Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

10/12/2015 - 08:43

Com apoio de Itaipu, Pacto Global da ONU lança caderno anticorrupção

Lançado neste Dia Internacional Contra a Corrupção no dia 09 de dezembro(quarta-feira), material traz Itaipu como um dos bons exemplos de governança. Caderno foi preparado pela Rede Brasileira do Pacto Global (ONU).

Com a colaboração da Itaipu Binacional, a Rede Brasileira do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) lançou, no dia 09 de dezembro (quarta-feira ), o “Caderno do Pacto - Anticorrupção”. O lançamento coincide com o Dia Internacional Contra a Corrupção, celebrado em 9 de dezembro.

A ideia central do caderno é apoiar as empresas na adoção e manutenção de sistemas anticorrupção e de compliance – em conformidade com a legislação e padrões internos. A iniciativa é do Grupo Temático Anticorrupção do Pacto Global, do qual Itaipu faz parte. O patrocínio é da própria binacional e das empresas Braskem, Grupo Libra e Deloitte.

As ações de Itaipu para a transparência na gestão e compliance estão entre as boas iniciativas relacionadas no caderno, com duas páginas dedicadas exclusivamente à binacional (págs. 50 e 51).

O artigo “Governança Binacional - Como Itaipu tem estruturado seu sistema de compliance e gestão de riscos” é assinado pela diretora financeira executiva, Margaret Groff, e pelo gerente do projeto de implantação de Risco Corporativo e Compliance da Itaipu Binacional, Alexandre Mugnaini, que também integrou a comissão editorial da publicação. “Realizar ações como a prevenção à corrupção é muito mais do que uma necessidade de compliance. É um aspecto estratégico para a melhor gestão”, destacam.

O diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, também falou sobre o assunto em “A visão do líder” (pág. 40). Ao lado de outros CEO’s, o diretor explicou como a binacionalidade levou Itaipu à construção “de um modelo de gestão normatizado e transparente”, capaz de dar suporte às decisões consensuais dos dois lados – brasileiro e o paraguaio. “A implementação de um conjunto de ações e controles que estejam alinhados aos princípios do Pacto Global e ao Transparência.org evidencia o compromisso da Itaipu com a transparência, a ética e a integridade, mitigando a corrupção na entidade”, concluiu.

O “Caderno do Pacto – Anticorrupção” traz um capítulo inteiro sobre a Lei Anticorrupção, com direito a um teste de autoavaliação. A ferramenta permite que as empresas reflitam se mantêm práticas que dão margens a processos ilícitos.

Um dos diferenciais do material é colocar a iniciativa privada como uma das protagonistas do debate anticorrupção. “Quando falamos em corrupção, nosso primeiro pensamento são os governos, mas há muitas ações que as empresas podem e devem fazer para combatê-la”, afirmou Olga Pontes, da Braskem, atual coordenadora do GT.

Para os governos, o guia reforça a Chamada à Ação, apelo do Pacto Global para medidas anticorrupção e práticas de boa governança, assinado por 260 empresas, incluindo a Itaipu.

Além do caderno, um vídeo sobre a temática foi lançado neste dia 9, como resultado do workshop do Pacto Global “Avaliação de riscos de corrupção”, promovido entre os dias 28 e 29 de outubro, em São Paulo. O evento teve a participação especial de Olajobi Makinwa, chefe de Anticorrupção e Transparência do Pacto Global.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: