Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/03/2016 - 07:29

Santos Brasil fecha 4T15 com crescimento de 13% em contêineres movimentados

São Paulo — A Santos Brasil encerrou o quarto trimestre de 2015 com crescimento de 13% no volume operado e total de 247.412 contêineres movimentados em seus três terminais, Santos (SP), Imbituba (SC) e Vila do Conde (PA).

No Tecon Santos, o maior e mais eficiente terminal de contêineres da América do Sul, foram movimentados 230.101 contêineres no 4T15, volume que supera em 13,7% o registrado no 4T14. O resultado é reflexo de novos serviços de navegação que atuam nas rotas para a costa oeste da América do Sul e África, respectivamente. Em 2015, o market share da empresa no porto de Santos ficou em 34,7%.

O Tecon Imbituba movimentou 6.395 contêineres no 4T15 – aumento de 13,6% em relação ao mesmo período de 2014. As operações de cabotagem apresentaram crescimento de 62% no 4T15 e de 76,1% no ano. O terminal de carga geral de Imbituba fechou 2015 com evolução de 128,9% e total de 149.045 toneladas movimentadas. Já o Tecon Vila do Conde registrou crescimento de 18,1% no ano.

No mix de serviços da Santos Brasil, as operações de cabotagem atingiram 24% do total movimentado no 4T15. As operações de transbordo tiveram sua participação reduzida e foram responsáveis por 31,2% do total movimentado no último trimestre do ano. No acumulado, este índice foi de 31,9% em 2015 contra 29,2% em 2014. O mix de contêineres cheio-vazio obteve recuperação no trimestre e contabilizou 79,5% de cheios no 4T15 e 76,9% em 2015 ante 73,9% no 4T14 e 73,5% em 2014.

O Terminal de Veículos (TEV) apresentou performance positiva de 38,2% no 4T15 com total de 62.488 unidades movimentadas, sendo 94,7% de veículos leves (92,9% no 4T14). O mix de veículos movimentados pelo TEV também voltou a registrar crescimento na participação do fluxo de exportação, que, no 4T15, foi composto por 86,1% do total ante 57,7% no mesmo período de 2014. No ano de 2015, o crescimento acumulado do TEV foi de 10,7%.

No segmento de Logística, a companhia teve redução de 41,1% do total de contêineres armazenados no 4T15. A queda advém do aumento da oferta de área disponível na zona primária e da redução da atividade econômica nacional e consequente diminuição de contêineres de importação.

Indicadores financeiros —A receita líquida consolidada ajustada da Santos Brasil totalizou R$ 210,1 milhões no 4T15, com queda de 1,1% em relação aos R$ 212,4 milhões registrados no 4T14. Já a receita líquida recorrente no trimestre foi de R$ 215,7 milhões, ou seja, 1,6% acima da contabilizada no 4T14. No acumulado do ano, a redução foi de 9,3% se comparada a 2014 com total de R$ 910,4 milhões. A receita bruta dos serviços de operações de cais cresceu 13,5% no 4T15 e 7,3% no acumulado do ano, incluindo o montante referente à reversão da provisão ocorrida no 1T15.

O EBitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do 4T15 ajustado para efeitos não recorrentes foi de R$ 37,3 milhões com margem de 17,6%. Em 2015, o Ebitda ajustado foi de R$ 195,8 milhões com margem de 21,7%. A Santos Brasil também fechou o ano com um saldo de caixa de R$ 226,1 milhões e dívida líquida de R$ 113,5 milhões, equivalente a 0,8 vezes o Ebitda dos últimos 12 meses.

A Santos Brasil é prestadora de serviços portuários e logísticos completos, do Porto à Porta. Referência na operação de contêineres no Brasil, a empresa foi criada há 17 anos para operar o Tecon Santos (SP), maior terminal da América do Sul, e já investiu R$ 3 bilhões, calculados a valor presente, em aquisições, expansões, novos equipamentos, tecnologia e recursos humanos. Antecipando-se ao crescimento do fluxo de comércio internacional, a Santos Brasil colaborou significativamente para aumentar a capacidade logística portuária do País.

A produtividade do Tecon Santos é a mais alta do Brasil: média mensal superior a 100 MPH (movimentos por hora). Em abril de 2015, a companhia superou o recorde de produtividade mensal no Porto de Santos, com média de 110,65 MPH. Também em abril, o Tecon Santos bateu a marca de 225,25 MPH na operação de um único navio.

Além do Tecon Santos, a companhia opera mais dois terminais de contêineres — Vila do Conde (PA) e Imbituba (SC) – e um terminal de veículos (TEV) no Porto de Santos. Conta também com uma operadora logística e de cargas gerais, a Santos Brasil Logística, que atua de forma integrada aos terminais viabilizando o atendimento ao cliente em todas as etapas da cadeia logística do porto até o transporte e distribuição.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: