Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/01/2016 - 07:49

Prefeitura apresenta planejamento operacional do Carnaval de Rua 2016


A Riotur prevê 1,026 milhão de turistas na cidade neste período, injetando cerca de R$ 3 bilhões na economia. A estimativa da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH-RJ) para a ocupação do carnaval deverá chegar a 85%.

A Prefeitura do Rio apresentou, no dia 15 de janeiro (sexta-feira), o esquema operacional para o Carnaval de Rua 2016. A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) e a CET-Rio montaram um esquema especial de trânsito para os 505 blocos que vão animar as ruas da cidade em cerca de 650 desfiles durante o período de folia. Os blocos de maior impacto farão seus desfiles na Avenida Antônio Carlos (Cordão da Bola Preta, Bloco da Preta e Monobloco), no Centro, devido às obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) nas avenidas Rio Branco e Presidente Vargas.

A expectativa da Riotur é que 1,026 milhão de turistas venham para a cidade neste período, injetando cerca de R$ 3 bilhões na economia. A estimativa da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH-RJ) para a ocupação do carnaval deverá chegar a 85%. No ano passado, esse índice fechou em 83,8% — mas a cidade contava com 15 mil leitos a menos que dispõe atualmente. O Píer Mauá baterá o recorde de atracações no domingo de carnaval ao receber 11 navios. Entre os dias 6 e 13 de fevereiro, aproximadamente 130 mil pessoas vão transitar pelo terminal – o número é quase o dobro do ano passado, quando no mesmo período circularam 70 mil passageiros.

— O carnaval é o momento mais vibrante da cidade, com as pessoas caminhando e brincando, tomando conta do espaço público, e nada melhor que os blocos de rua para espantar esse baixo astral da economia — disse o secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello.

Nesta edição, o tema escolhido reforça a celebração que reúne pessoas de todos os cantos do mundo: "É na Rua que a gente se encontra". O Carnaval de Rua deverá atrair 5 milhões de foliões e reforça, a cada ano, sua importância para o turismo e para a movimentação econômica da cidade. Tudo isso sem perder a essência da folia, que é baseada na espontaneidade e na alegria – os reais e fundamentais motivos para o grande sucesso dos blocos cariocas.

O número de posições de banheiro foi ampliado mais uma vez chegando ao total de 25.496 posições disponíveis no período de 16 de janeiro a 14 de fevereiro. – um crescimento de 2.832,89% na oferta de banheiros desde 2009. Em 2015 foram oferecidas 24.525 posições, mas se levarmos em conta o período desde 2009, o crescimento da oferta de banheiros químicos no carnaval chega a 2.832,89%. São utilizados modelos diferentes de banheiros químicos: há contêineres, mictórios e cabines individuais. Serão 4,5 mil vagas temporárias de trabalho para ambulantes credenciados para atender aos foliões no comércio de bebidas ao longo do percurso dos blocos. Canteiros, monumentos e vegetação de restinga serão protegidos por 15km de telas de cercamento.

Sinalização e controle de trânsito —A organização do trânsito contará com 1.000 controladores de tráfego, 300 cones de 75cm, 150 faixas de sinalização, 500 banners de trânsito e oito painéis de LED para serem operados pela equipe da CET-RIO.

Atendimento Médico —O Carnaval de Rua 2016 contará com o suporte de quatro postos médicos montados em pontos estratégicos e 100 diárias de ambulância tipo UTI móvel para atender aos foliões. Os postos médicos estarão localizados no Centro (Largo da Carioca e Praça Ana Amélia com Av. Churchill), Ipanema (Praça General Osório) e Copacabana (Praça do Lido).

Ornamentação das ruas —Duas avenidas importantes da cidade serão ornamentadas para celebrar o Carnaval de Rua Rio 2016: a Av. Princesa Isabel, na Zona Sul, e a Av. Presidente Antonio Carlos, no Centro.

Proteção de monumentos e canteiros —Serão protegidos 16 monumentos localizados em praças e/ou locais que estejam no trajeto dos blocos, assim como canteiros de vegetação da orla de Ipanema e Leblon, a vegetação de restinga em Ipanema, ruas internas no Leblon, Praça Santos Dumont, na Gávea, e parte do Aterro, na altura do MAM, entre outros pontos de maior concentração de público nos desfiles. Ao todo, serão utilizados 15 mil metros lineares de cercamento nestes locais.

• Praça Tiradentes (5 Monumentos) | • Praça Santos Dumont – Chafariz | • Praça Marechal Floriano - Monumento A Carlos Gomes | • Praça Gal Osório – Chafariz | • Praça Pio X - Chafariz Mulher | • Largo Da Carioca - Relógio Da Carioca | • Largo Do Machado - Chafariz Nossa Senhora Da Conceição | • Praça Xv - Monumento A Gal Osório | • Chafariz Da Praça São Salvador.

Credenciamento de ambulantes — O Carnaval de Rua 2016 credenciará 4,5 mil ambulantes, que atuarão no comércio ambulante durante os blocos, no período de 23 de janeiro a 14 de fevereiro. O processo de cadastramento tem inscrições online e sorteio eletrônico de contemplados. Os ambulantes recebem um treinamento para atuarem durante os desfiles de blocos de rua e recebem kits contendo colete numerado, credencial com foto e isopor padronizado.

Coleta Seletiva — Será executada de forma descentralizada e com a participação de cooperativas de reciclagem da cidade do Rio de Janeiro. Serão realizados seleção, treinamento e coordenação dos trabalhos das cooperativas integrantes do projeto. .15 Blocos | .5 Pontos de venda fixos | .10 caminhões de reabastecimento.

Trânsito — A Prefeitura do Rio, por meio da SMTR e CET-Rio, montou esquema especial de transportes e trânsito para os desfiles de blocos do carnaval de rua 2016. A operação especial de trânsito funcionará de 23/01 a 14/02/2016, com todas as bases operacionais da Guarda Municipal e da CET-Rio funcionando com todos seus recursos empenhados. Mesmo nos finais de semana e nos feriados do carnaval, os quantitativos empenhados serão os mesmos dos dias úteis.

Para os blocos de maior impacto serão montadas operações específicas com o objetivo de minimizar os transtornos causados ao trânsito.

A operação contará com a atuação de 945 agentes dedicados ao trânsito, em média, por dia, entre Guardas Municipais, Controladores da CET-Rio e Apoiadores de Tráfego; 71 motocicletas e 51 veículos operacionais também estarão empenhados nas ações. Serão ainda utilizados 98 painéis de mensagens variáveis entre móveis e fixos que informarão sobre os horários dos diversos fechamentos e sobre as rotas de desvio.

O Centro de Operações Rio (COR) estará monitorando os eventos, permitindo que técnicos da CET-RIO implantem ajustes na programação dos semáforos com o objetivo de garantir a fluidez do trânsito e adaptá-lo às condições de circulação de cada momento.

Bloco da Preta – domingo, dia 31/01/2016, das 10h às 16h | Cordão da Bola Preta - sábado, dia 06/02/2016, das 7h às 14h | Monobloco – domingo, dia 14/02/2016, das 5h às 15h.

Os blocos acima desfilarão na Av. Presidente Antônio Carlos. A concentração será na Rua Primeiro de Março. O desfile seguirá na direção da Av. Beira Mar até a esquina da Rua Araújo Porto Alegre.

Desvio de tráfego sentido Centro e Zona Sul: Av. Presidente Vargas, Av. Passos, Praça Tiradentes, Av. República do Paraguai, Lapa e Rua Teixeira de Freitas.

Desvio de tráfego sentido Zona Norte, Av. Brasil e Ponte Rio-Niterói: Recomenda-se a utilização do Túnel Santa Bárbara.

Blocos na Zona Sul — Entre os maiores blocos na Zona Sul, destaque para os desfiles da tradicional Banda de Ipanema. Serão três desfiles pelas ruas de Ipanema, sendo o primeiro no dia 23/01 (sábado) e os demais no sábado e na terça-feira de Carnaval.

Percurso: Av. Vieira Souto (ambas as pistas), Rua Joana Angélica, Rua Visconde de Pirajá, Praça Gal. Osório (encerramento), das 16h (concentração); 17h30 às 21h30 (desfile). Para garantir a segurança dos foliões e manter a fluidez do tráfego a Prefeitura do Rio, por meio da CET-RIO e Guarda Municipal montou um esquema especial de tráfego com diversas alterações viárias. Para a concentração será interditada a Rua Gomes Carneiro, no trecho entre a Rua Tereza Aragão e a Avenida Vieira Souto, a partir das 16h.

Às 17 horas serão interditadas as duas pistas da Avenida Vieira Souto, com o desvio do tráfego da seguinte forma:. Os motoristas que estiverem circulando pela pista da praia, em direção a Copacabana deverão seguir pela Avenida Henrique Dumont, podendo acessar a Rua Visconde de Pirajá ou seguir até a Lagoa (Av. Epitácio Pessoa). Os motoristas que estiverem circulando pela pista junto às edificações em direção ao Leblon, deverão seguir pela Rua Prudente de Morais, sendo que os veículos provenientes da Rua Joaquim Nabuco deverão ser desviados para a Avenida Rainha Elizabeth da Bélgica, que terá o trecho entre a Avenida Vieira Souto e a Rua Tereza Aragão invertido, para que os motoristas possam acessar a Rua Prudente de Morais. Quando o desfile ultrapassar a interseção da Av. Vieira Souto com a Rua Teixeira de Melo, o desvio do tráfego para a Rua Prudente de Morais deverá ser realizado pela Rua Teixeira de Melo. Na passagem da banda pela Rua Joana Angélica, há a necessidade de interrupção do tráfego da Rua Prudente de Morais, com desvio pela Rua Vinícius de Morais.

Durante o desfile pela Rua Visconde de Pirajá o fluxo proveniente do Leblon deverá seguir pela Av. Epitácio Pessoa (junto ao Jardim De Alah) até a Av. Vieira Souto e o da Av. Henrique Dumont pela Lagoa. Deverá ainda ser efetuado um bloqueio viário no cruzamento da Rua Visconde de Pirajá com a Rua Maria Quitéria, desviando o tráfego por esta última. Quando o cruzamento da Rua Visconde de Pirajá com a Rua Joana Angélica estiver liberado, o tráfego da Rua Visconde de Pirajá deverá ser desviado pela Rua Joana Angélica.

Proibição do estacionamento — Para que o desfile seja realizado com segurança e com o objetivo de viabilizar os desvios do tráfego, o estacionamento será proibido a partir de 23h dos dias anteriores aos dias de desfile nas seguintes vias:

. Rua Gomes Carneiro, entre a Rua Tereza Aragão e a Avenida Vieira Souto;

. Rua Joana Angélica, toda extensão (exceto na baia junto à Praça Nossa Senhora da Paz);

. Av. Rainha Elizabeth da Bélgica, entre a Rua Tereza Aragão e Av. Vieira Souto;

. Rua Teixeira de Melo, no trecho entre a Av. Vieira Souto e a Rua Prudente de Morais.

Para o Carnaval de Rua 2016, nos diversos bairros, a operação contará com 129 painéis de mensagens variáveis que orientarão os motoristas com antecedência, 1050 agentes e operadores de tráfego por dia, entre Guardas Municipais e CET-Rio, 30 reboques da CET-Rio para desobstruir as vias em caso de acidentes ou enguiços, 88 motocicletas e 60 veículos operacionais.

Além disso, serão colocadas faixas e galhardetes para orientação, a sinalização de proibição de estacionamento será reforçada, planos semafóricos especiais serão implantados e o Centro de Operações Rio fará monitoramento durante 24 horas.

Recomendações: . Utilizar os transportes públicos como ônibus, metrô , trens e barcas;

. Respeitar os locais e horários de proibição de estacionamento;

. Sempre que possível, evitar circular de carros pelas regiões onde ocorrerão os desfiles;

. Para ligação entre as zonas Norte e Sul, dê preferência ao Túnel Rebouças

. Pedestres devem atravessar nas faixas, em locais semaforizados ou com auxílio dos agentes de trânsito;

. Se possível, os foliões devem se programar e chegar com antecedência aos desfiles para evitar sobrecarga nos meios de transporte.

Ordem Pública —O esquema especial de monitoramento e fiscalização montado pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP) nos blocos de rua durante o Carnaval 2016 começa no dia 16 de janeiro(sábado), e segue até domingo pós-carnaval, dia 14/2. Serão empregadas nos desfiles dos blocos, entre guardas municipais e agentes da SEOP, 7.940 servidores distribuídos ao longo de 30 dias de pré-carnaval, carnaval e pós-carnaval.

A Seop vem atuando de forma efetiva no ordenamento dos desfiles dos blocos carnavalescos desde 2010. Neste ano, a secretaria continuará coibindo os mijões que insistirem em urinar na rua. Quem for flagrado será multado pelos agentes do programa Lixo Zero da Comlurb em R$ 510. Projeto de lei aprovado em agosto de 2015 triplicou o valor da multa, que antes custava R$ 170. No carnaval do ano passado, 1.264 mijões foram flagrados e multados pela fiscalização.

Comércio autorizado — São 4.500 vendedores credenciados pela Ambev que só poderão atuar nas ruas com colete, credencial e isopor padronizado. Eles só poderão trabalhar durante horário compreendido entre o início da concentração e o término dos desfiles. O descumprimento resultará na apreensão de mercadorias e até no recolhimento da credencial de permissão de trabalho e equipamentos utilizados.

A Seop atuará para retirar estruturas das áreas de concentração, fazendo com que o desfile ocorra com mais fluidez, garantindo o cumprimento do horário de início e término dos blocos; impedir acampamentos em vias públicas, praças, praias e portas de supermercados; coibir a presença de ambulantes não autorizados.

Reboques — A Seop vai operar diariamente com 35 reboques em vários pontos da cidade para coibir o estacionamento irregular durante o Carnaval 2016. A retirada de veículos apreendidos pela Seop será feita normalmente durante todos os dias de Carnaval, nos horários das 8h às 17h, em um dos depósitos da prefeitura (São Cristóvão e Recreio). Para saber para onde o seu veículo foi levado, o condutor deve acessar o site da prefeitura, neste endereço.

Comlurb —A Comlurb vai atender todas as ruas da Cidade onde desfilam os blocos do Carnaval. Para evitar o acúmulo de lixo, a Companhia preparou uma megaoperação para a limpeza durante a passagem dos blocos e nos bailes populares, onde até 1.100 garis atuarão por dia. Serão disponibilizados até 5.000 contêineres para receber lixo em todas as vias. O Programa Lixo Zero atuará com 235 equipes nos acessos, antes do início da folia e na dispersão. Serão utilizados 90 sopradores para acelerar a limpeza após a passagem dos blocos.

Para maior eficiência dos serviços, a Comlurb planejou uma logística de limpeza para atender a folia nas ruas desde o Pré Carnaval até o encerramento, incorporando o sistema de manutenção permanente, durante a evolução do bloco até sua dispersão. Com a saída dos foliões é realizada a remoção dos resíduos com sopradores e modo "arrastão", com os garis fazendo o repasse, além de lavagem das pistas com água de reuso e desodorizante. Os acessos, transversais, concentração e trajeto do desfile do circuito dos blocos também receberão atenção da Companhia.

O sistema de limpeza contará, ainda, com caminhões compactadores, pulverizadores, caminhões-pipas, kombis lava-jato, caminhões basculantes, mini varredeiras, varredeiras mecânicas e mini basculantes. Os contêineres estarão dispostos não só na concentração, mas também no trajeto e dispersão, para estimular os foliões a jogarem o lixo no local adequado.

Lixo Zero —Os foliões que vão brincar o Carnaval de rua devem ter mais cuidado com os pequenos resíduos irregularmente descartados. O Programa Lixo Zero não vai parar durante os dias de folia e fiscalizará os maiores e mais importantes blocos da cidade. Os fiscais vão atuar antes dos desfiles dos blocos, durante as apresentações, na dispersão e nas vias de acesso.

Agentes do Lixo Zero, contabilizando 235 equipes formadas por um agente de fiscalização da Comlurb e um guarda municipal, atuarão nos blocos, nas ruas dos desfiles e no entorno. Caso o folião seja pego em flagrante urinando em via pública pelas equipes de fiscalização, será passível de multa no valor de R$ 510,00, conforme o novo Artigo 103-A da Lei de Limpeza Urbana. Para descarte de pequenos resíduos, o valor da multa é de R$185,00.

Blocos — A Banda de Ipanema que sai quatro vezes durante o Carnaval contará com 65 garis e 250 contêineres.

O Simpatia é Quase Amor, em Ipanema, dá a volta no bairro e reúne cerca de 100 mil pessoas. A Comlurb realizará a limpeza com 80 garis e 350 contêineres, dispostos em todo o trajeto dos foliões.

O Bloco da Preta arrasta cerca de 400 mil pessoas e a Comlurb disponibiliza 110 garis e 200 contêineres, para manter a limpeza da Rua Primeiro de Março, da Av. Presidente Antonio Carlos, até a Rua Araújo Porto Alegre ,e arredores, no Centro.

O Bloco da Favorita se apresenta no sábado, dia 06/02, no Aterro do Flamengo entre o MAM e a Marina da Glória, com o público estimado em 100 mil pessoas. A Comlurb garante a limpeza com 90 garis e 100 contêineres estarão dispostos para que se deposite o lixo.

No domingo, dia 07/02, o Bangalafumenga reunirá 100 mil pessoas no Aterro, entre o MAM e a Marina da Glória. Cem contêineres estarão dispostos na área e 90 garis vão atuar.

Dia 08/02, segunda-feira, se apresenta o bloco Sargento Pimenta no Aterro do Flamengo, entre o MAM e a Marina da Glória, com público estimado em 120 mil pessoas. A Comlurb disponibilizará 135 garis e 100 contêineres estarão à disposição dos foliões.

A Orquestra Voadora estará animando na terça-feira, dia 09, cerca de 90 mil pessoas, no Aterro do Flamengo entre o MAM e a Praça Luís de Camões. O percurso incluirá a Praça Luís de Camões, Rua do Russel e término na Av. Infante Dom Henrique nº 85. A limpeza será garantida por 130 garis e mais 20 garis no dia seguinte. Serão 100 contêineres distribuídos ao longo do percurso.

Na Praça Paulo da Portela, em Madureira, os Timoneiros da Viola se apresentam, reunindo cerca de 15 mil pessoas, e a Comlurb vai mobilizar 65 garis e 257 contêineres estarão à disposição do público.

No dia 06/02, o maior e mais tradicional bloco da cidade, o Cordão da Bola Preta sai com cerca de um milhão de pessoas da Rua Primeiro de Março, seguindo até a Av. Presidente Antonio Carlos até a Rua Araújo Porto Alegre, no Centro. Em três turnos, 260 garis estarão a postos e 400 contêineres a disposição do público.

Na Barra da Tijuca, no dia 31/01, a Banda da Barra desfila na Avenida Lúcio Costa, do nº 3.600 até a Praça São Perpétuo. Trinta garis garantem a limpeza e 150 contêineres estarão dispostos em todo o percurso.

O Bloco Primeiro Amor desfila no dia 07/02, na Barra da Tijuca, com cerca de 20.000 pessoas desfilando na Avenida do Pepê, da Avenida Érico Veríssimo, até a Avenida Olegário Maciel. Serão oito garis fazendo a limpeza e 80 contêineres estarão dispostos no percurso.

Nesse mesmo trecho na Barra da Tijuca, no dia 09/02, o Bloco do Trio arrasta 40.000 pessoas e serão destacados 30 garis para manter a orla limpa e 80 contêineres vão estar ao longo das vias para facilitar o descarte correto do lixo. Já no dia 14/02, o bloco Giro do Arar, também na Barra, mobilizará 20 garis para cuidar da limpeza das vias e 80 contêineres estarão dispostos no percurso.

Também em 14/02, no Recreio dos Bandeirantes, o bloco Tô no Recreio com a Confraria terá cerca de 30.000 pessoas percorrendo a Avenida Lucio Costa, do Posto 10 ao Posto 9. Serão 20 garis para garantir a limpeza e 50 contêineres estarão à disposição.

Para encerrar o Carnaval, no domingo, dia 14/02, desfila o Monobloco pela Rua Primeiro de Março, seguindo até a Av. Presidente Antonio Carlos até a Rua Araújo Porto Alegre, com cerca de 400 mil pessoas. A Comlurb atua na limpeza com 250 garis e 300 contêineres.

Não deixe seu lixo sambando por aí. Carnaval com lixo no lugar certo é o que a cidade merece. O Rio agradece. [ :)#carnavalmaislimpo, #riomaislimpo, #praialimpa ].

Saúde — A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) preparou um esquema especial de atendimento nas áreas de maior concentração de público durante a programação do carnaval de rua na cidade, nos bairros do Centro, Copacabana e Ipanema/Leblon. Um total de 191 profissionais de saúde estará a postos para atender os foliões que necessitarem. Os postos contarão ao todo com 16 leitos, sendo quatro de suporte avançado; além de 19 poltronas de hidratação e 66 ambulâncias de suporte avançado para transferência dos casos mais graves para os hospitais da rede. As remoções serão coordenadas pela Central de Regulação do município.

No Centro, o posto médico será montado na Praça Ana Amélia (Largo da Carioca) nos dias 31 de janeiro; 6, 8 e 14 de fevereiro. Em Copacabana, ficará na Praça do Lido e funcionará nos dias 31 de janeiro; 5, 6, 7, 8, 9 e 13 de fevereiro. Já em Ipanema o posto médico estará aberto na Praça General Osório nos dias 23 e 31 de janeiro; 5, 6, 7, 8, 9, 13 e 14 de fevereiro.

No carnaval de 2015, os postos da SMS fizeram 756 atendimentos durante os desfiles dos blocos, com 53 remoções de pacientes para os hospitais da rede.

. Mais sobre carnaval de rua neste Canal no banner da visit.rio.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: