunos de 15 escolas públicas em uma oficina de jogos e valores.

. Atletas Inteligentes —Jackie Silva: quer levar o projeto transformador da medalhista olímpica Jackie Silva para uma escola pública de uma comunidade carente de Duque de Caxias (RJ).

. Novo Futuro Campeão—Robson Caetano: deseja viabilizar a reabertura do extinto e bem-sucedido programa Futuro Campeão do Instituto Robson Caetano, que teve as atividades encerradas em 2015 por falta de financiamento.

Cada projeto tem a sua história e terá suas metas, objetivos e resultados claramente comunicados, assim como seu impacto na vida de milhares de jovens e futuros atletas. Trata-se de uma forma mais profunda de engajamento entre os fãs e as suas paixões. Esse é o efeito multiplicador que a Microsoft acredita que pode levar os brasileiros a estimularem nossos talentos no esporte neste e nos próximos anos.

O Coletivo do Esporte está baseado em três pilares: a reunião de vários projetos de atletas, ex-atletas e treinadores em uma única plataforma pública, a visibilidade deles e o estímulo ao apoio e o acompanhamento da evolução de cada um de forma simples e transparente.

O portal também contribuirá para disseminar o conhecimento da lei de incentivo ao esporte, que oferece abatimento fiscal em Imposto de Renda. Para pessoas físicas, o desconto devido será de 6%, e de 1% para pessoas jurídicas. O cálculo do benefício pode ser simulado pela calculadora fiscal disponível no portal. As formas de pagamento incluem cartão de crédito, depósito e boleto bancário pela Pagseguro.

Para Paula Bellizia, presidente da Microsoft Brasil, o Coletivo do Esporte está em sintonia com a missão da companhia de empoderar as pessoas a conquistarem mais. “Temos um compromisso com o apoio ao desenvolvimento do país, principalmente com foco na criação de oportunidades para os jovens. Acreditamos no potencial do esporte brasileiro e por isso queremos sensibilizar a sociedade e as organizações para contribuir com estes projetos, apoiando o desenvolvimento de nossos talentos”, diz a executiva.

“Essa parceria é para ajudar a promover o desenvolvimento do esporte olímpico após os Jogos Rio 2016, em complementação aos investimentos que o COB já faz através da Lei Agnelo/Piva e também aos que vários agentes já fazem nos atletas, tais como Clubes e Associações, Confederações, Ministério do Esporte, Forças Armadas, Patrocinadores, Prefeituras e etc. É uma oportunidade para mostrar para a população alguns projetos que não chegam ao conhecimento do público. Existem inúmeros projetos incentivados no Brasil que contam com a possibilidade de uso de leis de incentivo, mas que as pessoas não sabem como fazer para contribuir. O portal oferecerá essa oportunidade”, comenta Marcus Vinícius Freire, diretor executivo de Esportes do Comitê Olímpico do Brasil.

"O desenvolvimento pleno do esporte paralímpico passa por uma série de iniciativas e pela participação de diferentes agentes. Por isso, o Comitê Paralímpico Brasileiro apoia o lançamento da plataforma Coletivo do Esporte. Será mais um importante instrumento para trazer apoio aos nossos atletas, somado aos investimentos que já fazemos em conjunto com as confederações e as diferentes esferas de governo", afirma Andrews Parsons, presidente do CPB.

A plataforma de financiamento Coletivo do Esporte conta com nova tecnologia desenvolvida pela startup Civentis e terá o apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) na curadoria dos projetos participantes. [www.coletivodoesporte.com.br].

A Microsoft Brasil —A Microsoft está no Brasil há 26 anos e é uma das 110 subsidiárias da Microsoft Corporation, fundada em 1975. Líder em plataforma e produtividade para um mundo “mobile-first, cloud-first”, a companhia tem como missão empoderar cada pessoa e cada organização no planeta a conquistar mais. Desde 2003 a empresa investiu mais de R$ 387 milhões levando tecnologia gratuitamente para 2.467 ONGs no Brasil, beneficiando vários projetos sociais. O programa YouthSpark já beneficiou mais de 13,6 milhões de jovens brasileiros desde 2012.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira